Solteiros com Filhos por Melhor Retorno

Ai, que saudade que eu estava desse blog. E nada melhor que voltar, com um filme, que fui despretensiosamente ver, só porque o poster trazia um grupo de amigos sentados à mesa.

Encurtando a história, gostei muito. Mais que isso: diria que é 89, 7% de Solteiros com Filhos é muito bom – boas sacadas, boas cenas, boas risadas.

E, claro, marca a volta de Jessica SteinJennifer Westfeldtainda falando pelos cotovelos, com aquele zoião azul e extremamente botocada (principalmente o beiço superior). Além de rugas, ela também não ganhou peso (nem em nome da arte, ela come um pouco. Repare  na cena em que ela divide um bolo de aniversário. Até os pardais engolem pedaços maiores que ela).

PS1: Ok, Jennifer Westfeldt até participou de alguns seriados bacanas, mas nunca como protagonista. Por que? Oras, pipocas! Assim como Beijando Jessica Stein, Solteiros com Filhos foi escrito pela própria. Foi também sua estreia na direção.

PS2:  No elenco, vários rostinhos conhecidos – Edward Burns, Megan Fox, o Mad Men Jon Hamm, a madrinha de casamento Kristen Wiig e o pirata do rock Chris O’Dowd (a melhor cena dele ainda é essa). O protagonista é o coxinha do Adam Scott, de Leap Yearque aqui ficou conhecido como Casa Comigo?.

PS3: E nos créditos, veja só, o primeiro assistente de direção, Michael Pitt.

PS4: Assinando a produção executiva, Mike Nichols, o diretor de Closer e A Primeira Noite de Um Homem.

PS5: Vale também prestar atenção na trilha, ainda não disponível na Amazon e no itunes. #fail

Vestida para Casar por Melhor Versão

27dresses1

Eu pensei em indicar esse filme como Melhor Sing-along, mas o espírito de ‘Eu canto tudo errado! E daí?’ colocou-me no caminho certo.

E já que estamos falando em versões, que tal Sr Elton John com Cher

…e Christina?

PS1: Essa é a típica comedinha romântica que a gente adora – pelos diálogos, pelos amigos engraçados e pelo casalzinho (que, neste caso, ganha mais pontos por ser a fofa da Izzie).

Exemplo 1: Quando a amiga, interpretada por Judy Greer (ela é sempre a melhor amiga), cobra da Jane posicionamento: He asks if you want a drink. You smile and say, ‘Vodka soda.’ If you already have a drink, you down it. Then there’s some flirting, some interoffice sex, an accidental pregnancy, a shot gun wedding, and a life of bliss. How many times do we have to go over this? 

Exemplo 2: A melhor parte de um casamento na versão…

– de Jane (representando as mulheres): You know how the bride makes her entrance and everybody turns to look at her? That’s when I look at the groom. Cause his face says it all you know? The pure love there.

de Kevin ( homens!): When the bride comes in and she makes her giant grand entrance, I like to glance back at the poor bastard getting married. Cause even though I think he’s an idiot for willingly entering into the last legal form of slavery, he always looks really, really happy.

PS2: Malin Akerman repete a personagem descontrolada e chata de Antes Só do que Mal Casado. A diferença é que nesse último ela é menos bitch e mais engraçada: