Frame: 9 Décadas de Danças nos Filmes

 

Confira a lista de filmes:

Os 4 Cavaleiros do Apocalipse (1921); Rua 42 (1933); Voando para o Rio (1933); A Mascote do Regimento (1935); O Regimento (1935); Ritmo Louco (1936); Um Dia nas Corridas (1937); O Mágico de Oz (1939); Fantasia (1940); Hellzapoppin’ – (1941); Tempestade Tropical (1943); Broadway Rhythm (1944); Marujos do Amor (1945); A Felicidade Não se Compra (1946); O Sapatinhos Vermelhos (1948);  Núpcias Reais (1951); Cantando na Chuva (1952); Os Homens Preferem as Loiras (1953); Sete Noivas para Sete Irmãos (1954); It’s Always Fair Weather (1955); Oklahoma! (1955); Gatilho Relâmpago (1956); O Prisioneiro do Rock (1957); Cinderela em Paris (1957); El bolero de Raquel (1957); Damn Yankees (1958);  Baladas em Nova York (1958); A Noviça Rebelde (1959); Nunca Aos Domingos (1960); West Side Story (1961); Band of Outsiders (1964); My Fair Lady (1964); Zorba, O Grego (1964); Mary Poppins (1964); Os Produtores (1968); O Jovem Frankenstein (1974); The Rocky Horror Picture Show (1975); Os Embalos de Sábado à Noite (1977); Grease (1978); O Show Deve Continuar (1979); Apertem os Cintos…o Piloto Sumiu! (1980); Os Irmãos Cara de Pau (1980); Cowboy do Asfalto (1980); Fame (1980); Flashdance (1983); Negócio Arriscado (1983); Monty Python’s – O Sentido da Vida (1983); Footloose (1984); A Chorus Line – Em Busca da Fama (1985); Girls Just Want to Have Fun (1985); Um Rosto na Noite (1985); O Garoto do Futuro (1985); Curtindo a Vida Adoidado (1986); Dirty Dancing (1987); A Pequena Sereia (1989); A Bela e a Fera (1991); Vem Dançar Comigo (1992); Perfume de Mulher (1992); Cães de Aluguel (1992); A Família Adams 2 (1993) Swing Kids (1993); Pulp Fiction (1994); True Lies (1994); O Casamento de Muriel (1994); Showgirls (1995); Dança Comigo? (1997); Romy e Michele (1997); Titanic (1997); Dança Comigo (1998); Ela é demais! (1999); Caindo na Estrada (2000); Sob a Luz da Fama (2000); Billy Elliot (2000); No Balanço do Amor (2001); Shrek (2001); Moulin Rouge! (2001); Chicago (2002); Grind – Correndo contra a Vida (2003);  Kung Fusão (2004); Napoleon Dynamite (2004); You Got Served (2004); Dança Comigo? (2004); Starsky & Hutch – Justiça em Dobro (2004); Um Salão do Barulho (2005); Sr & Sra. Smith (2005); O Virgem de 40 Anos (2005); O Balconista II (2006); Pequena Miss Sunshine (2006); Ela Dança, Eu Danço (2006); Vem Dançar (2006); Hairspray (2007); Homem-Aranha 3 (2007); Encantada (2007)
90. Stomp the Yard (2007); Superbad – É Hoje! (2007); Agente 86 (2008); Fazendo Acontecer (2008); Quem quer ser um milionário? (2008); Ela Dança, Eu Danço 2 (2008); Trovão Tropical (2008); (500) Dias com Ela (2009); O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus (2009); Toy Story 3 (2010) Cisne Negro (2010).

 

Anúncios

Footloose por Melhor Abertura

Desafio: tente não mexer os pés enquanto assiste a esse vídeo.

 

PS: Lançado em 1984, Footloose NÃO foi o primeiro filme de Kevin Bacon. Aliás, ele nem foi a primeira opção dos produtores, que tentaram antes convencer Tom Cruise e Rob Lowe a aceitar o papel de Ren.  Conhecendo todo o currículo de personagens de caráter duvidoso de Bacon, até hoje me surpreendo em vê-lo dancing his ass off na cena abaixo.

 

Xô, estresse!

 

PS2: Não sei se você se lembra, mas uma jovem e nada fashion Sarah Jessica Parker também participa do filme.

Vc diria que a mocinha acima viraria um ícone da moda?

 

PS3:  Dianne Wiest era só quatro anos mais velha que a sua filha no fime, interpretada por Lori Singer.

 

 

PS4: Footloose não ganhou nem um Oscar, mas concorreu por duas músicas: Footloose e Let’s Hear it for the boy.

PS5: Vem aí o novo Footloose.

Desnecessário! 

Meryl Streep por Melhor Atriz

Realtvfilms-OskarEustisTheaterOfWarMovieMerylStreepKevinKline823

Essa é uma homenagem a ela, que completou nessa semana, segundo o Petiscos, 60 anos.

Confesso que levei algum tempo para entender a Meryl Streep.  O primeiro filme que lembro ter visto dela foi Ela é o Diabo, no qual interpretava uma escritora bonitona que roubava o marido de Roseanne Barr (que fim terá levado??).

Depois foi a vez de Pontes de Maddison, que ela quase matou todo mundo de tanto chorar, e O Rio Selvagem, no qual provou ter coragem para enfrentar até o Kevin Bacon (porque, convenhamos, as corredeiras eram fichinha perto dele!!  Ele só foi bozinho em Footloose. He is the devil!).

Aí eu fui crescendo e conhecendo melhor o currículo dela, que é recordista em indicações ao Oscar. Meryl (sacou a intimidade?) arrasou em As Horas, estava superb em O Diabo Veste Prada,  Leões e Cordeiros… aliás, nesse filme ela voltou a fazer parceria com Robert Redford, com quem já tinha contracenado em Entre Dois Amores.

Recentemente, essa obra entrou para a Cinemateca da Veja. Lançada em 1985, foi dirigida por Sidney Pollack e arrebatou  7 Oscar (Meryl, que está linda de viver nesse filme, foi indicada mas não levou a estatueta para casa).

Como se não bastasse ser reconhecidamente uma excelente atriz, ela ainda sabe cantar. Maaan, she C-A-N sing!!

Mais do que isso: em um momento Cindy Lauper, ela contou que resolveu fazer Mamma Mia para se divertir, mesmo sabendo que poderia constranger os seus filhos com as cenas pastelão do musical.

Para comemorar, então, o aniversário da nossa diva, escolhi uma cena que definitivamente deixou as atrizes que interpretam Donna Sheridan nos teatros mundo afora bem preocupadas.

PS1: A Universal lançou um novo DVD, com um segundo disco que traz….preparem-se…um sing along de Dancing Queen e Take a Chance on Me. Dá para ter um gostinho no site oficial.

PS2: Em agosto, estreia o novo filme de Meryl, Julie & Julia, que conta a história de uma profissional frustrada que muda sua vida após lançar um blog com receitas. Amy Adams e Stanley Tucci também participam do filme, cujo roteiro foi escrito por Nora Ephron. Sim, mulheres, nós amamos Nora Ephron, responsável por Harry&Sally, Sintonia de Amor e  Mensagem Para Você. Veja o trailer aqui.