Lanterna Verde por Melhor Auto Ajuda

Ahn?

Auto Ajuda?

É isso mesmo. E se você é fã dos heróis, provavelmente seus pelos arrepiaram e seus batimentos aceleraram com qualquer associação maluca que eu possa fazer.

Não me mate!

Eu nunca escondi de ninguém que o especialista em Marvel em casa é o meu irmão, que tem uma extensa coleção de gibis e tem a paciência de me explicar “a vida real” a cada novo filme. Eu gosto de uma boa história, mas vou mais atrás mesmo é da diversão.

E isso explica por que eu gostei de Lanterna Verde e fiquei um pouco entediada com Capitão América. Mesmo sem ser 3D, o guardião é muito mais maroto.

Ok, eles poderiam ter explorado um pouco mais a vida do Hal Jordan. Concordo.

Só que aí o protagonista deveria ser outro, porque, convenhamos, esse Hal Jordan a gente já viu em outros filmes: ele tem as mesmas caras e as mesmas piadinhas do Andrew Paxton (A Proposta), Will Hayes (Três Vezes Amor) e Wade Wilson (Wolverine). Todo mundo sabe que o Ryan Reynolds é um ator limitado. Aliás, quem se lembra disso quando ele tira a camisa? Ou mesmo com aquela roupa emborrachada?

 Not me!

 

A cena que eu mais gostei do filme é aquela em que o Sinestro detona o Hal Jordan, aquele humano cheio de medinho. Para mim, soou como um belo discurso auto-ajuda. Esse trecho, infelizmente, não está disponível no youtube, mas não podia deixar de compartilhar o texto:

I fear nothing. Fear is the enemy of will. Will is what makes you take action.  Fear is what stops you and makes you weak. You must ignore your fear. When you’re afraid,  you can’t act. You can’t act, you can’t defend. You don’t defend, you die!

 

PS: Lembra do Ryan Reynolds fazendo o juramento na Comic Con? Adoro essa cena.

 

Anúncios

Frame: Os Filmes de 2011

É, é, é!!  Eu estou trabalhando duro nesse fim de ano!!

Assim como em 2010,  montei uma agenda com os filmes que serão lançados no ano que vem. Muita coisa boa, viu?

Atenção:

1) As datas de lançamento SEMPRE podem mudar.

2)  Além dos trailers, não deixe de visitar a página oficial dos filmes.

3)  Por favor, deixe um comentário nesse post caso saiba de algum outro filme não contemplado aqui.

Vamos lá:

JANEIRO

07/01 – Além da Vida (filme de Clint Eastwood)

14/01 – O Turista

14/01 – Amor e Outras Drogas

14/01 – As Viagens de Gulliver

21/01 – O Discurso do Rei

21/01 – Bravura Indômita (dos irmãos Coen)

21/01 – A Minha Versão Para o Amor

21/01 – Burlesque

28/01 – Um Lugar Qualquer

FEVEREIRO

04/02 – Cisne Negro

04/02 – Como Você Sabe

11/02 – O Vencedor

18/02 – 127 Horas

18/02 – Trabalho Interno (The Secretariat)

18/02 – Rabbit Hole

25/02 – Sexo Sem Compromisso

25/02 – Bruna Surfistinha

25/02 – O Besouro Verde

MARÇO

04/03 – Lope, do Andrucha

04/03 – RANGO

18/03 – A Águia

18/03 – Não Me Abandone Jamais

25/03 – A Tempestade

ABRIL

01/04 – Os Agentes do Destino

08/04 – RIO

08/04 – Conspiração Xangai

08/04 – Código Fonte

15/04 – Esposa de Mentirinha

15/04 – Pânico 4

15/04 – Água para Elefantes

21/04 – A Garota da Capa Vermelha

29/04 – THOR

MAIO

20/05 – Piratas do Caribe 4

Padre (data em aberto)

JUNHO

03/06 – Kung Fu Panda 2

03/06 – X-Men First Class

17/06 – Lanterna Verde

24/06 – Carros 2

JULHO

01/07 – A Árvore da Vida

01/07 – Transformers 3

15/07 – Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte II

 

29/07 – Capitão América

AGOSTO

12/08 – Cowboys & Aliens

Os Smurfs (data em aberto)


SETEMBRO

30/09 – Amigos com Benefícios

NOVEMBRO

Amanhecer – Parte 1 (a primeira parte do último livro de Stephanie Meyer)


NOVEMBRO

Happy Feet 2 (data em aberto)

The Greatest Muppet Movie Ever Made (data em aberto)

DEZEMBRO

16/12 – Missão Impossível IV

Outros filmes com estreia prevista para 2011 são:

O Assassino em Mim

Something Borrowed – filme mulherzinha, baseado no romance Emily Giffin


E aí? Gostou? Sabe de algum outro filme? Comente djá!

Frame: Lanterna Verde

Já viu o trailer?

PS1: E pensar que esses músculos o Ryan Reynolds

…. já foi o Berg, de Três é demais.

PS2: E, sim, eu passo mal com o Ryan Reynolds. Outro dia, andando no shopping, minhas pernas até amoleceram com a campanha da Hugo Boss.

Really?

 

PS3:   É…

PS4: Ah, sim… Você deve ter lido que o Ryan abalou o Comic-Con desse ano ao fazer o juramento do Lanterna Verde. Já viu?

In brightest day, in blackest night,
No evil shall escape my sight
Let those who worship evil’s might,
Beware my power… Green Lantern’s light!

 

PS5:  Sabe quem adoooooora esse juramento?

PS6: Amanhã mais Ryan Reynolds.

Quatro Amigas e um Jeans Viajante 1 e 2 por Melhor Acessório, Cocotas, Cenário e Decisão

Bem, amigos da Rede Globo, Lia Rizzo, do Colar de Pérolas, me libertou. Eu tinha vergonha e continuo tendo, mas agora consigo admitir:

EU ADORO ESSE FILME!! OU ESSES FILMES (É, são 2)!!!

Eu adoro a amizade daquelas 4!

Aquela calça é o acessório mais louco que existe (porque cabe em diferentes tipos físicos) e o mais sortudo (porque só se dá bem, viajando de lá para cá).

Sem querer criar climão com Roma e Londres, a Grécia é um petáculo!!

E nos dois filmes, eu dou risada, eu torço e eu choro. Sim, eu choro!!

Adoro as provas de amizade, as lições de moral e as decisões, como a da Serena Bridget:

I tried to forget the past.  I ran away from the pain because I was afraid.  But the past is always with us and it’s time I stopped running.

PS1: Eu sei, o título, mesmo em inglês, é  péssimo.

PS2: As quatro amigas são Lena (Alexis Bledel/Rory, de Gilmore Girls), Bridget (Blake Lively / Serena, de Gossip Girl) e Carmen (America Ferrera/ Betty, de Ugly Betty) e Tibby ( Amber Tamblyn). Esta última não está em nenhuma série blockbuster, mas é afilhada do Dennis Hopper e do Neil Young e já foi indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro por Joan of Arcadia.

PS3: Veja o trailer do Quatro Amigas e um Jeans Viajante

e do 2.

PS4: Trilha (muito boa!) no blip.

PS5: Post dedicado a Lia Rizzo (que vai se achar ainda mais!!).   

XOXO

A Vida Íntima de Pippa Lee por Melhor Tatuagem

Eu não gosto de tatuagem,…

but I Loooooooooove Jesus!

NY Eu Te Amo por Melhor Encontro

Perambulando por São Paulo, eu fiquei com uma vontade enorme de rever esse filme. Na primeira vez, saí do cinema com a sensação de “quero mais”.  Aquelas histórias simplesmente não podiam terminar assim, tão rápido…

Nessa segunda vez, eu consegui, a muito custo, definir quais os meus segmentos preferidos. Mais do que a cidade e o amor, essas histórias celebram, para mim, o encontro, aquele momento que faz a vida tão especial ou tão particular.

Eu adoro, por exemplo, a história da Lydia.  Eu gosto como fica alheia a cidade e aos outros passageiros do metrô, da análise que faz da situação e da coragem para encontrar o desconhecido e levar adiante uma relação improvável.  

E o garoto…

… que definiu assim seu encontro: Central Park covers almost 843 acres. It is 6% of Manhattan. There are also 127 000 method actresses in New York, which is is 2% of the population. An on the night of senior prom, these two elements  came together to make one perfect wish come true. God, I love NY”.

 

Eu gosto do segmento da Anna, mas o que pega em mim está logo no início, quando ela diz: “You know this is what I’ve always liked about NY – these litlle moments on the sidewalks smoking, thinking about your life…it makes you appreciate the city better. You can watch the buildings, you can feel the air, look at the people, sometimes meet somebody you feel like talking to…”

Observar, reconhecer e apreciar pequenas coisas,  pequenas momentos… e por falar em momentos, esses dois sempre me fazem chorar.

Eu gosto como eles brigam e implicam um com o outro o tempo todo, mas gosto, principalmente, da cumplicidade… como, sem explicações, sem palavras, o outro entende o que está sentindo.

 

PS1: NY Eu Te Amo  foi dedicado ao Anthony Minghella, que escreveu a história dirigida por Shekhar Kapur e interpretada por Julie Christie e Shia LaBeouf.  O diretor indiano escreveu em seu blog: “He told me his film was about the value of life and how people sometimes just throw away their lives, unable to look beyond into the real beauty of it. I will direct the film now — with Anthony in my heart and in presence of his soul.”
 

PS2: Só agora, escrevendo esse post, eu me dei conta que essa Julie Christie

… é a Julie Christie do Dr Jivago.

Que amadora, né?

PS3: Natalie Portman, que atuou no segmento dirigido por Mira Nair, escreveu e dirigiu a história da menininha com o pai dançarino. Eu adoro as duas histórias, btw.

PS4:  Drea de MatteoJacinda Barrett são duas lindas e talentosas atrizes muito mal aproveitadas por Hollywood. A primeira já fez Joey e Os Sopranos e está hoje em Desperate Housewives. A segunda você deve reconhecer de Bridget Jones 2, Poseidon e Um Beijo a Mais.

PS5: Outro ponto alto da história de Anna, além do casal de atores (é bom ressaltar), é a trilha. Eu adoro No Surprises, do Radiohead, e acho que toda história vai ficar mais interessante e emocionante com esse fundo.

 PS6: O trailer