Ao Mestre Com Carinho por Melhor Homenagem

Esse post nem precisa explicar né?

 

PS1: Uma sequência para a TV foi lançada em 1996.

PS2:  Sidney Poitier não ganhou um Oscar por esse filme, mas por Uma Voz nas Sombras (1963). Em 2002, recebeu das mãos de Denzel Washington outra estatueta pela sua contribuição ao mundo cinematográfico.

PS3:  A música foi gravada por Lulu, uma escocesa, que emplacou essa única música nas paradas americanas. No Reino Unido, porém, ela fez um pouquinho mais de sucesso, até porque tinha um programa na Eurovision.  Foi agraciada pela Rainha Elizabeth com a Ordem do Império Britânico, gravou com vários cantores ( de Paul e Elton a Chaka Khan)  e  escreveu hits para outros tantos, como Tina Turner (I don’t want to fight).

PS4:  Mais de 40 anos depois, To Sir With Love continua um clássico. Recentemente, foi gravada pelo elenco de Glee.

Anúncios

Os Piratas do Rock por Melhor Deprê e Melhor Cena Deletada

Sabe quando você leva um fora e… bem, essa cena fala por si só.

Oi? Como é que esse filme não bombou nas bilheterias? Talvez porque o sentido da vida tenha ficado de fora.

You see the thing that makes sense in this crazy world is rock ‘n roll.

 

PS1: Obrigada, P, por fazer o meu domingo beeeem mais divertido.

PS2: Os Piratas do Rock é do mesmo criador de Quatro Casamentos e um Funeral, Notting Hill e Simplesmente Amor. Guardem esse nome: Richard Curtis.

PS3: O trailer:

PS4: A trilha é realmente uma delícia. Super recomendada!!! Veja na Amazon e escute uma aqui.

Buth Cassidy por Melhor Passeio

Oficialmente apaixonada pelo bom humor e olhos azuis do Paul Newman Butch Cassidy.

.

PS1: Esse filme ganhou 4 Oscar. 

PS2: Robert Redford, Paul Newman e o diretor Roy Hill reuniriam-se mais tarde em Golpe de Mestre.

Nine por Melhor Prostituta

No último fim de semana, eu entrei no cinema muito nervosa. Estava morrendo de medo de me decepcionar com NINE, tamanha a expectativa que criei em torno desse filme.

Eu adoro musicais, tinha adorado o trailer, ficado apaixonada pelo pôster, impressionada com a tropa do Signor Guido Contini

Assim que o filme começou, todo o medo evaporou. E foi aquele que chamei de chato aqui nesse blog o responsável por isso.

Eu fiquei apaixonada por Guido Contini – pelo talento, pela atuação, pelas covinhas…

Entre tantas mulheres maravilhosas (e vocês sabem que adoro Lady Judi e Penélope), destacam-se Sophia Loren, deslumbrante aos 75 anos, e…

Marion Cotillard, graciosa e talentosíssima como Luisa Contini.

A minha cena preferida, porém, é com Saraghina, a prostituta interpretada por Fergie. Eu fiquei com muita vontade de tocar o pandeiro, subir na poltrona do cinema, cantar feito louca  Be Italiaaaaaaaaaaaaaan e, ao final, aplaudir de pé.  

PS1: Não havia nove mulheres na vida de Guido Contini. Nine faz referência ao filme , de Fellini, diretor que, segundo o The Guardian, fazia um cinema “of visually expressed emotions rather than intellectual rigour”.

PS2: Fellini ganhou seu terceiro Oscar por , que foi lançada em 1963.

PS3: A Fergie engordou 6 quilos para viver Saraghina. No último Grammy, porém, deu para perceber que ela já voltou a antiga forma.

PS4: Nine estreou na Broadway em 1982 com Raul Julia no papel de Guido. Dez anos depois, em Londres, foi a vez de Jonathan Pryce assumir o papel do diretor italiano.

PS5: Nine também está no Oscar: Direção de Arte, Costume Design, Atriz Coadjuvante (Penélope Cruz) e Original Music (dessa vez, não é Cinema Italiano, mas Take it All)

PS6: Mais Nine aqui e aqui.