Alien, o Oitavo Passageiro por Melhor Cofrinho

Tive a oportunidade de rever Alien, o Oitavo Passageiro, graças ao Telecine que colocou o clássico do terror alienígena na sua programação de novembro. Eu não sou muito fã de filmes de terror – a Tati muito menos – o que acaba deixando esse blog um pouco defasado nesse gênero, infelizmente. Mas gostamos de bons filmes e Alien é um deles. Ridley Scott em sua segunda direção no cinema, veja só! Antes ele só tinha se aventurado em curtas e séries de TV.

Alien, o Oitavo Passageiro é de 1979, mais velho que eu e provavelmente que a maioria de vocês. Mas incrível como mesmo depois de tantos anos eu ainda lembrava de muitos detalhes do filme e que confesso, continuam bem assustadores e algumas vezes bem nojentos. O sucesso gerou uma franquia de 3 sequências sem contar  Alien versus Predador e os comentários sobre o quinto filme com Scott de volta a direção.

Deixando de lado as cenas nojentas e assustadoras, uma cena bem diferente ficou guardada no meu imaginário adolescente – Sigourney Weaver “pagando cofrinho” de uma bundinha magra e quase inexistente numa daquelas tanguinhas anos 70 que não escondiam muita coisa (Gabeira que o diga). Não lembro no cinema de ninguém pagando cofrinho com tamanha desenvoltura. Por isso, clap clap Sigourney, a indicação é sua.

Bjos,

@abelardobarbosa

Anúncios

Separados Pelo Casamento por Melhor Bunda e Melhor Provocação

O assunto desse post surgiu no bar após algumas (desnecessárias) tequilas, chopes e uma bebida ruim a base de limão que @heloisamello e @vitinhoww nos fizeram beber. Obrigado aos dois pela indicação. Qual seria a melhor bunda do cinema? Para mim não há dúvidas.

Fã da Rachel Jennifer Aniston, desde muito antes dela ser ex-mulher-traída-Pitt não consigo esquecer a cena, talvez uma das únicas que valem a pena no filme H2O plus sugar: Separados Pelo Casamento (The Break-Up – 2006).

A cena também é uma bela provocação e uma tentativa desesperada de conseguir de volta a atenção do marido representado pelo ator Vince Vaughn. Sem ser injusto ou muito ácido, o  filme é divertido, bonitinho e bastante agradável. Veja abaixo o belo atributo da moça.

Sim, somos TEAM ANISTON.

E olha que bonitinho o biquinho dela falando “um beijo gostoso” (sacanagem de jornalista).

Abs,

@abelardobarbosa