WishList: Quinta Avenida, 5 da Manhã

Tem coisa mais gostosa do que matar tempo em uma livraria e acabar encontrando uma jóia? Pois esse é o caso de Quinta Avenida, 5 da Manhã, de S. Wasson.

Para fãs de Audrey Hepburn e a sua bonequinha de luxo, a capa em preto e branco já basta. Lá está, de perfil, um registro da cena clássica de Holly Golightly, com seu pretinho básico, bagel e café em punho, admirando a vitrine da Tyffany & Co.

O livro de Wasson, porém, é mais do que isso e deve agradar fãs do filme, de cinema, de Capote e de quem simplesmente gosta de uma história bem contada.

WTF?

Ok, vou parar de enrolar. Quinta Avenida, 5 da Manhã disseca os bastidores desse clássico, faz um paralelo com o livro e com a evolução da mulher na sociedade. Detalhes sórdidos dos protagonistas do filme, do diretor, dos produtores e de Capote não ficam de fora, é claro.

Saiba que… 

Capote queria fazer o papel principal masculino, mas foi convencido do contrário. O argumento? “Todos os olhares vão estar em Holly Golightly, em cada fotograma do filme. O papel masculino é apenas um ombro onde Holly se apoia. Você merece uma coisa mais dinâmica, mais colorida”, disse Marty Judow ao vaidoso escritor.

– Capote terminou Bonequinha de Luxo em 1958 e esperava publicá-lo na Harper’s Bazaar, que recusou o manuscrito. Holly foi inspirada em todas “essas moças chegam a NY, voejam ao sol como siriris e depois desaparecem. Eu queria resgatar uma garota desse anonimato e preservá-la para a posteridade”.

– Bonequinha de Luxo foi o primeiro filme feito dentro da joalheria.

Audrey não aceitou o papel logo de cara – tinha medo não só da reação do público mas também do que Holly exigira dela como atriz. Uma das suas exigências foi aprovar o diretor do longa.

– Audrey também teve que convencer Hubert de Givenchy a desenhar o seu pretinho básico. E o resultado…”Givenchy era um mestre que entendia as costas do vestido. Ele sabia o aspecto que queria que a mulher tivesse quando estava se afastando de você. Quando se olha de frente o decote do vestido longo de Audrey, parece apenas um vestido sem mangas, mas ao olhar por trás, quando se vê como ele cortou o desconte numa espécie de cabresto que acompanha a forma da joia, percebe-se que era bem ousado para a época”, contou o estilista Jeffrey Banks ao autor de Quinta Avenida, 5 da Manhã.

– Moon River foi um grande desafio para Henry Mancini pelo curto alcance vocal de Audrey. “E então – como costuma acontecer com essas coisas – veio de repente. Três notas: dó, sol, fá”, conta Wasson em um trecho do livro. A canção, aliás, teve o título provisório de Blue River. Foi de Johnny Mercer a ideia de Moon River.

E como eu adoro essa canção… ah, não esse é o post de amanhã. =)
PS: Bonequinha de Luxo já foi indicado a Melhor Sermão. Confira aqui.

Bonequinha de Luxo por Melhor Sermão

Esse filme já tinha recebido outra indicação aqui no blog, mas essa cena pegou forte em mim ontem.

 

 

You know what’s wrong with you, Miss Whoever-you-are? You’re chicken, you’ve got no guts. You’re afraid to stick out your chin and say, “Okay, life’s a fact, people do fall in love, people do belong to each other, because that’s the only chance anybody’s got for real happiness.” You call yourself a free spirit, a “wild thing,” and you’re terrified somebody’s gonna stick you in a cage. Well baby, you’re already in that cage. You built it yourself. And it’s not bounded in the west by Tulip, Texas, or in the east by Somali-land. It’s wherever you go. Because no matter where you run, you just end up running into yourself.  Here. I’ve been carrying this thing around for months. I don’t want it anymore.

 

PS1: Como eu AMO Audrey, esse filme também foi mencionado aqui e aqui.

PS2:  Alguns erros interessantes…

 

PS3: No Pinterest do blog, a melhor coleção (modéstia à parte) de fotos de Audrey. Confira aqui.

Frame: Remake

Aqui e no exterior. Os remakes estão na moda.  E ontem eu quase caí da poltrona do cinema, quando vi o trailer do novo Esquadrão Classe A.

Caramba, minha gente!! Quantas lembranças!!

A lembrança que tenho de Esquadrão Classe A é muito boa, aquela coisa de família reunida para ver as aventuras mirabolantes de 4 ex-combatentes do Vietnã que passam a lidar com os mais diferentes casos no submundo de Los Angeles.

Em 2010, Esquadrão Classe A chega aos cinemas, com Liam Neeson, Bradley Cooper e Jessica Biel no elenco.  Quer ver o trailer?

PS1: Esse é o antigo Esquadrão Classe A

e esse é o novo.

PS2: Esquadrão Classe A passava no SBT e chegou a ganhar um Troféu Imprensa, em 1984, por melhor seriado.

PS3: Como viram na foto, o papel do coronel John Hannibal Smith será de Liam Neeson.

Anteriormente, foi de George Peppard, …

…que fez par romântico com a Audrey em Bonequinha de Luxo.

PS5: O último episódio de Esquadrão Classe A foi ao ar em 1987, após 5 anos e 94 episódios.

PS6: No exterior, a série foi indicada ao Emmy, mas levou mesmo um People’s Choice Awards em 1984.