Rio por Melhor Carnaval

Rá! Quem disse que o carnaval acabou???

 

Ziriguidum…Ziriguidum…Ziriguidum…

 

PS: Torcendo por Sergio Mendes no Oscar. É Brasil no Oscar.

Anúncios

GAROTO OS INDICADOS: Stephen Dorff, Garrett Hedlund, Jeff Bridges e Jesse Eisenberg

Que Jeff Bridges está  por cima da cocada preta todo mundo sabe. A L’Uomo Vogue, de fevereiro, existe para nos lembrar TAMBÉM  que Stephen Dorff...

… é um talento (sic) …

…mal aproveitado (concorda?) e que vale ficar de olho em…

Jesse Eisenberg e …

Garrett Hedlund, de Tron.

Não acha?

A Rede Social por Melhor Babaca e Melhor Fora

Todo mundo já falou do filme do facebook, incluindo a gente aqui, e do Golden Globe Awards. Mas faltou duas indicações.

No último domingo, A Rede Social foi vencedor  de melhor Filme Drama. Desbancou  A Origem (Inception), Black Swan, The Fighter e The King’s Speech (que tem tudo para ser o preferido dos indicados). Minhas Mães e Meu Pai (The Kids are all right)  levou na categoria Melhor Comédia ou Musical. O Golden Globes Awards  faz categorias separadas para drama e comédia.

O filme  é bom, tem uma trilha sonora envolvente (outro prêmio que levou), foi indicado em 6 categorias e levou 4, incluindo Melhor Direção para David Fincher (Clube da Luta, Seven) e, como pregou nosso amigo Carlos Eduardo Bacellar aqui, foi considerado o filme do ano.

Mas faltou a indicação de Melhor Babaca ou Maior Babaca. Pelo menos esse foi o sentimento do @osindicados por Mark  Zukerberg, o criador do facebook, representado pelo ator Jesse Eisenberg, também  indicado ao prêmio (Colin-Mr-Darcy-Firth ganhou).

Mark é um gênio, porém um babaca, como bem lembra esse spoiler essa cena abaixo, que leva outra indicação, a de Melhor Fora.

You are probably going to be a very successful computer person. But you’re going to go through life thinking that girls don’t like you because you’re a nerd. And I want you to know from the bottom of my heart that, that it won’t be true. It will be because you’re an asshole.

Abs,

@abelardobarbosa

A Rede Social por Melhor Nerd

Roteirizado por Aaron Sorkin (homem que não brinca em serviço, criador do seriado The West Wing e roteirista de produções como Jogos do Poder, 2007),  A Rede Social reconstrói, amparado na pesquisa de Mezrich, os bastidores do programa criado e gestado num quarto de um dos alojamentos da Universidade de Harvard por um grupo de amigos e que hoje vale mais de US$ 30 bilhões (jornal Finacial Times) – para se ter uma ideia, o Google está avaliado em pouco menos de US$ 40 bilhões (revista Forbes).

Mark Zuckerberg, idealizador do Facebook e um dos rapazes de 20 e poucos anos mais ricos do planeta, é interpretado pelo esquisitão Jesse Eisenberg, que demonstra talento e maturidade ao compor a personalidade enigmática e desafiadora de Zuckerberg. O ator cria uma versão mais sombria e menos eloquente de Sheldon, do seriado The Big Bang Theory.

David Fincher acerta mais uma vez.  A Rede Social, seja você um Facebooker ou não, vai te fisgar  e os 500 milhões multiplicar (não resisti à rima safada). Por tudo que a história envolve e representa, e pela forma como é narrada, acredito que “A rede…” é um forte candidato a filme do ano.  Sim, sou polêmico. Sim, também gosto de escrever. Para o bem ou para o mal.

Curtiu?

Leia mais no meu blog: Doidos por Cinema

Abs,

Carlos Eduardo Bacellar, mais conhecido no universo dos 140 caracteres por @cebacellar. É publicitário, jornalista e um dos autores do blog Doidos por Cinema