Zona Verde por Melhor Soldado

 

Em O Amor Não Tira Férias, Arthur, um roteirista dos anos de ouro de Hollywood, chama a atenção para a quantidade de filmes lançados por fim de semana.

Você já parou para pensar nisso? Quantos filmes saíram de cartaz antes de você conseguir ver e quantos estrearam e você nem ficou sabendo???

Pois, Zona Verde foi vítima dessa nova realidade.  Era para ser um blockbuster, mas acabou ficando restrito a poucas salas por um curto espaço de tempo. Inexplicavelmente.

Ok ok, o enredo parece batido:  uma armação de um alto funcionário do Pentágono, que ajudou a detonar a guerra do Iraque. Mas não. Esse não é mais um filme de guerra.

Esse é um filme com Matt Damon e Paul Greengrass, o que quer dizer que poderia ser mais uma aventura de Jason Bourne.

E parece um filme de Jason Bourne: muita ação, edição rápida, violência, coração na boca…

Depois de Jason Bourne, Chief Miller Team!!

 

PS1: Superdica do Eurafs.

PS2: Não sei você, mas eu era curiosa para saber a cara do Paul Greengrass. Taí:

Meio doido, não?

 

PS3: Zona Verde foi inspirada em A Vida Imperial Na Cidade Esmeralda, escrita por Rajiv Chandrasekaran, hoje editor do Washington Post.

 

PS4: Quem não viu Matt Damon em 30 Rock,  pode dar aqui uma espiada.

Daylight por Melhor Acidente

Depois de  Rocky, esse é o meu filme preferido do Stallone. Aliás, eu diria que ele mudou a minha vida, porque toda vez que eu entro num túnel meu coração acelera.

PS1: O túnel de Daylight é aquele que passa embaixo do Rio Hudson, ligando Manhattan a New Jersey. Uma explosão acidental provoca um desmoranamento, aprisionando um grupo de pessoas (meliantes, velhinhos, adolescente problemática, cachorro…). Muita emoção!!

PS2: Na verdade, eu sempre lembro desse filme quando passo no túnel do Ibirapuera ou naqueles da Imigrantes

PS3: Sabe quem participa desse filme? O Viggo, quando ele era ainda só um rostinho bonito, e a Amy Brenneman, que hoje faz a Violet em Private Practice.

PS4: Quem também está em Daylight é o filho do Stallone, o Sage Stallone. Foi a segunda participação dele em um filme do papai. A primeira foi no Rocky V, como Rocky Balboa Jr, papel do Milo Ventimiglia no último Rocky (seria pela boca torta?).

Novidades no Amor por Melhor Crianças

Essa foi uma escolha completamente descompromissada que fiz na Blockbuster. Quando Novidades no Amor estreou nos cinemas, eu senti muita preguiça. É, sim… parecia muito óbvio, muito nhenhenhem…

O pôster não ajudava…

nem o trailer que apelava para At Last (Fala sério né?)

 Confesso, porém, que tive uma grata surpresa no último fim de semana. O filme é bem cativante, fala sobre segunda chance e sobre o “momento certo”.  (Se você não viu o filme ou não gosta de spoilers, não veja ó próximo vídeo)

E um ingrediente fundamental dessa comédia romântica são as crianças, os filhos de Catherine Zeta-Jones no filme. Infelizmente não há imagens disponíveis, mas acreditem em mim.

As crianças arrancam as melhores gargalhadas: Sadie é sádica e sarcástica (sugere ao irmão comer pombos com mostarda e leite azedo e se deliciar com os seus pequenos intestinos e ossinhos), enquanto o garotinho, Frankie, é um bonachão que decide mudar o nome para Pablo.

PS1: Eu estou um pouco decepcionada por não ter imagens para postar. #prontofalei.

PS2: Espero compensar com comentários inteligentes (sic). Tipo, aos 41 anos, Catherine mostra-se uma coroa beeem enxuta. É impressionante, porém, como ela tem pernas finas. Sabe quandos os joelhos se sobressaem “nas varetas desconjuntadas” (essa expressão eu peguei emprestada do Alcino e da Vivian, minha ex-chefe). Pela primeira vez, eu realmente preferi os meus “coxão”.

PS3: Como está na Broadway, Cathy está emagrecendo mais ainda, conforme comprovou o Daily Mail. Ela está protagonizando o espetáculo A Little Night Music, baseado no filme de Ingmar Bergman Smiles of a Summer Night.

PS4: Mesmo meio sem sal, o Justin Bartha é uma graça e por isso a gente faz um esforço  para engolir que o Aram tem 25 anos. Tudo pelo amor ao cinema e carinho ao Justin!

Anjos e Demônios por Melhor Cenário e Melhor Acessório

Roma sempre rouba a cena.

Cultura inútil? Sabe por que o Professor de Harvard Robert Langdon usa um relógio do Mickey Mouse?

Ele ganhou o acessório dos seus pais no seu aniversário de 9 anos. ‘Usa’ desde então para lembrar de ter calma e levar a vida menos a sério. 😉

PS1: Quem gosta de Dan Brown ou de qualquer história que remeta à maçonaria deve adquirir logo O Símbolo Perdido, novo best seller (e blockbuster) do autor de Anjos & Demônios e O Código da Vinci.

O Dia Depois de Amanhã por Melhor Apocalipse

day%20after%20tomorrow%20SPLASH

No Blog Action Day 09, este blog não poderia deixar de indicar o Melhor Apocalipse.

bad-300-250

Em O Dia Depois de Amanhã, não são os aliens que ameaçam acabar com a humanidade, mas o aquecimento e resfriamento global.

E não parou por aí: NYC ficou assim.

PS1: Você sabia que a baixa dos oceanos pode mudar o mapa do mundo inteiro? Isso significa que toda a baía de Guanabara pode virar um laguinho, que encolheria com a evaporação da água, abrindo espaço para um intenso avanço urbano. A ponte Rio-Niterói viraria um elevado, tipo o Minhocão de São Paulo. Entenda mais aqui.

PS2: Veja o trailer de O Dia Depois de Amanhã.

PS3: Apesar de contar com a consultoria de um especialista do Protocolo de Kyoto, o filme gerou uma série de críticas de meteriologistas e climatologistas  que acusam O Dia de Depois de Amanhã de fazer propaganda política. Há quem discorde também sobre a possibilidade uma nova era glacial ou a velocidade com que as mudanças climáticas atingiriam nossas vidas. Veja a crítica publicada, em 2004, pelo USA Today.

PS4: Além dos efeitos especiais, o filme tinha todos os elementos de um blockbuster: triângulo amoroso, criança doente, cachorro…