Sex and The City por Melhor Lembrete

Passa ano, entra ano e Sex and The City não perde a majestade. É impressionante como Candace Bushnell  conseguiu captar a alma feminina e, de lambuja, ainda nos lembrar de algumas coisas. É praticamente um oráculo.

Embora já tenha recebido outra indicação aqui nesse blog, o filme Sex and The City não é tão genial quanto a série. Tem, porém, seus momentos. Recentemente, uma amiga me lembrou do que Miranda disse para Carrie, quando esta disse que não sentia mais nada.

Miranda was right. When something was really really funny, I laughed.

PS: Obrigada, Candance. Obrigada, P.

Sex and The City por Melhor Cocota

sex-and-the-city-the-movie-200805151105042462

Alguém não concorda que a Charlotte é a melhor amiga…

…e a melhor coisa desse filme?

PS1: Para mim, a Charlotte é a personagem mais autêntica e decidida, pois desde o início, e estou falando desde os tempos do seriado, ela soube e correu atrás do que queria.

PS2: A Carrie atingiu o auge da chatice nesse filme, mas são dela três boas frases:

a) Some love stories aren’t epic novels.  Some are short stories but that doesn’t make them any less filled with love.

b) Maybe some labels are best left in a closet.  Maybe when we label people – bride, groom, husband, wife, married single – we forget to look past the label to the person.

c) You can’t stop being who you are because you’re afraid.

PS3: É esperada para maio de 2010 a sequência de Sex and The City The Movie, com participações já confirmadas de Liza Minelli, Jason Lewis e Penelope Cruz.