Kung Fu Panda por Melhor Conselho

Um bom conselho para começar o ano com o pé direito.

Oogway: Ah! I see that you have found the Sacred Peach Tree of Heavenly Wisdom!

Po: Oh! Is that what this is? I’m so sorry! I just thought it was a regular peach tree!

Oogway: I understand. You eat when you are upset.

Po: Upset? I’m not upset. Why? Why? What makes you think that I’m upset?

Oogway: So, why are you upset?

Po: I probably sucked more today than anyone in the history of Kung Fu. In the history of China.  In the history of sucking.

Oogway: Probably.

Po: And the Five… Man, you should have seen them, they totally hate me.

Oogway: Totally.

Po: How’s Shifu ever going to turn me into the Dragon Warrior? I mean, I’m not like the Five. I’ve got no claws. No wings, no venom. Even Mantis got those thingies. May be I should just quit and go back to making noodles.

Oogway: Quit. Don’t quit. Noodles. Don’t noodles. You are too concerned with what was and what will be.  There’s a saying. Yesterday is history, Tomorrow is a mystery, But today is a gift. That is why it is called the “present”.

Frame: Os Filmes de 2011

É, é, é!!  Eu estou trabalhando duro nesse fim de ano!!

Assim como em 2010,  montei uma agenda com os filmes que serão lançados no ano que vem. Muita coisa boa, viu?

Atenção:

1) As datas de lançamento SEMPRE podem mudar.

2)  Além dos trailers, não deixe de visitar a página oficial dos filmes.

3)  Por favor, deixe um comentário nesse post caso saiba de algum outro filme não contemplado aqui.

Vamos lá:

JANEIRO

07/01 – Além da Vida (filme de Clint Eastwood)

14/01 – O Turista

14/01 – Amor e Outras Drogas

14/01 – As Viagens de Gulliver

21/01 – O Discurso do Rei

21/01 – Bravura Indômita (dos irmãos Coen)

21/01 – A Minha Versão Para o Amor

21/01 – Burlesque

28/01 – Um Lugar Qualquer

FEVEREIRO

04/02 – Cisne Negro

04/02 – Como Você Sabe

11/02 – O Vencedor

18/02 – 127 Horas

18/02 – Trabalho Interno (The Secretariat)

18/02 – Rabbit Hole

25/02 – Sexo Sem Compromisso

25/02 – Bruna Surfistinha

25/02 – O Besouro Verde

MARÇO

04/03 – Lope, do Andrucha

04/03 – RANGO

18/03 – A Águia

18/03 - Não Me Abandone Jamais

25/03 – A Tempestade

ABRIL

01/04 – Os Agentes do Destino

08/04 – RIO

08/04 – Conspiração Xangai

08/04 – Código Fonte

15/04 – Esposa de Mentirinha

15/04 – Pânico 4

15/04 – Água para Elefantes

21/04 – A Garota da Capa Vermelha

29/04 – THOR

MAIO

20/05 – Piratas do Caribe 4

Padre (data em aberto)

JUNHO

03/06 – Kung Fu Panda 2

03/06 – X-Men First Class

17/06 – Lanterna Verde

24/06 – Carros 2

JULHO

01/07 – A Árvore da Vida

01/07 – Transformers 3

15/07 - Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte II

 

29/07 – Capitão América

AGOSTO

12/08 – Cowboys & Aliens

Os Smurfs (data em aberto)


SETEMBRO

30/09 - Amigos com Benefícios

NOVEMBRO

Amanhecer – Parte 1 (a primeira parte do último livro de Stephanie Meyer)


NOVEMBRO

Happy Feet 2 (data em aberto)

The Greatest Muppet Movie Ever Made (data em aberto)

DEZEMBRO

16/12 – Missão Impossível IV

Outros filmes com estreia prevista para 2011 são:

O Assassino em Mim

Something Borrowed – filme mulherzinha, baseado no romance Emily Giffin


E aí? Gostou? Sabe de algum outro filme? Comente djá!

Escola de Rock por Melhor Oração

Nada como uma boa oração…

God of Rock, thank you for this chance to kick ass. We are your humble servants. Please give us the power to blow people’s minds with our high voltage rock. In your name we pray, Amen.

… antes de um grande desafio.

PS1: Esse filme é muito bonitinho.

PS2: E eles até cantaram ao vivo no Jay Leno.

Frame: Oscar

Então, vamos falar do Oscar. Só que, mais do apontar os meus favoritos, eu queria relembrar os grandes momentos dessa festa.

Regras do Jogo

1) Qualquer comentário é bem-vindo.

2) Coloquei aqui aqueles que lembro, que vivi e torci. E isso quer dizer que alguns clássicos, como O Poderoso Chefão e E O Vento Levou, não serão citados. (porque eu não sou tão velha assim…)

3) Os vídeos mais antigos foram desativados e você terá que ver no youtube. Como diz a Pink, Please don’t leave me.

4) Os meus critérios são completamente subjetivos. Sim, os seus também podem ser.

BEST PICTURE

Vocês sabem que meu coração pertence a Bastardos Inglórios, mas não acho que esse ano será do Tarantino.

1994, porém, foi um grande ano. Essa categoria foi apresentada por Robert De Niro e Al Pacino (eu sei: OMG! OMG! OMG!) e os concorrentes eram Forrest Gump, 4 Casamentos e 1 Funeral, Pulp Fiction (Melhor Overdose e Dança), Quiz Show e Um Sonho de Liberdade.

E o ganhador é um clássico, daqueles que a gente cita frases até hoje:

Actor in a Leading Role

Meu feeling diz que esse ano será do Jeff Bridges. A minha torcida é pelo Colin Firth (na verdade, eu só não fico feliz se o Jeremy Renner, de Guerra Ao Terror, ganhar. Nada pessoal, mas acho que pode comer um pouco mais de grama antes de levar a estatueta para casa).

Há muito tempo ele não faz um filme bom, mas tudo bem. Depois de Hannibal Lecter, Anthony Hopkins pode tudo.

Eu aposto, porém, que você se lembra do ROBERTO!

  

E ainda, na noite de homenagem ao Sidney Poitier

o Oscar (oh, I Love My Life!) do Denzel.

Actor in a Supporting Role

Dá um aperto no peito pelo Christopher Plummer, mas it’s a Bingooo. Christoph Waltz é o cara!! 

A lista de atores coadjuvantes é impressionante, mas alguém é páreo para o Coringa do Heath Ledger?

And this is for his beautiful Matilda! \o/

 Actress in a Leading Role

 Todo mundo sabe que eu amo a Meryl. E ela passou por todo o estresse pré-premiação 16 vezes e pela frustração de voltar com as mãos abanando 14 vezes.

Meryl darling, I’m sorry. Receio que essas estatísticas vão aumentar, porque eu também estou torcendo para a Sandra.

E o momento? Ah, a Julia né? Adoro Julia, adoro o sorriso, a gargalhada, a veia estourando na testa, adoro o humor, adoro o vestido, love it all!!

Evocando o passado rapidamente, um bocadinho de Audrey (ainda mais por A Princesa e O Plebeu que foi um dos primeiros posts desse blog —->veja aqui.)

Actress in a Supporting Role

Eu não vou escolher a Mo’Nique, porque eu tenho medo dela. So the Oscar goes to… Maggie Gyllenhaal!!

 E escolher uma ex-ganhadora foi difícil. Teve a Jennifer Hudson (porque eu gosto dela, gosto de Dreamgirls e gosto de American Idol),

a Catherine Zeta-Jones (que quase deu a luz na premiação) e

a Penélope.

Animated Feature Film

Eu torço por UP e o adorável Mr. Fredricksen(cuja voz é do Christopher Plummer).

 Essa categoria passou a existir em 2001 somente – tanto é que A Bela e A Fera concorreu a Melhor Filme no passado.

Directing

Tarantino, bóvio!

 E um momento marcante (e idiota, mas conveniente) foi o James Cameron gritando I’m the king of the world!

(E, se ele já se sente o rei do mundo, ele não precisa ganhar agora, certo?)

Writing (Original Screenplay)

Tarantino por Bastardos Inglórios!

 

E quem esquece dessa dupla?

Music (Original Song)

Nine! Nine! Nine!

Essa é uma das categorias que eu mais gosto e costuma nos brindar com apresentações marcantes, como a Madonna nervosa e desafinada com You Must Love (Evita),

um Aerosmith comportado (Armageddon),

a Whitney engolindo a Mariah (O Príncipe do Egito),

e Celine e Andrea Bocelli, cantando a música da animação A Espada Mágica (lembro que a Meryl chorou!! ´É, sim, de tão lindo!!).

Aliás, você pode não gostar dela, mas Celine reina no Oscar. Cantou a música de A Bela e A Fera,

 do Titanic e

de Íntimo e Pessoal.

Nesse ano (1997), ela cantou ainda I Finally Found Someone, de O Espelho Tem Duas Faces. A música é da Barbra, que se recusou a comparecer a cerimônia por não ter sido indicada a melhor atriz. Bafão!!!

Essa é a original, com Barbra e Bryan Adams.

Adooooooooooooooooooooooro!

PS1: Outro bafão, desta vez do ano passado, a Jen Aniston toda sorridente em frente ao Brad.

PS2: Tem o beijão do Adrien Brody na Halle ‘Storm’ Berry.

PS3:  o escândalo do Cuba Gooding Jr.

PS4: E aí?

Tubarão por Melhor Vilão

Como diz o Jack Black em O Amor Não Tira Férias, você só precisa de duas notas para fazer um vilão.

PS1: Quando era criança eu tinha medo até de entrar na piscina depois de ver esse filme.

PS2: Não, eu não era uma criança idiota. Só medrosa.

Alta Fidelidade por Melhor Mania

O que eu mais gosto nesse filme? A mania de fazer listas.

Top five things I miss about Laura:  1 - Sense of humor. Very dry, but it can also be warm and forgiving. And she’s got one of the best all time laughs in the history of all time laughs, she laughs with her entire body.  2-  she’s got character. Or at least she had character before the Ian nightmare. She’s loyal and honest, and she doesn’t even take it out on people when she’s having a bad day. That’s character. 3 – miss her smell, and the way she tastes. It’s a mystery of human chemistry and I don’t understand it, some people, as far as their senses are concerned, just feel like home. 4 – I really dig how she walks around. It’s like she doesn’t care how she looks or what she projects and it’s not that she doesn’t care it’s just, she’s not affected I guess, and that gives her grace. And 5; she does this thing in bed when she can’t get to sleep, she kinda half moans and then rubs her feet together an equal number of times… it just kills me. Believe me, I mean, I could do a top five things about her that drive me crazy but it’s just your garden variety women you know, schizo stuff and that’s the kind of thing that got me here.

E não é só uma mania. Tem todo o cuidado por trás (The making of a great compilation tape, like breaking up, is hard to do and takes ages longer than it might seem. You gotta kick off with a killer, to grab attention.  Then you got to take it up a notch, but you don’t wanna blow your wad, so then you got to cool it off a notch. There are a lot of rules)  e o indescritível prazer de dividir isso com os amigos:

PS1: Esse post é dedicado aos bons amigos e a todas as listas que a gente já fez em uma mesa de bar.

PS2: Eu gosto mais do Nick Hornby na telona do que nos livros. #prontofalei.

PS3: Nada de citar o slogan de Tostines. Daqui pra frente é Alta Fidelidade: What came first, the music or the misery? People worry about kids playing with guns, or watching violent videos, that some sort of culture of violence will take them over. Nobody worries about kids listening to thousands, literally thousands of songs about heartbreak, rejection, pain, misery and loss. Did I listen to pop music because I was miserable? Or was I miserable because I listened to pop music? 
 

PS4: O Jack pode cantar, mas eu ainda sinto vergonha alheia.

PS4: Quem viu o último American Idol pôde acompanhar a ‘performance’ do Jack com a Gladys Knight, Ben Stiller e o #1 (que, como sempre, roubou a cena né?) para promover Trovão Tropical.

Alguém Tem Que Ceder por Melhor Cafa e Melhor Revanche

183417__something_l

Clichês à parte, é óbvio que um filme com Diane Keaton e Jack Nicholson renderia várias indicações.

A primeira delas, é claro, só poderia sair da boca do Harry:

I have never lied to you. I have always told you…. some version of the truth.

Escolher a Melhor Revanche foi, contudo, difícil. A peça de teatro da Erica Barry é fantástica…

…mas vamos combinar que ela também deu um golpe de mestre quando arrumou o Keanu Reeves como namorado?  

PS1: Quem escreveu e dirigiu esse filme foi a Nancy Meyers, responsável pelos seguintes blockbusters:

- O Amor Não Tira Férias – já indicado por Melhor Frase.

- Do que As Mulheres GostamMelhor Dança.

- Operação Cupido – embora não contemplado nesse humilde blog, é um filminho bonitinho, bem Disney. Melhor: revelou Lindsey Lohan, uma fofa e casta (opa, será que eu vou entrar em apuros, como o Zé Simão, pelo emprego dessa palavra?) ruivinha.

PS2: O próximo filme da Nancy? It’s Complicated, com Meryl (I don’t wanna talk) Streep, Steve Martin e Alec Baldwin.

Preparem-se!

O Amor Não Tira Férias como Melhor Frase

Na primeira noite de Iris (Kate Winslet) em LA, ela convida Arthur Abbot (Eli Wallach), seu vizinho, para jantar. Após contar parte da sua vida, ele dipara:
AA: “Iris, in the movies we have the leading ladies and we have the best friend. You, I can tell, are a leading lading, but for some reason you are behaving link the best friend”.

I: “You’re so right. You’re supposed to be the leading lady of your own life, for god’s sake! Arthur, I’ve been going to a therapist for three years ans she’s never explained things to me that well. That was brilliant. Brutal, but brilliant.”