Frame: Trilha Sonora

A minha coleção de DVDs cresceu tanto que fui obrigada a reorganizar toda a casa. Ela só não é maior que a pilha de CDs.

Olhando aquela bagunça, percebi que a minha vida seria triste demais sem música. Sou aquela pessoa que gosta de cantarolar por aí, que adora shows e que completa frases dos outros com uma canção…

Acho que, no final, a música é mais fundamental na minha vida do que o cinema

Mais:  alguns filmes e cenas perderiam o sentido ou seriam menos emocionantes sem aquela trilha.

Durante o meu File Day, separei as trilhas que vocês TÊM que conhecer.

As duas primeiras são aquelas que escuto quando estou ligada no 220 ou quando quero espantar a tristeza e o mau humor.

A Noviça Rebelde é uma receita de família…

… e Mamma Mia foi adicionado nos últimos anos, embora Abba já fizesse parte da minha vida.

Com essa mesma vibe, mas não tão intensa, tem a trilha de Noiva em Fuga (em especial, You Can’t Hurry Love / Dixie Chicks), …

 … Mensagem para Você (The Puppy Song / Harry Nilson) …

… e Como Perder um Homem Em Dez Dias (Follow You DownGin Blossoms

Kiss Me / Sixpense None The Richer)

Tem as mais românticas, como a trilha de Um Lugar Chamado Notting Hill (You’ve Got a Way /Shania Twain), …

… da Bridget Jones (Stop, Look, Listen / Diana Ross & Marvin Gaye),…

Sabrina (How Can I remember / Michael Dees), …

Ray (You Don’t Know Me)…

… e, pasmem!, Crepúsculo ( Flightless Bird. American Mouth / Iron & Wine)

E tem ainda os Prozac Songs, como a trilha de Falando de Amor (Why does it hurt do bad/ Whitney Houston e… 

It Hurts Like Hell / Aretha Franklin)…

e Simplesmente Amor. Mesmo com Christmas All Around, Here With Me e All I want for X-Mas, quem arrasa mesmo é a Joni Mitchell com  Both Sides Now.

PS1: Esses foram somente alguns exemplos de trilhas que tenho em casa. Aqui no blog já falei de outras, como a do Top Gun , Ruas de Fogo, Vida Bandida, De-Lovely, Uma Secretária de Futuro, Austin Powers, Letra e Música e  500 Dias com Ela.  

PS2: Às vezes eu ente nem consigo enxergar a trilha toda por causa de uma música.   É o caso de Quanto Mais Idiota Melhor, The Wonders, De Repente é Amor,Quem Vai Ficar com MaryUm Beijo Roubado e  O Casamento do Meu Melhor Amigo.

 PS3: Eu lembro quando You Don’t know Me passou no trailer de Ray… Meu coração parou e  eu fiquei completamente obcecada. A melhor versão, porém, é o dueto dele com a Diana Krall.

PS4: O CD de Crepúsculo foi um ótimo presente de Karina e Rachel. Obrigada mil vezes!!

PS5: Ultimamente a trilha de Glee entrou no rol das músicas para ser feliz.

PS6: Qual a sua trilha favorita?

Alta Fidelidade por Melhor Mania

O que eu mais gosto nesse filme? A mania de fazer listas.

Top five things I miss about Laura:  1 – Sense of humor. Very dry, but it can also be warm and forgiving. And she’s got one of the best all time laughs in the history of all time laughs, she laughs with her entire body.  2-  she’s got character. Or at least she had character before the Ian nightmare. She’s loyal and honest, and she doesn’t even take it out on people when she’s having a bad day. That’s character. 3 – miss her smell, and the way she tastes. It’s a mystery of human chemistry and I don’t understand it, some people, as far as their senses are concerned, just feel like home. 4 – I really dig how she walks around. It’s like she doesn’t care how she looks or what she projects and it’s not that she doesn’t care it’s just, she’s not affected I guess, and that gives her grace. And 5; she does this thing in bed when she can’t get to sleep, she kinda half moans and then rubs her feet together an equal number of times… it just kills me. Believe me, I mean, I could do a top five things about her that drive me crazy but it’s just your garden variety women you know, schizo stuff and that’s the kind of thing that got me here.

E não é só uma mania. Tem todo o cuidado por trás (The making of a great compilation tape, like breaking up, is hard to do and takes ages longer than it might seem. You gotta kick off with a killer, to grab attention.  Then you got to take it up a notch, but you don’t wanna blow your wad, so then you got to cool it off a notch. There are a lot of rules)  e o indescritível prazer de dividir isso com os amigos:

PS1: Esse post é dedicado aos bons amigos e a todas as listas que a gente já fez em uma mesa de bar.

PS2: Eu gosto mais do Nick Hornby na telona do que nos livros. #prontofalei.

PS3: Nada de citar o slogan de Tostines. Daqui pra frente é Alta Fidelidade: What came first, the music or the misery? People worry about kids playing with guns, or watching violent videos, that some sort of culture of violence will take them over. Nobody worries about kids listening to thousands, literally thousands of songs about heartbreak, rejection, pain, misery and loss. Did I listen to pop music because I was miserable? Or was I miserable because I listened to pop music? 
 

PS4: O Jack pode cantar, mas eu ainda sinto vergonha alheia.

PS4: Quem viu o último American Idol pôde acompanhar a ‘performance’ do Jack com a Gladys Knight, Ben Stiller e o #1 (que, como sempre, roubou a cena né?) para promover Trovão Tropical.

Lado a Lado por Melhor Sing-Along

 stepmom

Quem nunca fingiu que a escova de cabelo, o telefone ou o controle remoto da TV  é um microfone não sabe o que está perdendo.