Hairspray por Melhor Abertura

Reginaldo sugeriu essa indicação e eu a achei perfeita para marcar a virada do ano. 

Em 2010, vamos fazer da nossa vida um musical.  Every day’s like an open door, Every night is a fantasy, Every sound’s like a symphony.


Feliz Ano Novo, muitos filmes e sonhos para você!

Anúncios

Vestida para Casar por Melhor Versão

27dresses1

Eu pensei em indicar esse filme como Melhor Sing-along, mas o espírito de ‘Eu canto tudo errado! E daí?’ colocou-me no caminho certo.

E já que estamos falando em versões, que tal Sr Elton John com Cher

…e Christina?

PS1: Essa é a típica comedinha romântica que a gente adora – pelos diálogos, pelos amigos engraçados e pelo casalzinho (que, neste caso, ganha mais pontos por ser a fofa da Izzie).

Exemplo 1: Quando a amiga, interpretada por Judy Greer (ela é sempre a melhor amiga), cobra da Jane posicionamento: He asks if you want a drink. You smile and say, ‘Vodka soda.’ If you already have a drink, you down it. Then there’s some flirting, some interoffice sex, an accidental pregnancy, a shot gun wedding, and a life of bliss. How many times do we have to go over this? 

Exemplo 2: A melhor parte de um casamento na versão…

– de Jane (representando as mulheres): You know how the bride makes her entrance and everybody turns to look at her? That’s when I look at the groom. Cause his face says it all you know? The pure love there.

de Kevin ( homens!): When the bride comes in and she makes her giant grand entrance, I like to glance back at the poor bastard getting married. Cause even though I think he’s an idiot for willingly entering into the last legal form of slavery, he always looks really, really happy.

PS2: Malin Akerman repete a personagem descontrolada e chata de Antes Só do que Mal Casado. A diferença é que nesse último ela é menos bitch e mais engraçada:

Encantada por Melhor Faxina

enchanted_movie_image_amy_adams__6_

Tem coisas, minha gente, que só a Disney faz por você. Para orgulho do Mr Walt (que Deus o tenha!), eles continuam criando histórias maravilhosas que estimulam nossa imaginação e chegam, vamos admitir, a nos causar inveja às vezes.

Imagine como não seria fantástico (e econômico!!) soltar a voz como Giselle  (Amy Adams), enquanto os outros deixam a sua casa brilhando?  

PS1: Amy Adams, que começou a carreira no teatro, é italiana. Nasceu meio que por acidente naquele País, durante uma passagem da família pela Itália. Embora tenha ficado mais conhecida quando interpretou a princesa de Encantada e quando foi indicada ao Oscar por Doubt, ela já participou de várias séries, concorreu a vários prêmios e chega em breve aos cinemas com um novo filme, ao lado de Emily Blunt.