Trainspotting por melhor “POOP”

trainspotting1

Recentemente em uma cerimônia especial foram divulgados os indicados ao prêmio da 87ª Academy Awards, aka o Oscar. Se você ainda não sabe quem está no páreo, conheça aqui.  Uma situação totalmente inesperada durante o evento porém roubou a cena e é claro invadiu as redes sociais rapidamente.

Imagina que você  tem a nobre função de divulgar os nomes dos indicados ao Oscar ao vivo para todo o mundo e sem querer comete uma baita gafe. Foi o que aconteceu com a Presidente da Academia, Cheryl Boone Isaacs.

No melhor estilo Willian Waack, Cheryl se confundiu toda (tadinha) ao pronunciar o nome de Dick Pope, indicado a melhor fotografia pelo filme Mr. Turner, e no lugar de um inocente Pope tivemos um sonoro “Poop”. Não adiantou consertar depois, milhares de twitters invadiram a net e o erro foi pauta de todo comediante americano que fez sua gracinha em cima. Falando em “Poop”, chegamos ao nosso indicado do dia, um clássico e com a melhor cena escatólogica do cinema na humilde opinião desse blog. Trainspotting já deu as caras por aqui, mas nunca sob esse ângulo.

Recordar é viver, fiquem agora com: “É com você, Zelda Merda.” hihihi

E a pequena gafe da Cheryl:

Abraços, Filipe

Trainspotting por Melhor Manifesto

Pode ser estúpido, mas cada um faz a sua escolha. Choose!

Choose Life. Choose a job. Choose a career. Choose a family. Choose a fucking big television, choose washing machines, cars, compact disc players and electrical tin openers. Choose good health, low cholesterol, and dental insurance. Choose fixed interest mortgage repayments. Choose a starter home. Choose your friends. Choose leisurewear and matching luggage. Choose a three-piece suit on hire purchase in a range of fucking fabrics. Choose DIY and wondering who the fuck you are on Sunday morning. Choose sitting on that couch watching mind-numbing, spirit-crushing game shows, stuffing fucking junk food into your mouth. Choose rotting away at the end of it all, pissing your last in a miserable home, nothing more than an embarrassment to the selfish, fucked up brats you spawned to replace yourselves. Choose your future. Choose life… But why would I want to do a thing like that? I chose not to choose life. I chose somethin’ else. And the reasons? There are no reasons. Who needs reasons when you’ve got heroin?

Amelia por Melhor Frase

Esta é Amelia Earhart

… e esta é a melhor frase dela (no filme):

No borders, just horizons – only freedom

 

Viva a sexta-feira! Viva o fim de semana!

O Escritor Fantasma por Melhor Puzzle

Mais do que um suspense, esse filme  tem um belíssimo quebra-cabeça, que esse blog não irá revelar para não estragar a surpresa de quem ainda não viu a obra de Roman Polanski.

Só vou dizer uma coisa: você nunca mais vai olhar uma biografia da mesma forma.

PS1:  Entre os mistérios de O Escritor Fantasma apenas UM e somente UM pode ser antecipado para vocês: que fim levou a pereba de Ewan Mc Gregor.

Sim, caros leitores, porque o ilustre ator escocês mostrou não só talento em seus filmes. Tanto em Trainspoitting

quanto em Moulin Rouge

e em A Ilha

… um sinalzinho na testa se sobressaía.

Um verdadeiro trabalho de investigação deste blog mostrou, com apoio do The Huffington Post, que a pereba foi retirada por recomendação médica.

Viu? A testa está lisinha!!!


PS2: Ainda em O Escritor Fantasma, vale destacar a atuação do maravilhoso Tom Wilkinson e da talentosa Olivia Willians….

… além da presença do Jim Belushi (quase irreconhecível!!) e da Samantha Kim Cattrall.


PS3: Se você quiser ler uma crítica séria, não deixe de passar pelo Doidos Por Cinema.

Cameron Diaz por Melhor Atriz

Não, não. Eu não estou usando drogas. 

Há uma justificativa para Cameron Diaz ser indicada neste blog a Melhor Atriz .

Acompanhe o raciocínio:

1º – lembre-se do que dizia o seu professor de física: tudo é uma questão de referencial. 

2º – Ela nunca escondeu que não era capaz de cantar. Em O Máscara, ela dublou;

em O Casamento do Meu Melhor Amigo, ela desafinou MUITO para deleite dos fãs da Julia Roberts Julianne;

em Por Uma Vida Menos Ordinária, a gente sente vergonha alheia – pelo Ewan, que tá ali do lado, pagando mico junto…

e, finalmente, em O Amor Não Tira Férias, no qual ela assassina o The Killers.  

3º – Dançar, como a gente já viu acima e em As Panteras, é bem mais a praia dela. (Se não viu esse post, clique aqui).

4º – Ela se dá bem em comédias. O sucesso de Shrek, afinal, também é resultado do trabalho dela como Fiona.

5º Coincidência ou não, ela nem é mais um rostinho bonito na telona. (ok ok, escorreu o veneno pela sua tela agora).

     

6º Todo mundo sabe que ela não é uma Meryl Streep, mas não dá para negar que a moça se esforça… continua na luta…e sabe escolher mais filmes…

     

… do que namorados (não que isso seja da nossa conta).

  

Então, num momento (nem tanto) Pollyanna, e tendo em mente o conjunto da obra, ela faz por merecer uma menção honrosa.

PS1: Eu só finco o pé em uma coisa: Crème brûlée can never be Jello. Mesmo!! 

PS2: Mais Cameron Diaz aqui.

Anjos e Demônios por Melhor Cenário e Melhor Acessório

Roma sempre rouba a cena.

Cultura inútil? Sabe por que o Professor de Harvard Robert Langdon usa um relógio do Mickey Mouse?

Ele ganhou o acessório dos seus pais no seu aniversário de 9 anos. ‘Usa’ desde então para lembrar de ter calma e levar a vida menos a sério. 😉

PS1: Quem gosta de Dan Brown ou de qualquer história que remeta à maçonaria deve adquirir logo O Símbolo Perdido, novo best seller (e blockbuster) do autor de Anjos & Demônios e O Código da Vinci.

Frame: Filmes em Frames

Você já quis ter um retrato daquela cena específica do seu filme preferido?

O Ewan doidão em Trainspotting ou

o desespero do Harry por causa de você-sabe-o-quê em Harry Potter e A Ordem de Fênix

… ou a Meg ameaçando o Tom em Mensagem para Você

…ou uma delicada recordação de Notting Hill

…ou o treinamento da Little Miss Sunshine

…ou…ah, acho que você entendeu.

Mais de 100 filmes foram catalogados pelo Screencaps, segundo o blog Favoritos. Fica a dica!