Na Teia da Aranha por Melhor Policial e Melhor Explicação

A TV fechada rende boas surpresas eventualmente. Ontem, por exemplo, revi,  sem querer, Na Teia da Aranha no Telecine Action.  Eu lembrava pouca coisa desse thriller psicológico (bonito isso né?) lançado em 2001 e simplesmente não consegui mudar de canal até chegar ao fim do filme.

É claro que o meu cerebrozinho idiota ficou borbulhando de ideias, mas a principal delas é que o Morgan Freeman Alex Cross é muito, mas muito melhor que qualquer CSI e Law and Order da vida.

Esse  é o segundo suspense do detetive interpretado por Morgan Freeman. A primeira aparição dele é em Beijos que Matam, também muito bom.

Em Na Teia da Aranha, Alex Cross está fragilizado pela morte de sua parceira, o que não o impede de desvendar o crime como quem brinca com o jogo dos 7 erros.

E tem mais: psicólogo tarimbado, ele ainda dá conselhos sobre carreira. Quando a agente do Serviço Secreto Jezzie Flannigan diz que deveria procurar outro emprego, menos desafiador, Dr Cross responde:

Alex: You do what you are Jezzie.
Jezzie: You mean you are what you do.
Alex: No, I mean, you do what you are. You’re born with a gift. If not that, then you get good at something along the way. And what you’re good at, you don’t take for granted. You don’t betray it.
Jezzie: What if you do, betray your gift?
Alex: Then you betray yourself. That’s a sad thing.

PS1: Aliás, sabe quem é a Jezzie? A Monica Potter, a Kristina, de Parenthood.

PS2:  Outro ator que interpreta um agente do Serviço Secreto é Billy Burke, também conhecido como Chief Swan, pai da Bella, da saga Twilight.

PS3: Você não se lembra de Beijos que Matam? Veja o trailer então:

PS4: Se você também achou que Alex Cross poderia ser o detetive de Se7en, enganou-se. O parceiro de Brad Pitt era William Somerset.

PS5: Alex Cross é o personagem de uma série escrita por James Patterson.

Quizz: Qual o seu filme infantojuvenil favorito?

Nesta semana, confie em mim, todo mundo só vai falar em dois assuntos: Copa e Eclipse.

Confesso: já li os quatro livros, respeito Stephenie Meyer, tenho minhas reservas em relação a Kristen Stewart e também estou superansiosa  pelo terceiro filme da saga Twilight.

E é da comoção em volta da premiere, dos fãs acampados nos EUA e da loucura para comprar ingressos no Brasil, que veio a ideia desse  post:

QUAL  O  MELHOR  FILME  INFANTOJUVENIL  DE  TODOS  OS  TEMPOS?

 

Vamos aos indicados:

 

 10. Saga Crepúsculo.

 

Não seriam Edward, Bella e Jacob o melhor triângulo amoroso de todos os tempos?

 

9. Harry Potter

Não foi Stephanie Meyer, mas J.K.Rowling quem trouxe a magia (ã? ã? ã?) de volta a essa chata (trouxa?) vida adulta.

 

8. Goonies

Quem viu esse filme do Spielberg nunca esqueceu dessa turma. Estou errada?

 

 

7. As Patricinhas de Beverly Hills.

As patricinhas, coitadas, tiveram um triste fim. Duas sumiram e a outra morreu tragicamente. 

Mesmo assim, anos atrás, elas causaram com uma história bonitinha, mas muito ingênua para os dias de hoje.

 

 

6. Esqueceram de Mim.

Vai negar que esse filme também ocupa um lugar especial no seu coração?

 

 

5. Sem Licença para Dirigir.

Clássico da Sessão da Tarde, esse filme conta a história do adolescente que, mesmo sem carta de motorista, rouba o carro do pai para impressionar uma garota.

 

 

4. Karatê Kid

Esqueça essa nova versão do Jackie Chan e do Jaden Smith. Nós gostamos é do Daniel Larusso, adolescente chato, muito chato, que vira campeão de karatê e ainda ganha a gatinha.

 

 

3. Quatro Amigas e um Jeans Viajante

Dá vontade de sair procurando por essa calça mágica e reunir as amigas, não dá?

 

 

2. High School Musical

Teria Glee surgido em nossas vidas se não fosse o sucesso de HSM?

 

 

1. NDA

Como todo vestibular, neste quizz também existe a opção: “Nenhuma das Anteriores”.

—-

Mãos à obra, então!

Qual o seu filme infantojuvenil preferido?

Confira o meu nas respostas.