Pequena Miss Sunshine por Melhor Coreografia

E por causa dessa cena, eu voltei a fazer balé.

PS1: Se você é fã do Grandpa, veja aqui; da Abigail ‘Miss Sunshine’ Breslin, aqui.

Anúncios

A Vida Íntima de Pippa Lee por Melhor Tatuagem

Eu não gosto de tatuagem,…

but I Loooooooooove Jesus!

Marley & Eu por Melhor Amizade

Já que o Telecine nos brinda com Marley & Eu dia e noite/noite e dia, achei conveniente falarmos desse filme.

Eu tinha lido o livro do John Grogan e por isso já entrei no cinema chorando e devidamente equipada com uma caixa de lenços. E esse também é o motivo pelo qual Marley & Eu foi encaixado nessa categoria, que pode parecer para você um baita clichezão.

Nas palavras do John:

It was really quite simple, and yet we humans, so much wiser and more sophisticated, have always had trouble figuring out what really counts and what does not.  Sometimes it takes a dog with bad breath, worse manners, and pure intentions to help us see.  Ask yourself, how many people in the world can truly make you feel rare, pure, and extraordinary?

Só um grande amigo, o MELHOR amigo, folks!

Porque  “A dog doesn’t care if you’re rich or poor, educated or illiterate, clever or dull. Give him your heart and he will give you his“.

Outras coisas que eu adoro nesse filme?

– quando o Marley apóia o focinho no joelho da Jen, que chora após sofrer o aborto espontâneo.

– o adestramento (ou a tentativa de) com uma Kathleen Turner horripilante (vc realmente culparia o Marley?)

–  todas as trapalhadas embaraçosas dele. #prontofalei.

Alan Arkin por Melhor Avô

MV5BMjAzMjExMjA5OF5BMl5BanBnXkFtZTcwNzUyODEzMg@@__V1__SX598_SY400_

Em Marley&Eu, onde interpretou o chefe de John GroganAlan Arkin provou que é bem canastrão.  Não adianta, minha gente, ele nasceu para ser o avô.  

Uma vez nesse papel, ele vira aquele ator ganhador de um Oscar, porque consegue criar aquela inexplicável conexão que toda criança sente (ou deveria) com o seu avô e avó.  É um amor diferente, que mistura  admiração, tranquilidade, companheirismo e segurança.

E isso fica claro em Sunshine Cleaning, que estreou somente fora do Brasil. Embora Amy Adams e Emily Blunt estejam fantásticas, a relação de Joe Lorkowski com o neto Oscar se sobressai.

No clássico Little Miss Sunshine, as aulas de dança  são referência,

mas a parte que eu mais gosto é aquela em que ele diz “You are the most beautiful girl in the world. (…) I’m madly in love with you and it’s not because of your brain or personality”.  

PS: Não achei no youtube cenas bem editadas do Little Miss Sunshine. Acho, porém, que esses dois teasers não fazem feio.

 

O Alan Arkin, por exemplo,