Quatro Amigas e um Jeans Viajante 1 e 2 por Melhor Acessório, Cocotas, Cenário e Decisão

Bem, amigos da Rede Globo, Lia Rizzo, do Colar de Pérolas, me libertou. Eu tinha vergonha e continuo tendo, mas agora consigo admitir:

EU ADORO ESSE FILME!! OU ESSES FILMES (É, são 2)!!!

Eu adoro a amizade daquelas 4!

Aquela calça é o acessório mais louco que existe (porque cabe em diferentes tipos físicos) e o mais sortudo (porque só se dá bem, viajando de lá para cá).

Sem querer criar climão com Roma e Londres, a Grécia é um petáculo!!

E nos dois filmes, eu dou risada, eu torço e eu choro. Sim, eu choro!!

Adoro as provas de amizade, as lições de moral e as decisões, como a da Serena Bridget:

I tried to forget the past.  I ran away from the pain because I was afraid.  But the past is always with us and it’s time I stopped running.

PS1: Eu sei, o título, mesmo em inglês, é  péssimo.

PS2: As quatro amigas são Lena (Alexis Bledel/Rory, de Gilmore Girls), Bridget (Blake Lively / Serena, de Gossip Girl) e Carmen (America Ferrera/ Betty, de Ugly Betty) e Tibby ( Amber Tamblyn). Esta última não está em nenhuma série blockbuster, mas é afilhada do Dennis Hopper e do Neil Young e já foi indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro por Joan of Arcadia.

PS3: Veja o trailer do Quatro Amigas e um Jeans Viajante

e do 2.

PS4: Trilha (muito boa!) no blip.

PS5: Post dedicado a Lia Rizzo (que vai se achar ainda mais!!).   

XOXO

Anúncios

A Viagem por Melhor Cocota

Sexta-feira é dia de cerveja e de celebrar as boas coisas da vida – se possível, ao lado dos melhores amigos, tendo uma longa conversa de cocotas.

Portanto, vale lembrar a amizade de Alice e Darlene.  

PS1: A Fox Life sempre passa esse filme com a Claire e a Kate beeeem novinhas.

PS2: Eu adoro qualquer filme com a Claire Danes, que merece mais espaço em Hollywood. Recentemente ela arrasou na capa da Vs e

protagonizou Temple Grandin, na HBO.

PS3: A história de Alice and Darlene lembra em alguns momentos as trapalhadas da Bridget Jones no segundo livro/filme.

PS4: A Viagem ou Brokedown Palace foi dirigido pelo Jonathan Kaplan, que assinou episódios de séries como Crossing Jordan, Law & Order SVU, ER e Brothers & Sisters.

PS5: Post dedicado, é claro, aos bons amigos. Cheers!

Sex and The City por Melhor Cocota

sex-and-the-city-the-movie-200805151105042462

Alguém não concorda que a Charlotte é a melhor amiga…

…e a melhor coisa desse filme?

PS1: Para mim, a Charlotte é a personagem mais autêntica e decidida, pois desde o início, e estou falando desde os tempos do seriado, ela soube e correu atrás do que queria.

PS2: A Carrie atingiu o auge da chatice nesse filme, mas são dela três boas frases:

a) Some love stories aren’t epic novels.  Some are short stories but that doesn’t make them any less filled with love.

b) Maybe some labels are best left in a closet.  Maybe when we label people – bride, groom, husband, wife, married single – we forget to look past the label to the person.

c) You can’t stop being who you are because you’re afraid.

PS3: É esperada para maio de 2010 a sequência de Sex and The City The Movie, com participações já confirmadas de Liza Minelli, Jason Lewis e Penelope Cruz.

Quase Famosos por Melhor Excursão

still

Porque a turnê era só uma desculpa para viajar de busão com a galera ao som de  Tiny Dancer.

Quase famosos, do Cameron Crowe, também poderia ser indicado a Melhor Momento de Cocotas pelo seguinte bate-papo:

Lester Bangs: Aw, man. You made friends with them. See, friendship is the booze they feed you. They want you to get drunk on feeling like you belong.
William Miller: Well, it was fun.
Lester Bangs: Because they make you feel cool. And hey. I met you. You are not cool.
William Miller: I know. Even when I thought I was, I knew I wasn’t.
Lester Bangs: That’s because we’re uncool. And while women will always be a problem for us, most of the great art in the world is about that very same problem. Good-looking people, theu got no spine. Their art never lasts. They get the girls, but we’re smarter.
William Miller: I can really see that now.
Lester Bangs: Yeah, that’s what great art is about… guilt and longing and love disguised as sex, and sex disguised as love… hey, let’s face it, you got a big head start.
William Miller: I’m glad you were home.
Lester Bangs: I’m always home. I’m uncool.
William Miller: Me too!
Lester Bangs:  You’re doind great, dude. The only true currency in this bankrupt world is what we share with someone else when you’re uncool.
[melhor frase?] My advice to you? I know you think those guys are your friends. You wanna be a true friend to them? Be honest and unmerciful.

PS1: Essa é a segunda vez que  o Sir Elton John emplaca um hit nesse blog (veja o outro aqui). Mereceria ele uma menção honrosa?

PS2: Sugestão? Navegue no site do Cameron Crowe.

PS3: Mais Cameron Crowe aqui.

PS4: Que tal as covinhas do Billy Crudup? Ok, ok, foco.

PS5: Esqueci. 😦

PS6: Lembrei!! Embora a Kate Hudson tenha se dado bem com esse filme, vocês notaram a presença da Anna Paquin, a Sookie, de True Blood, né? Falando nesta série, alguém já viu o site da cerveja Tru Blood? Vende de pack a camisetas com a inscrição Real blood is for suckers. hahaha, boa HBO!!

PS7: Vale rever a Anna Paquin ganhando o Oscar em 1993, por O Piano.

Tenha Fé por Melhor Cocota

 keeping%20the%20faith

Mas não são duas cocotas esse padre e esse rabino?

PS1: Para Pê e Doris.  O que seria da minha vida sem vocês?

Outra cena boa desse filme com Edward Norton, que eu a-d-o-r-o, e o Ben Stiller é esta (seria o Melhor Vendedor (irritante) ou Melhor Karaoke?):

Quem não assistiu ainda  veja o que está perdendo:

PS2: For Once in My Life, que toca no trailer, é uma das minhas músicas favoritas. Adoro colecionar versões dessa canção e recomendo duas: 

– do álbum Duets II, com Frank Sinatra, Stevie Wonder e Gladys Knight. Escute o sample na Amazon.

Stevie Wonder de novo, mas dessa vez com o Tony Bennett, no especial An American Classic, que comemorou os 80 anos do cantor. Aliás, se você é dos meus e ainda compra CD e DVD, essa é uma ótima aquisição.  Duvida? Check this out:

PS3: O japa do karaoke é mesmo o Miles, do Lost. O nome dele na vida ‘real’ é Ken Leung.

PS4: E uma das namoradas do Jake é a Lisa Edelstein, a Dra Cuddy, do House (Aliás, se esse blog fosse sobre séries, o fim da temporada de House teria seu devido reconhecimento, incluindo Melhor FraseI always wanna kiss you).

Jerry Maguire por Melhor Momento Cocotas

Jerry Maguire Tom Cruise

Vou ter que me redimir em relação aos homens e ao que escrevi em um post anterior.

Eles podem funcionar diferente, mas também têm seus momentos.

PS1 : Você também se pergunta onde foi parar aquele menino fofo? Bem, Jonathan Lipnicki fez um filme ou outro (como Stuart Little 2), participou de seriados e basicamente virou isso.

PS2: Esse filme, lançado em 1996 e indicado a melhor filme no Oscar do ano seguinte, também merecia uma indicação por melhor sing-along.  Eu bem me identifico com essa cena do Tom Cruise, mesmo quando  não jogo tudo para o alto.  Só a sensação de liberdade, cantando a plenos pulmões, ainda que a pé ou no latão…

Em Seu Lugar por Melhor Cocotas e Melhor Poema

In-Her-Shoes-movie-05

Baseado no livro de Jennifer Weiner, Em seu Lugar (In her shoes) reproduz com maestria um momento cocota*. E é claro que isso só foi possível graças ao talento inegável de Toni Collette.

Na cena em questão, a CDF Rose consegue um date com o colega da firma por quem é apaixonada. Enquanto o bonitão dorme, ela liga para a melhor amiga e ainda fotografa o cara deitado ao seu lugar para ninguém ter dúvidas (inclusive, ela mesma) do acontecido.

Infelizmente essa cena não está disponível no youtube (falha gravíssima dessa rede social!!). Logo, veja o trailer aqui e alugue djá a pérola!

 

*Momento cocota = a rivalidade feminina é inegável, mas nas verdadeiras amizades há também aquele delicioso momento de cumplicidade. Sorry, guys, talvez na próxima encarnação vocês entendam.

 

P.S 1: Shirley MacLane, irmã de Warren Beatty (sim, na vida real) e ex-guru (quem lembra dos best-sellers que ela escreveu?), recebeu uma indicação ao Globo de Ouro pela atuação nesse filme.

PS.2: O bonitão da história é o mesmo ator que interpreta o ex-marido de Susan Mayer, de Desperate Housewives.

PS3: É claro que um outro grande momento desse filme é a leitura do poema de E.E.Cummings.

I carry your heart with me (I carry it in my heart) I am never without it (anywhere I go you go, my dear; and whatever is done by only me is your doing, my darling). I fear no fate (for you are my fate, my sweet). I want
no world (for beautiful you are my world, my true) and it’s you are whatever a moon has always meant and whatever a sun will always sing is you.  Here is the deepest secret nobody knows (here is the root of the root and the bud of the bud and the sky of the sky of a tree called life;which grows
higher than the soul can hope or mind can hide) and this is the wonder that’s keeping the stars apart. 
I carry your heart (I carry it in my heart)

A tradução:

Carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração
Nunca estou sem ele
Onde eu for, você vai, minha querida
Não temo o destino
Você é meu destino, meu doce
Não quero o mundo pois, beleza
Você é meu mundo, minha verdade
Eis o segredo que ninguém sabe
Aqui está a raiz da raiz
O broto do broto
E o céu do céu
De uma arvore chamada vida
Que cresce mais do que a alma pode esperar
Ou a mente pode esconder
E esse é o prodígio
Que mantém as estrelas à distância
Carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração.