Desrespeito ao cinéfilo na Mostra SP

Se você estava pensando em gastar seus suados reais na 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, pense bem.
Ontem (quinta-feira) fui ao Itau Unibanco, da Rua Augusta, para ver o filme O Amante da Rainha.
Para minha surpresa, às 17h10 os ingressos para a sessão das 17h40 já estavam esgotados. Havia, porém, uma outra opção, oferecida pelo monitor da mostra.
Caro presente de grego 
Há uma lista de espera. Isso significa que você entra após o início da sessão e se “acomoda” onde tiver lugar – se der sorte, em uma eventual poltrona vazia (ué?! Mas não estava esgotado???) ou nas escadas. Sim, no degrau,  no chão. E paga-se o mesmo preço do cinéfilo ali do lado, sentadinho em uma poltrona desde o início do filme.
Repetindo: paga-se ingresso para se sentar no chão e perder alguns minutos de filme. A imagem que ilustra esse post mostra o monitor organizando a “lista de espera”.
Por isso,  tomo aqui a decisão: não vou mais à Mostra.  Posso muito bem esperar esse filme entrar no circuito ou sair em DVD/Blu-Ray.
Respeito é bom e eu gosto. Concorda?

 

Anúncios

Frame: Nosferatu no Parque do Ibirapuera

Bloqueie a sua agenda:

Em 02 de novembro, a  36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo promove  uma sessão de Nosferatu, clássico expressionista do cinema mudo, dirigido por F. W. Murnau (1888-1931).

Sabe onde? ONDE?

No Parque do Ibirapuera.

 

Quer mais?

Pois, segundo o Catraca Livre, a exibição contará com uma trilha sonora feita, ao vivo, por uma orquestra de 80 músicos.

 

Aplausos para os organizadores da mostra. Arrasaram!

PS: Se já recuperou o fôlego, veja a vinheta da Mostra.

 

PS2: Programação completa e preços aqui.