Até a Eternidade por Melhor Escolha

Ate-a-eternidade_Les petits mouchoirs

Antes de mais nada, há três coisas que você PRECISA saber sobre esse filme:

  1. O Elenco: Até a Eternidade reúne a nata do cinema francês contemporâneo: Marion Cotillard (Piaf – Um Hino ao Amor, Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, Um Bom Ano), François Cluzet (Intocáveis), Jean Dujardin (O Artista), Gilles Lellouche (Os Infiéis, Therese D) e Laurent Lafitte (Os Belos Dias).  Eu sei, eu sei, só faltou Louis Garrel,  Romain Duris e Audrey Tautou. 
  2. O Cenário: aquele balneário é capaz de alimentar os sonhos de 98,7% da população mundial.
  3. O Segredo: Fique tranquilo. Não vou contar o final do filme, mas o segredo dos franceses: a despretensão. Reparem bem e deixe pré-conceitos de lado. No dia a dia, o glamour deles não é feito de alta costura e maquiagem. É feita de gente de verdade, que usa roupas como as nossas, às vezes até amassada, que combina com o cabelo despenteado. Você pode dizer que o charme está na confiança, mas está, de fato, na despretensão – de ser o que é, de parecer o que é e nada mais.Dito isso, Até a Eternidade foi lançado em 2010 e conta a história de um grupo de amigos durante as férias de verão. A primeira escolha deles é manter os planos de deixar Paris, mesmo após um deles sofrer um acidente de carro. Enquanto ele se recupera no hospital, os outros viram uma verdadeira família italiana, com  muita gritaria, confusão, música, sol e escolhas. 

    Confie em mim: esse filme não foi o mais visto na França naquele ano à toa.

    PS: Está disponível no Netflix.

GAROTA OS INDICADOS: Marion Cotillard

 

Ela é uma diva, não? E está mais linda do que nunca neste ensaio…

 

 

… para uma revista francesa.

 

 

Sumida, Marion está no novo filme de Woody Allen, ao lado de Owen Wilson, Carla Bruni, Kathy Bates e Rachel Mc Adams. Midnight in Paris estreia em maio de 2011.

A Origem por Melhor Dica

Podem considerar este post uma homenagem ao filme mais doido de 2010.

You mustn’t be afraid to dream a little bigger, darling.

Um Bom Ano por Melhor Herança

Eu AMO muitas coisas nesse filme, mas vamos falar sério? 

Nada teria acontecido se o Uncle Harry não tivesse empacotado e deixado aquela maravilhosa propriedade em Provence.

Merci beaucoup e au revoir, oncle Harry.

 

PS1: Esse filme eu assisti (e me apaixonei) assim que ele foi lançado em 2006. Revendo agora, após adquirir o DVD na Americanas.com, prestei mais atenção em duas atrizes:

– quem faz a prima do Russell Crowe, em Um Bom Ano, é a Abbie Cornish, que pode ser vista atualmente nos cinemas em Brilho de Uma Paixão como Fanny Brawne, a mulher por quem Keats é apaixonado.

 

– a Gemma, assistente do Russell, é interpretada pela Archie Panjabi, que faz a detetive Kalinda, em The Good Wife, série também do Ridley Scott.

 

PS3: A lindíssima e talentosíssima Marion Cotillard não tinha como não notar né?

  

 

Frame: Oscar

Então, vamos falar do Oscar. Só que, mais do apontar os meus favoritos, eu queria relembrar os grandes momentos dessa festa.

Regras do Jogo

1) Qualquer comentário é bem-vindo.

2) Coloquei aqui aqueles que lembro, que vivi e torci. E isso quer dizer que alguns clássicos, como O Poderoso Chefão e E O Vento Levou, não serão citados. (porque eu não sou tão velha assim…)

3) Os vídeos mais antigos foram desativados e você terá que ver no youtube. Como diz a Pink, Please don’t leave me.

4) Os meus critérios são completamente subjetivos. Sim, os seus também podem ser.

BEST PICTURE

Vocês sabem que meu coração pertence a Bastardos Inglórios, mas não acho que esse ano será do Tarantino.

1994, porém, foi um grande ano. Essa categoria foi apresentada por Robert De Niro e Al Pacino (eu sei: OMG! OMG! OMG!) e os concorrentes eram Forrest Gump, 4 Casamentos e 1 Funeral, Pulp Fiction (Melhor Overdose e Dança), Quiz Show e Um Sonho de Liberdade.

E o ganhador é um clássico, daqueles que a gente cita frases até hoje:

Actor in a Leading Role

Meu feeling diz que esse ano será do Jeff Bridges. A minha torcida é pelo Colin Firth (na verdade, eu só não fico feliz se o Jeremy Renner, de Guerra Ao Terror, ganhar. Nada pessoal, mas acho que pode comer um pouco mais de grama antes de levar a estatueta para casa).

Há muito tempo ele não faz um filme bom, mas tudo bem. Depois de Hannibal Lecter, Anthony Hopkins pode tudo.

Eu aposto, porém, que você se lembra do ROBERTO!

  

E ainda, na noite de homenagem ao Sidney Poitier

o Oscar (oh, I Love My Life!) do Denzel.

Actor in a Supporting Role

Dá um aperto no peito pelo Christopher Plummer, mas it’s a Bingooo. Christoph Waltz é o cara!! 

A lista de atores coadjuvantes é impressionante, mas alguém é páreo para o Coringa do Heath Ledger?

And this is for his beautiful Matilda! \o/

 Actress in a Leading Role

 Todo mundo sabe que eu amo a Meryl. E ela passou por todo o estresse pré-premiação 16 vezes e pela frustração de voltar com as mãos abanando 14 vezes.

Meryl darling, I’m sorry. Receio que essas estatísticas vão aumentar, porque eu também estou torcendo para a Sandra.

E o momento? Ah, a Julia né? Adoro Julia, adoro o sorriso, a gargalhada, a veia estourando na testa, adoro o humor, adoro o vestido, love it all!!

Evocando o passado rapidamente, um bocadinho de Audrey (ainda mais por A Princesa e O Plebeu que foi um dos primeiros posts desse blog —->veja aqui.)

Actress in a Supporting Role

Eu não vou escolher a Mo’Nique, porque eu tenho medo dela. So the Oscar goes to… Maggie Gyllenhaal!!

 E escolher uma ex-ganhadora foi difícil. Teve a Jennifer Hudson (porque eu gosto dela, gosto de Dreamgirls e gosto de American Idol),

a Catherine Zeta-Jones (que quase deu a luz na premiação) e

a Penélope.

Animated Feature Film

Eu torço por UP e o adorável Mr. Fredricksen(cuja voz é do Christopher Plummer).

 Essa categoria passou a existir em 2001 somente – tanto é que A Bela e A Fera concorreu a Melhor Filme no passado.

Directing

Tarantino, bóvio!

 E um momento marcante (e idiota, mas conveniente) foi o James Cameron gritando I’m the king of the world!

(E, se ele já se sente o rei do mundo, ele não precisa ganhar agora, certo?)

Writing (Original Screenplay)

Tarantino por Bastardos Inglórios!

 

E quem esquece dessa dupla?

Music (Original Song)

Nine! Nine! Nine!

Essa é uma das categorias que eu mais gosto e costuma nos brindar com apresentações marcantes, como a Madonna nervosa e desafinada com You Must Love (Evita),

um Aerosmith comportado (Armageddon),

a Whitney engolindo a Mariah (O Príncipe do Egito),

e Celine e Andrea Bocelli, cantando a música da animação A Espada Mágica (lembro que a Meryl chorou!! ´É, sim, de tão lindo!!).

Aliás, você pode não gostar dela, mas Celine reina no Oscar. Cantou a música de A Bela e A Fera,

 do Titanic e

de Íntimo e Pessoal.

Nesse ano (1997), ela cantou ainda I Finally Found Someone, de O Espelho Tem Duas Faces. A música é da Barbra, que se recusou a comparecer a cerimônia por não ter sido indicada a melhor atriz. Bafão!!!

Essa é a original, com Barbra e Bryan Adams.

Adooooooooooooooooooooooro!

PS1: Outro bafão, desta vez do ano passado, a Jen Aniston toda sorridente em frente ao Brad.

PS2: Tem o beijão do Adrien Brody na Halle ‘Storm’ Berry.

PS3:  o escândalo do Cuba Gooding Jr.

PS4: E aí?

Nine por Melhor Prostituta

No último fim de semana, eu entrei no cinema muito nervosa. Estava morrendo de medo de me decepcionar com NINE, tamanha a expectativa que criei em torno desse filme.

Eu adoro musicais, tinha adorado o trailer, ficado apaixonada pelo pôster, impressionada com a tropa do Signor Guido Contini

Assim que o filme começou, todo o medo evaporou. E foi aquele que chamei de chato aqui nesse blog o responsável por isso.

Eu fiquei apaixonada por Guido Contini – pelo talento, pela atuação, pelas covinhas…

Entre tantas mulheres maravilhosas (e vocês sabem que adoro Lady Judi e Penélope), destacam-se Sophia Loren, deslumbrante aos 75 anos, e…

Marion Cotillard, graciosa e talentosíssima como Luisa Contini.

A minha cena preferida, porém, é com Saraghina, a prostituta interpretada por Fergie. Eu fiquei com muita vontade de tocar o pandeiro, subir na poltrona do cinema, cantar feito louca  Be Italiaaaaaaaaaaaaaan e, ao final, aplaudir de pé.  

PS1: Não havia nove mulheres na vida de Guido Contini. Nine faz referência ao filme , de Fellini, diretor que, segundo o The Guardian, fazia um cinema “of visually expressed emotions rather than intellectual rigour”.

PS2: Fellini ganhou seu terceiro Oscar por , que foi lançada em 1963.

PS3: A Fergie engordou 6 quilos para viver Saraghina. No último Grammy, porém, deu para perceber que ela já voltou a antiga forma.

PS4: Nine estreou na Broadway em 1982 com Raul Julia no papel de Guido. Dez anos depois, em Londres, foi a vez de Jonathan Pryce assumir o papel do diretor italiano.

PS5: Nine também está no Oscar: Direção de Arte, Costume Design, Atriz Coadjuvante (Penélope Cruz) e Original Music (dessa vez, não é Cinema Italiano, mas Take it All)

PS6: Mais Nine aqui e aqui.

Frame: Globo de Ouro

Para felicidade geral da nação, o Globo de Ouro acontece no próximo domingo.  O que você precisa saber sobre essa premiação:

1 – O Oscar confere mais status, mas o Globo de Ouro é muito mais divertido, pois reúne o pessoal do cinema e da TV.

2 – Na lista de apresentadores confirmados estão Jennifer Aniston, Tom Hanks, Jodie Foster, Nicole Kidman, Kate Winslet, Jennifer Garner, Kiefer Sutherland,  Cher e Tayler Lautner, entre outros.

3 – Antes da premiação, os canais transmitem o tradicional Red Carpet. A melhor transmissão é a do E!, que sempre tem no comando Ryan Seacrest e Mr Jay, entre outros.  O negócio esquenta Às 21h. Então, fica esperrrto!!

4 – O diretor Martin Scorsese receberá o prêmio “Cecil B. DeMille” pela contribuição no campo do entretenimento.

5- A premiação será transmitida ao vivo, a partir das 23h, pela TNT.

Entre os indicados, há vários filmes e seriados que ainda não chegaram no terceiro mundo. É o caso, por exemplo, do Up in The Air, do Invictus e do United States of Tara. Mesmo assim, dá para montar a sua torcida (éééé, reunir os amigos, preparar champanhe e pipoca, fazer apostas…).

Abaixo, eu compartilho com vocês os meus votos – alguns deles, é verdade, votados com o coração (sic) – nas principais categorias.

Best Motion Picture – Drama

Avatar

The Hurt Locker

Inglourious Basterds

Precious: Based On The Novel Push by Sapphire

Up In The Air 

Meu voto:

Bastardos Inglórios. (O melhor filme de 2009 #prontofalei)

 

Best Performance By An Actress In A Motion Picture – Drama

Emily Blunt – The Young Victoria

Sandra Bullock – The Blind Side

Helen Mirren – The Last Station

Carey Mulligan – An Education

Gabourey Sidibe – Precious: Based On The Novel Push by Sapphire

Meu voto: 

Sandra,  pelo conjunto da obra (if you know what I mean).

Best Performance By An Actor In A Motion Picture – Drama

Jeff Bridges – Crazy Heart

George Clooney – Up In The Air

Colin Firth – A Single Man

Morgan Freeman – Invictus

Tobey Maguire – Brothers 

Meu voto:  

Colin Firth (afinal, o George e o Morgan já têm até Oscar, minha gente!!)

Best Motion Picture – Musical or Comedy

(500) Days Of Summer

The Hangover

It’s Complicated

Julie & Julia

Nine

Meu voto: Essa é a categoria mais difícil para mim, mas meu voto vai para

Se Beber, Não Case.

 

Best Performance By An Actress In A Motion Picture – Musical or Comedy

Sandra Bullock – The Proposal

Marion Cotillard – Nine

Julia Roberts – Duplicity

Meryl Streep – It’s Complicated

Meryl Streep – Julie & Julia

Meu voto:

 

Meryl Streep por Julie& Julia.

Best Performance By An Actor In A Motion Picture – Musical or Comedy

 Matt Damon – The Informant!

Daniel Day-Lewis – Nine

Robert Downey Jr. – Sherlock Holmes

Joseph Gordon-Levitt – (500) Days Of Summer

Michael Stuhlbarg – A Serious Man

Meu voto: Preciso falar?

RDJ, claro! (#1, can’t wait to see you on the red carpet!!)

Best Performance By An Actress In A Supporting Role In A Motion Picture

Penelope Cruz – Nine

Vera Farmiga – Up In The Air

Anna Kendrick – Up In The Air

Mo’Nique – Precious: Based On The Novel Push by Sapphire

Julianne Moore – A Single Man

Meu voto:

Mo’Nique (Feeling, gente, é feeling)

Best Performance By An Actor In A Supporting Role In A Motion Picture

Matt Damon – Invictus

Woody Harrelson – The Messenger

Christopher Plummer – The Last Station

Stanley Tucci – The Lovely Bones

Christoph Waltz – Inglourious Basterds

Meu voto:

CHRISTOPH WALTZ!!!!!!!!!!!

 Best Director – Motion Picture

Kathryn Bigelow – The Hurt Locker

James Cameron – Avatar

Clint Eastwood – Invictus

Jason Reitman – Up In The Air

Quentin Tarantino – Inglourious Basterds

Meu voto: Vou tirar o Globo de Ouro do Tarantino, do Jim e do Clint (este nem mais graça vê em premiações, né?) e oferecer ao

Jason Reitman (na foto, ele é o da direita, tá?).

Best Screenplay – Motion Picture

 District 9: Written by Neil Blomkamp and Terri Tatchell

The Hurt Locker: Written by Mark Boal

Inglourious Basterds: Written by Quentin Tarantino

It’s Complicated: Written by Nancy Meyers

Up In The Air: Written by Jason Reitman and Sheldon Turner

Meu voto: Pronto!

Esse vai para o Tarantino.

 Best Television Series – Drama

Big Love (HBO)

Dexter (Showtime)

House (Fox)

Mad Men (AMC)

True Blood (HBO)

Meu voto: Dãããããã.

HOUSE, claro.

Best Performance By An Actress In A Television Series – Drama

Glenn Close – Damages

January Jones – Mad Men

Julianne Marguiles – The Good Wife

Anna Paquin – True Blood

Kyra Sedgwick – The Closer

Meu voto:

Julianne Marguiles, renascida das cinzas.

Best Performance By An Actor In A Television Series – Drama

Simon Baker – The Mentalist

Michael C. Hall – Dexter

Jon Hamm – Mad Men

Hugh Laurie – House

Bill Paxton – Big Love

Meu voto: Eu não me canso…

de votar no House. Vai que é suuuuuuuuua, Hugh Laurie.

 Best Television Series – Musical or Comedy

30 Rock (NBC)

Entourage (HBO)

Glee (Fox)

Modern Family (Fox)

The Office (NBC)

Meu voto: I’m a loser.

GLEE.

 

Best Performance By An Actress In A Television Series – Musical or Comedy

Toni Collette – United States of Tara

Courteney Cox – Cougar Town

Edie Falco – Nurse Jackie

Tina Fey – 30 Rock

Lea Michele – Glee

Meu voto:

Lea Michelle, por todas as lágrimas e, gargalhadas que me causou.

Best Performance By An Actor In A Television Series – Musical or Comedy

Alec Baldwin – 30 Rock

Steve Carell – The Office

David Duchovny – Californication

Thomas Jane – Hung

Matthew Morrison – Glee

Meu voto: O Mr. Schue já tem um Tony. Agora…

GLEE.

Best Performance by An Actress In A Supporting Role in A Series, Mini Series or Motion Picture Made For Television

Jane Adams – Hung

Rose Byrne – Damages

Jane Lynch – Glee

Janet McTeer – Into The Storm

Chloe Sevigny – Big Love

Meu voto: Sem dúvida alguma…

Jane Lynch. Ma-ra-vi-lho-sa. .

Best Performance By An Actor In A Supporting Role In A Series, Mini Series or Motion Picture Made For Television

Michael Emerson – Lost

Neil Patrick Harris – How I Met Your Mother

William Hurt – Damages

John Lithgow – Dexter

Jeremy Piven – Entourage

Meu voto:

Michael Emerson (eu tenho medo do Ben).

PS1: Confira a listagem completa dos indicados ao Globo de Ouro aqui.

PS2: Quer conferir quem já ganhou? Veja as fotos na sala de imprensa e no Red Carpet aqui.

PS3: Façam suas apostas e comentários djá!