Frame: January “Grace Kelly” Jones

É isso aí. Betty Draper, de Mad Men, é a favorita para interpretar Grace Kelly em um filme que promete mostrar que aquele casamento não foi tão maravilhoso assim. Especula-se que a atriz norte-americana sofreu para se ajustar às exigências da família Grimaldi, o que inclui o pagamento de um dote pela família Kelly para salvar uma Mônaco falida e à beira de ser absorvida pela França de De Gaulle.  BA-BA-DO!

O roteiro está sendo conduzido pelo desconhecido Arash Amel, mas, segundo o Sunday Times, o trabalho já está sendo comparado ao Discurso do Rei. Para a revista The Hollywood Reporter, quem interpretar Grace Kelly estará  definitivamente com a mão no Oscar.

Anúncios

Desconhecido por Melhor Cena de Ação

Alguns atores são automaticamente associados a certos tipos de filmes. Hugh Grant, por exemplo,   interpreta sempre personagens rasos, com tiradas engraçadinhas, entre outros atributos que reforçam o ideal romântico do século XX, dialogando – e ratificando – a lenda do príncipe em seu cavalo branco. Liam Neeson, por outro lado, pode ser relacionado à filmes mais intensos, por vezes depressivos, que, se não demandam intelectualmente, exigem uma boa dose de conhaque para levantar o astral ou para acompanhar incansáveis reflexões noite adentro.

Sendo assim, surpreendi-me ao vê-lo em um thriller como Desconhecido. Prova do que estou falando é a cena abaixo, que bem lembra Jason Bourne.

No final, tem também uma luta bem coreografada e bacana.

Se você não viu o filme, não esquenta. O spot abaixo é só um tira-gosto do que você está perdendo:

PS1: Momento Oficina –  Liam tá envelhecendo bem, não?

PS2: A fraca e magrela January Jones também está no filme. Diane Kruger, além de mais bonita,  sai-se beeeem melhor, cá entre nós. É uma pena que a gente (sic) não consiga esquecer  aquele pé horroooooroso exibido em Bastardos Inglórios.

 

PS3: Destaque para a presença de Frank Langella, que eu jurava que tinha morrido mas continua firme entre nós (\o/), e Bruno Ganz.

PS4:  Esse post teve a colaboração intelectual de Juliana Baptista. A minha personalidade simplória (e prática) inibiria conjunções sobre como “os filmes em que o Hugh Grant participa jogam numa só fogueira todas as nuances da complexidade de uma mulher contemporânea e abafa todo e qualquer traço do dilema existencialista do ser humano e a responsabilidade individual da mulher”.

Cheers!

Frame: O trailer de X-Men: First Class

Sem mais,

Tati

PS: Fotos aqui

 

Frame: X-men First Class

 

Além do poster (acima), caíram na rede mais fotos de X-Men First Class. Uma delas mostra o novo elenco, encabeçado pelo boquinha-de-me-beija James McAvoy, que faz ninguém menos que o jovem Professor Charles Xavier.

E,  em outra foto, Kevin Bacon/Sebastian Shaw divide a cena com January Jones/Emma Frost.

Eu tô morrendo por esse filme. E você?