Pequena Miss Sunshine por Melhor Coreografia

E por causa dessa cena, eu voltei a fazer balé.

PS1: Se você é fã do Grandpa, veja aqui; da Abigail ‘Miss Sunshine’ Breslin, aqui.

Anúncios

Zona Verde por Melhor Soldado

 

Em O Amor Não Tira Férias, Arthur, um roteirista dos anos de ouro de Hollywood, chama a atenção para a quantidade de filmes lançados por fim de semana.

Você já parou para pensar nisso? Quantos filmes saíram de cartaz antes de você conseguir ver e quantos estrearam e você nem ficou sabendo???

Pois, Zona Verde foi vítima dessa nova realidade.  Era para ser um blockbuster, mas acabou ficando restrito a poucas salas por um curto espaço de tempo. Inexplicavelmente.

Ok ok, o enredo parece batido:  uma armação de um alto funcionário do Pentágono, que ajudou a detonar a guerra do Iraque. Mas não. Esse não é mais um filme de guerra.

Esse é um filme com Matt Damon e Paul Greengrass, o que quer dizer que poderia ser mais uma aventura de Jason Bourne.

E parece um filme de Jason Bourne: muita ação, edição rápida, violência, coração na boca…

Depois de Jason Bourne, Chief Miller Team!!

 

PS1: Superdica do Eurafs.

PS2: Não sei você, mas eu era curiosa para saber a cara do Paul Greengrass. Taí:

Meio doido, não?

 

PS3: Zona Verde foi inspirada em A Vida Imperial Na Cidade Esmeralda, escrita por Rajiv Chandrasekaran, hoje editor do Washington Post.

 

PS4: Quem não viu Matt Damon em 30 Rock,  pode dar aqui uma espiada.

Banquete do Amor por Melhor Pergunta

Com um bom elenco, esse filme não é uma obra-prima, mas levanta uma questão digna de Tostines:

“Do you think love is a trick nature plays on us to bring more screaming babies into the world or do you think it is everything… The only meaning there is to this crazy dream?”

hein? hein? hein?

PS1: Ficou interessado?

PS2: Quem participa desse filme é o Billy Burke.

Além de uma belezinha, ele é, no cinema, o pai da Bella Swan

e o irmão gostoso do Bobby, de My Boys.

PS3: Que saudade de My Boys!!!

PS4: Billy Burke, btw, está no twitter. E Os Indicados também.

Alguém Como Você por Melhor Teoria

Jane Goodale  tomou emprestado o PhD de Dra Marie Charles, “confundadora do Instituto do Narcisismo Patológico“, para divulgar a Teoria da Nova Vaca

A ideia surgiu a partir de um coração partido e um artigo publicado na página de Ciências do NYT sobre as preferências do touro no acasalamento.

O macho cruza com a fêmea quando colocados em um mesmo ambiente. Em um segundo momento, ele a recusa, pois quer uma nova vaca. Nas palavras de Jane, “a teoria da vaca nova e o ‘eu odeio transar com a mesma mulher’ são a mesma coisa. Por isso, os homens são infiéis. Cedo ou tarde, nós viramos vacas velhas e eles, então, saem a procura de fêmeas menos familiares”.

Com uma obsessão na cabeça, a produtora mergulha em uma literatura (sic) bem específica, formulando melhor a teoria. Trata-se da imperatividade copulativa, isto é, um impulso biológico de espalhar a semente.

O ’touro’ começa um relacionamento sempre com uma carta na manga – ferramentas de sedução com as quais atrai a vaca nova.  Um dos exemplos mais notórios é a triste história da vaca atual, que não o compreende perfeitamente. Este é o segredo para entender o mito da timidez masculina – parece que ele está fazendo elogios a você, mas na verdade o faz a si mesmo, mostrando o quanto honesto e sensível ele é.

Fato é que, segundo Jane, menos de 5% dos animais machos são monógamos. Os outros 95% estão “plugging Penelope Pope“.

Quer saber mais sobre essa teoria maluca?  (será?)

PS: É, eu sei, incorporação desativada. Cazzo!

PS2: Eu gosto muito da Marisa Tomei e adoro os filmes da Ashley Judd, cuja mãe é cantora country.

PS3: Mesmo sem as garras, o Hugh Jackman tá uma belezinha nesse filme, não?

PS4: Revendo Alguém Como Você, achei um erro de continuidade. Quando Jane vai morar com Eddie, uma das paredes do seu quarto está destruída. Cenas depois, quando Jane e Eddie dormem (no sentido literal da palavra) juntos, essa mesma parede, que dava para a sala, virou uma  janela, com cortininha fofa e claridade do sol entrando. #shithappens.

Melhor é Impossível por Melhor Declaração

As-good-as-it-gets-W

Essa indicação foi sugerida pela @fbubu e a gente precisa admitir que o Jack Melvin era estranho, gingava, mas sabia fazer um golaço.

Eu fico, porém, dividida entre essa outra cena.

I might be the only person on the face of the earth that knows you’re the greatest woman on earth. I might be the only one who appreciates how amazing you are in every single thing that you do, and how you are with Spencer, “Spence”, and in every single thought that you have, and how you say what you mean, and how you almost always mean something that’s all about being straight and good. I think most people miss that about you, and I watch them, wondering how they can watch you bring their food, and clear their tables and never get that they just met the greatest woman alive. And the fact that I get it makes me feel good, about me…is that something that is bad for you to be around?

PS: Sua opinião é importante para nós.

Sabrina por Melhor Corte de Cabelo e Escolha

mov-4009-286x160

Atenção: Esse filme não é indicado para diabéticos.

Se você não é romântico nem nutre uma ou outra paixão platônica, pare agora de ler esse post.

Eu adoro a versão de  Sidney Pollack para Sabrina. Ele trocou Humphrey BogartWillian Holden e Audrey Hepburn por um charmoso Harrison Ford, um Greg Kinnear canastrão e uma Julia Ormond

Ah, a Julia Ormond… ela está longe de ter a graça de Audrey, mas há algo nela que eu não consigo explicar.  Talvez seja a discrição ou sotaque charmoso, que logo apresenta o enredo: Once upon a time, on the north shore of Long Island, not far from New York, there was a very very large mansion, almost a castle, where there lived a family by the name of Larrabee. (…) And over the garage there lived a chauffeur by the name of Fairchild, imported from England years ago, together with a Rolls Royce; and a daughter, named Sabrina.

Na versão de 1995, Sabrina trabalha na Vogue durante o seu exílio em Paris (que pai mais cruel é esse???). Enquanto tenta esquecer a paixão platônica por David, ela também descobre a fotografia (como se aquela cidade servisse como inspiração para alguém!! )

Na sua última carta antes de deixar a França, escreve que “Gertrude Stine said America is my country and Paris is my hometown. I’ll always feel that way about Paris. I want so much for you to know what it’s meant to me. Across the street someone is playing La Vie En Rose. They do it for the tourists but I’m always suprised at how it moves me. It means seeing life through rose colored glasses. Only in Paris where the light is pink does that song make sense, but I’ll have it in my pocket when I get home, and carry it with me whenever I go”.

Atenção:  você tem certeza que quer continuar lendo?

Se respondeu sim, veja o reencontro de Sabrina e David. Ele não a reconhece com os cabelos mais curtos e ainda confessa durante a festa de aniversário da Sra Larrabee: “Do you know how beautiful you are? You’re dazzling. (…) I don’t think you realize what you’ve done to me”.

O que um corte de cabelo não faz, minha gente?

PS1: Sim, esse é um dos meus filmes favoritos.

PS2: Ainda que obsessiva, eu adoro a paixão platônica dela pelo David. E a trilha que marca isso: ‘How Can I Remember’.

PS3: Gosto também da versão da amiga dela para ilusão e solidão. “Illusions are dangerous people. (…) I came here from Province alone, uneducated, for 6 months, no more than that a year, I sat in a cafe, drank coffee and wrote nonsense in a journal, then suddenly it was not nonsense – I went for long walks and I met myself in Paris. You seem embarassed by loneliness – but you see, it’s only a place to start”.

PS4: E aí ela volta um pouquinho mais esperta de Paris, conhece o outro irmão e solta uma dica: I know you work in the real world and you’re very good at it. But that’s work. Where do you live, Linus?

Afinal, More isn’t always better (…). Sometimes it’s just more.

OMG!

PS5: E, para fechar, eu adoro o pai dela que escolheu ser motorista para ter tempo para ler. Ho ho ho! Danado, esse velhote!