Frame: 10 Promessas para 2013

foto (2)

Entre os desejos para o Ano Novo não pode faltar bons filmes. Com base no cronograma de lançamentos para dezembro e janeiro nos EUA, separamos 10 longas que você não pode perder.

Confira:

1. Les Misérables

les_miserables_hugh_jackman_poster

No topo está, sem dúvida alguma, a versão de Tom Hooper para o clássico de Victor Hugo. Quem acompanha nossa página no facebook, sabe que estamos contando os dias. A boa notícia é que o lançamento no Brasil foi antecipado em um mês. Ainda assim, é tempo demais para nós. :p

2. Django Unchained

DjangoUnchained_poster_Leo

Sim, finalmente teremos um novo Tarantino, que reuniu em um faroeste velhos conhecidos e (velhos) novatos,  como esse aí de cima.

Previsão de estreia no Brasil: 18/01.

3. Minha Mãe é uma Viagem (The Guilt Trip)

MinhaMãeEUmaViagem_poster

O poster aí de cima engana: parece a Bette Midler, mas é a Barbra Streisand,  que aparentemente pegou gosto pela comédia.

Previsão de estreia no Brasil: 14/04.

4. Uma Família Em Apuros (Parental Guidance)

uma-familia-em-apuros-poster

Dá para acreditar que Billy Crystal is alive and kicking? Sim, e na companhia de Bette Midler (ó que mundo pequeno!)

Previsão de estreia no Brasil: 11/01

5. Jack Reacher

Jack-Reacher-Poster

Não é Ethan Hunt, mas vale a pena (aparentemente).

Previsão de estreia no Brasil: 11/01

6. Promised Land

promisedlandposter

Repare no elenco escolhido por Gus Van Sant: Matt Damon , John Krasinski, Frances McDormand. Precisa falar mais alguma coisa?

Sem previsão de estreia no Brasil.

7. Caça Aos Gângsteres (Gangster Squad)

Ryan-Gosling-Gangster-Squad-Poster

Outro super e tentador elenco: Sean Penn, Josh Brolin, Ryan Gosling, Emma Stone.

Sem previsão de estreia no Brasil.

8. I’m So Excited

im-so-excited-600x399

I’m so excited! Amodóvar também está de volta.

Sem previsão de estreia no Brasil

9. Lincoln

lincoln-poster_743x1100O elenco é bom, mas quem os atrairá para o cinema é o diretor, Steven Spielberg.

Previsão de estreia no Brasil: Fevereiro de 2013.

10. Stand-Up Guys!

stand-up-guys-poster01

Yeah, Al Pacino is back, baby!

Sem previsão de estreia no Brasil.

PS: As datas de estreia podem mudar.

Ranking: Os mal aproveitados de Hollywood

Quem disse que talento e/ou um rostinho bonito são suficientes para ser uma estrela em Hollywood?  Nope. Tem muita gente boa que não consegue uma estrela na calçada da fama e ter o sol brilhando.

Com vocês, as provas disso.

10. Rebecca de Mornay


Porque 19 anos se passaram e  Peyton continua imbatível.

9. Marisa Tomei


Ela ganhou um Oscar em 1992, já foi indicada outras vezes, é muito bonita e, mesmo assim, continua cavando, com dificuldade, papéis secundários.

8. Stanley Tucci


Em 2010, com Um Olhar do Paraíso, eu achei que finalmente ele seria reconhecido. Ledo engano…voltou a ser coadjuvante.

7. Laura Linney

Ela já foi indicada ao Oscar em três ocasiões, já interpretou todo tipo de personagem e tem no seu currículo filmes maravilhosos.  Nada disso foi suficiente. Até que  a Original Film e a Sony resolveram produzir The Big C, com Laura no papel principal.  Sorte nossa!

6.  Kevin Kline

Ok, ele fez muito filme ruim. Mas também emocionou e arrancou lágrimas como Cole Porter, foi o professor Howard Brackett em Será Que Ele É e William Hundert em O Clube do Imperador, foi o francês Luc  e tantos outros personagens inesquecíveis. Mesmo assim, a gente é obrigado a vê-lo fazendo uma ponta em um filminho capenga como Sexo Sem Compromisso. Que dor no coração!

5. Richard Dreyfuss

Ele já  teve mais sorte no passado. Hoje faz pequenas participações em filmes que seriam questionáveis se este coadjuvante não roubasse completamente a cena.

 

4. Christine Baranski

Mais um presente que a TV nos dá. E quem assiste a The Good Wife sabe do que estou falando.

3.  Toni Collette

Na mesma categoria de Christine e Laura está Toni. Indicada ao Oscar por Sexto Sentido, ela continuava com papéis secundários até virar a estrela de United States of Tara.

 

2. Minnie Driver

Aparentemente a atriz inglesa só não convenceu os chefões de Hollywood. Adoro!

 

1. Tom Wilkinson

Este ator deveria estar na categoria de intocáveis, ao lado de Niro, Al Pacino e Dustin Hoffman.

You Don’t Know Jack por Melhor Ator

 

Ok ok, pode me xingar. Estou chovendo no molhado.  Mas me dê uma chance. Tudo começou assim:

 Eu bem sabia que o Al Pacino não tem há anos o rostinho bonito do Michael Corleone

..muito menos a imponência do Coronel Frank Slade.

Também tinha visto umas fotos recentes na qual ele mais parece um louco.

Só que nada disso importa tendo o currículo dele, certo? A gente passa por cima de tudo e acumula posts só para reforçar, uma vez mais, como o cara é bom pra &¨%@%¨¨&.

E, depois de assistir a  You Don’t Know Jack, primeiro filme de Al para a TV, eu não resisti.

A expressão dele no poster já é impagável e um bom petisco do que você vai ver na tela.

A história do Dr Morte eu já conhecia – não profundamente, mas lembro vagamente do noticiário da época e da discussão que gerou sobre eutanásia também em casa.

Apesar de causar uma certa angústia ao mostrar doentes terminais, o filme é o show do Al Pacino. Como é bom vê-lo atuar!!!

Para ficar parecido com o o Dr Jack Kervokian, ele assumiu a cabeleira branca, ficou encurvadinho, emagreceu bem em alguns  trechos e, dizem os especialistas, mostrou o sotaque característico do Michigan.

 

Mesmo com outros bons atores no elenco (John Goodman e Susan Sarandon, por exemplo), Al brilha mais do que ninguém.

PS1: You don’t know Jack estreou no último sábado na HBO. Confira a programação completa aqui.

 PS2: Depois do Festival Shakespeare in the Park, Al Pacino levará o O Mercador de Veneza para a Broadway. Segundo a Agência EFE, ele está sendo superelogiado pela atuação. Dãããã….

PS3: Já falei de outros filmes para TV, lembra? Se não, clique aqui.

Wishlist: Poster

Hoje eu vou inaugurar uma nova categoria: a WishList. Quem gosta de filme normalmente gosta de trilha sonoras, poster, livros sobre os tema e todas as outras peças que remetam a esse universo ou a seu filme preferido. Infelizmente nem sempre é possível adquiri-la (quem nunca teve problema com $$ e espaço que atire a primeira pedra!!!), mas o que vale é a troca de experiência e dicas, certo?

Desde a adolescência, eu adoro pôster. Tive vários colados na parede do meu quarto e hoje, mais comedida, tenho cinco em casa: E O Vento Levou, My Fair Lady, Bonequinha de Luxo, Moulin Rouge e Cantando na Chuva.  Como meu espaço é pequeno, eu transformei calendários em  miniquadros e, posso dizer, estou beeem satisfeita com o resultado (e com a reãção das pessoas). Veja só um exemplo:

 Na onda de Alice e fã do Tim Burton, confesso que fiquei dor no coração por não ter uma bela sala de TV para que pudesse exibir esse lindo poster do Chapeleiro Louco.

 

À venda na FNAC por R$ 26,99, o pôster de Alice é mais alegre, mas não mais bonito que o de Edward Mãos de Tesoura.

 

Fãs da Audrey  

e do Star Wars também não vão se decepcionar com o acervo da Fnac.

 

A Americanas.com possui opções mais baratas e em PB. Com paciência, é possível encontrar uma ou outra  coisa que valha a pena.  

Eu, particularmente, acho que vale investir um pouco mais para ter um clássico e  um dos melhores acervos que encontrei é a Casa do Poster, de Santos, que vende pela internet e tem clássicos como Operação Dragão,

Vertigo

e Curtindo a Vida Adoidado.

 

Quem me surpreendeu foi a Wall Street Poster. As opções no site não se limitam àquelas expostas nos shoppings e são até mais baratas que a da FNAC.  Os fãs do Tarantino e de Pulp Fiction

                                      

e do Al Pacino/Scarface vão ficar satisfeitos.

 

 O melhor lugar, porém, é o art.com. Os melhores posteres e retratos estão, sem dúvida alguma,  lá. Conto um segredo? Eu até me perco…

    

   

E você? Tem poster em casa? Qual é o seu preferido?

Frame: Oscar

Então, vamos falar do Oscar. Só que, mais do apontar os meus favoritos, eu queria relembrar os grandes momentos dessa festa.

Regras do Jogo

1) Qualquer comentário é bem-vindo.

2) Coloquei aqui aqueles que lembro, que vivi e torci. E isso quer dizer que alguns clássicos, como O Poderoso Chefão e E O Vento Levou, não serão citados. (porque eu não sou tão velha assim…)

3) Os vídeos mais antigos foram desativados e você terá que ver no youtube. Como diz a Pink, Please don’t leave me.

4) Os meus critérios são completamente subjetivos. Sim, os seus também podem ser.

BEST PICTURE

Vocês sabem que meu coração pertence a Bastardos Inglórios, mas não acho que esse ano será do Tarantino.

1994, porém, foi um grande ano. Essa categoria foi apresentada por Robert De Niro e Al Pacino (eu sei: OMG! OMG! OMG!) e os concorrentes eram Forrest Gump, 4 Casamentos e 1 Funeral, Pulp Fiction (Melhor Overdose e Dança), Quiz Show e Um Sonho de Liberdade.

E o ganhador é um clássico, daqueles que a gente cita frases até hoje:

Actor in a Leading Role

Meu feeling diz que esse ano será do Jeff Bridges. A minha torcida é pelo Colin Firth (na verdade, eu só não fico feliz se o Jeremy Renner, de Guerra Ao Terror, ganhar. Nada pessoal, mas acho que pode comer um pouco mais de grama antes de levar a estatueta para casa).

Há muito tempo ele não faz um filme bom, mas tudo bem. Depois de Hannibal Lecter, Anthony Hopkins pode tudo.

Eu aposto, porém, que você se lembra do ROBERTO!

  

E ainda, na noite de homenagem ao Sidney Poitier

o Oscar (oh, I Love My Life!) do Denzel.

Actor in a Supporting Role

Dá um aperto no peito pelo Christopher Plummer, mas it’s a Bingooo. Christoph Waltz é o cara!! 

A lista de atores coadjuvantes é impressionante, mas alguém é páreo para o Coringa do Heath Ledger?

And this is for his beautiful Matilda! \o/

 Actress in a Leading Role

 Todo mundo sabe que eu amo a Meryl. E ela passou por todo o estresse pré-premiação 16 vezes e pela frustração de voltar com as mãos abanando 14 vezes.

Meryl darling, I’m sorry. Receio que essas estatísticas vão aumentar, porque eu também estou torcendo para a Sandra.

E o momento? Ah, a Julia né? Adoro Julia, adoro o sorriso, a gargalhada, a veia estourando na testa, adoro o humor, adoro o vestido, love it all!!

Evocando o passado rapidamente, um bocadinho de Audrey (ainda mais por A Princesa e O Plebeu que foi um dos primeiros posts desse blog —->veja aqui.)

Actress in a Supporting Role

Eu não vou escolher a Mo’Nique, porque eu tenho medo dela. So the Oscar goes to… Maggie Gyllenhaal!!

 E escolher uma ex-ganhadora foi difícil. Teve a Jennifer Hudson (porque eu gosto dela, gosto de Dreamgirls e gosto de American Idol),

a Catherine Zeta-Jones (que quase deu a luz na premiação) e

a Penélope.

Animated Feature Film

Eu torço por UP e o adorável Mr. Fredricksen(cuja voz é do Christopher Plummer).

 Essa categoria passou a existir em 2001 somente – tanto é que A Bela e A Fera concorreu a Melhor Filme no passado.

Directing

Tarantino, bóvio!

 E um momento marcante (e idiota, mas conveniente) foi o James Cameron gritando I’m the king of the world!

(E, se ele já se sente o rei do mundo, ele não precisa ganhar agora, certo?)

Writing (Original Screenplay)

Tarantino por Bastardos Inglórios!

 

E quem esquece dessa dupla?

Music (Original Song)

Nine! Nine! Nine!

Essa é uma das categorias que eu mais gosto e costuma nos brindar com apresentações marcantes, como a Madonna nervosa e desafinada com You Must Love (Evita),

um Aerosmith comportado (Armageddon),

a Whitney engolindo a Mariah (O Príncipe do Egito),

e Celine e Andrea Bocelli, cantando a música da animação A Espada Mágica (lembro que a Meryl chorou!! ´É, sim, de tão lindo!!).

Aliás, você pode não gostar dela, mas Celine reina no Oscar. Cantou a música de A Bela e A Fera,

 do Titanic e

de Íntimo e Pessoal.

Nesse ano (1997), ela cantou ainda I Finally Found Someone, de O Espelho Tem Duas Faces. A música é da Barbra, que se recusou a comparecer a cerimônia por não ter sido indicada a melhor atriz. Bafão!!!

Essa é a original, com Barbra e Bryan Adams.

Adooooooooooooooooooooooro!

PS1: Outro bafão, desta vez do ano passado, a Jen Aniston toda sorridente em frente ao Brad.

PS2: Tem o beijão do Adrien Brody na Halle ‘Storm’ Berry.

PS3:  o escândalo do Cuba Gooding Jr.

PS4: E aí?

O Poderoso Chefão por Melhor Pesadelo

Alguém OUSA duvidar?

PS1: Eu sou doida por poster e escolher um do O Poderoso Chefão é uma das tarefas mais difíceis.

Quem quiser se arriscar sugiro procurar na Fnac ou  encomendar pela art.com, cuja variedade e qualidade são incomparáveis (obrigada pela dica, Lia Rizzo!).

PS2: Essa é a primeira de várias indicações que a trilogia deve receber. Mande também sua sugestão!

PS3: Pausa para o comentário mulherzinha: O Al Pacino não está lindo de viver nesse filme?

PS4: Veja o trailer:

Perfume de Mulher por Melhor Cego

1245977073941_f

Quem precisa de olhos quando se tem o dom da oratória…

… e da dança.

Só o Al Pacino para nos fazer engolir os hermanos.