A Chave de Sarah por Melhor Obsessão

Esqueça Juliette Binoche, Emmanuelle Béart, Audrey Tautou, Marion Cotillard... Kristin Scott Thomas, e sua elegância inglesa, é a deusa do cinema francês. É a combinação perfeita! Não tem erro!

A Chave de Sarah, lançado em 2010, é um bom exemplo disso. Conta a história da jornalista Julia Jarmond, que prepara um especial sobre o Vel’ D’Hiv Roundup, que resultou na apreensão e morte de várias famílias judias em 1942.

Durante a apuração da matéria, Julia descobre uma ligação entre a sua família e a da garotinha Sarah Starzynski.  O mistério vira uma verdadeira  obsessão na vida da jornalista.

 

PS1: Não é de hoje que esse blog é fã de Kristin e sua história, bem como casamento com o cinema francês, é contada nesse post aqui.

PS2: E, sim, o filme também conta com Aidan Quinn

Fuga para a Vitória por Melhor Desculpa

Se você assistiu ao Esporte Espetacular hoje, também deve ter chamado sua atenção a reportagem com o Pelé.  Você provavelmente se lembrava da participação do Rei no filme dos Trapalhões, mas em um com Michael Caine e Sylvester Stallone?

Sim, sim, sim. Loucura, loucura, loucura.

Fuga para a Vitória foi lançado em 1981 e dirigido por John Huston, que tem simplesmente dois Oscar no currículo. 

O filme usa o futebol como pano de fundo da II Guerra Mundial. Além de “humilhar” o Stallone, como mostra a matéria do Esporte Espetacular, Pelé ensina até ao técnico. Veja só:

E dá até bicicleta:

Pega essa, Maradona!

Bastardos Inglórios por Melhor Personagem

Logo nos primeiros minutos,  quando o oficial nazista Hans Landa chega à fazenda dos Dreyfus no interior da França, você sente que Bastardos Inglórios  vai entrar para a história …  

… e que o personagem de Christoph Waltz também.

Quem é Christoph Waltz? No fucking idea. Até então. Até conhecer o coronel Landa e toda a sua crueldade, cinismo, inteligência e até senso de humor.

Ele apaga o Brad Pitt, que também não fez feio (é importante frisar).

Portanto, caros leitores, juntem-se a mim: vamos começar hoje nossa campanha para Christoph Waltz como melhor ator no Oscar e Globo de Ouro. Porque no circuito indie e underground (sic) o Coronel Landa já está imortalizado.

PS1: Perdoem o incômodo, mas a incorporação do primeiro vídeo foi desativada e por isso você terá que ver diretamente no Youtube. Vale a pena, eu prometo.

PS2: Quer conhecer o currículo do Christoph? Veja no IMDB.

PS3: O site do Bastardos Inglórios é bem bonitinho. Pena que é pesado e não funciona direito. 😦

PS4: Vale entrar no original.

PS4: Ainda não viu Bastardos Inglórios? Loser!