Os Excêntricos Tenenbauns por Melhor Suicídio

O cúmulo da falta de foco: o infeliz nem termina uma atividade (a barba) e começa outra. Humpf!

E, crianças, lembrem-se: não façam isso em casa! Ou em lugar algum!

PS: O povo quer saber: onde foi parar Gene Hackman?

PS2: Este blog gosta muito mais do Luke do que do Owen Wilson. Live with that!

PS3: Quem me lembrou dessa cena foi a querida Daia Leide. Crédito, portanto, dado.

Anúncios

A Cor Púrpura por Melhor Cena Lésbica, Melhor Frase e Melhor Música

Todo aquele burburinho quando a Scarlett Johansson e a Penelope Cruz se beijaram em Vicky Cristina Barcelona e o Spielberg já tinha mandado ver 23 anos antes…

Shug ainda ensina para Celie

Everything wants to be loved. Us sing and dance and holler…just trying to be loved.

…e a homenageia com esse blues:

PS1: Com produção e direção de Steven SpielbergA Cor Púrpura foi lançado em 1985  e concorreu a 11 estatuetas. Não levou nem um Oscar.

PS2:  Quem participa do filme é Oprah Winfrey, que foi indicada a Melhor Atriz Coadjuvante pela  performance como a corajosa Sofia.

PS3: Laurence “Morpheus” Fishburne também integra o elenco. Aparece nos créditos como Larry Fishburne.

Quizz: Qual o melhor presidente dos EUA?

É justo no dia 4 de Julho, o famoso Independence Day norte-americano, votarmos no melhor presidente, certo?

Vamos aos indicados:

10. DANNY GLOVER

Em 2012, ele recusou-se a deixar a sua pátria.

9. HARRISON FORD

Em Air Force One, Mr President kicked some ass!! Ele acabou com o Gary Oldman e  outros terroristas do Cazaquistão.

8.  MORGAN FREEMAN

Em Impacto Profundo, coube a ele, com toda sua imponência, informar o mundo que o fim está logo aí.

 

7. BILLY BOB THORNTON

Em Simplesmente Amor, o presidente norte-americano nem teve chance contra o primeiro-ministro britânico do Hugh Grant e seus compatriotas Harry Potter e David Beckham.

6. BILL PULLMAN

Sim, o presidente do Bill Pullman em Independence Day também sabia pilotar caças.

5. JON VOIGHT

O pai da Angie ficou quase irreconhecível como Franklin Roosevelt em Pearl Harbor.

4.  JACK NICHOLSON

Não é (ou é?) piada. Ele também enfrentou ETs, só que em Marte Ataca! 

3.  MICHAEL DOUGLAS

Só há um Meu Querido Presidente.

2. JOHN TRAVOLTA

Segredos do Poder não emplacou, mas não há como negar que o Travolta ficou a cara do Bill Clinton, né?

1. NDA

Nenhuma das alternativas. 😦

Eu já escolhi o meu presidente. E vc? Vote djá!!!

Invictus por Melhor Tea Time e Melhor Poema

A primeira coisa que você precisa saber é que todos os vídeos desse post, com exceção do trailer, não foram incorporados. Dessa forma, se você não viu o filme nem gosta de spoilers, não terá tentação alguma.

É claro que Invictus  estava destinado ao sucesso – quem ousaria duvidar de um filme com Clint Eastwood na direção e Morgan Freeman e Matt Damon nos papéis principais?

 Só que é mais que isso.

Invictus não é só para quem gosta de cinema e uma história bem contada. É para quem é apaixonado por História, para quem vibrou com a trajetória desse líder rebelde, para quem luta pela liberdade, igualdade e democracia.

Invictus é sobre superação, perdão e reconciliação.

 I was thinking how a man could spend thirty years in prison and come out and forgive the men who did it to him…

Mas Invictus é também para quem é apaixonado por esporte, vibra como hooligan, gosta de heróis.

Do you hear? Listen to your country. 7 Minutes. 7 Minutes. Defense. Defense. Defense. This is it! This is our destiny! 

Invictus é sobre liderança e sobre inspiração. E são elas que fazem aquele chá da tarde tão especial.

We need inspiration because, in order to build our nation, we must all exceed our expectations.

E de onde vem Invictus

Invictus é o nome de um poema, escrito pelo poeta inglês William Ernest Henley.  Não vou te contar a ligação da obra com o filme, mas não posso deixar de dividir o texto:

Out of the night that covers me,
Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds and shall find me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.

PS1: Para mim, o filme foi inspirador e eu já estou louca para ver de novo.

PS2: Esse é o verdadeiro Nelson Mandela, …

….e no filme é dele essa célebre frase: Forgiveness liberates the soul. It removes fear. That is why it is such a powerful weapon.

PS3: Morgan é o produtor executivo do filme e teve vários encontros com Mandela para compor o personagem. Anos antes, o próprio ex-presidente havia confidenciado que Freeman seria a escolha ideal.

PS4: Danny Glover e Sidney Poitier, porém, já interpretaram Mandela em filmes para TV.

PS4: Esse é o verdadeiro François Pienaar

…e essa é uma frase/cena dele que eu adoro:  Everybody takes a beer. A toast … to the taste of defeat. Drink it. Remember it. And promise yourself never to taste it again.

PS5: O prometido trailer:


 

Máquina Mortífera 4 por Melhor Sing-Along

maquina_mortifera_4

Se você não é daquele tipo que vai embora do cinema assim que o filme acaba, você sabe do que estou falando.  Há verdadeiros tesouros nesses momentos…podem ser dicas para a continuação ou apenas fotos de bastidor do filme e uma música que fica impregnada na sua cabeça por dias.

É justamente isso que acontece em Máquina Mortífera 4.  A música Why Can’t we be friends?, da banda War e regravada por Smash Mouth, é praticamente a despedida do filme que tem Mel Gibson, Danny Glover, Rene Russo e Joe Pesci no elenco.

Assista os créditos e cante junto (letra aqui):

PS1: Máquina Mortífera também poderia ser indicado como Melhor Diálogo pela cena em que Martin Riggs (Mel Gibson) descansa admirando a praia,  vira para o seu cachorro e diz: “Um dia tudo isso será seu”.

PS2: Essa música já foi utilizada também em um episódio de 1996 dos Simpsons.

PS3: Atenção para o perfil de Danny Glover no Twitter, como seguidor da Oprah e com mais de 382 mil seguidores.