WishList: Europa de Cinema

Para a série livros-que-eu-gostaria-de-ter-escrito, incluí o guia Europa de Cinema, escrito por Vicente Frare.

O livro se propõe  a “transformar as cenas do cinema em experiências reais na sua próxima viagem à Europa”. Indica, portanto, locais de conhecidos filmes rodados em Berlim, Londres, Madri, Paris e Roma, a cidade mais linda do mundo.

É craaaaro que eu já pincei algumas dicas. 

1. Em Berlim

    

Fãs de Lola Corra Lola não vão encontrar o Deutsche Transfer Bank, onde o pai da protagonista trabalhava. Ele foi montado, somente para as filmagens, no edifício do luxuoso Hotel de Rome, localizado na Bebelplatz, praça onde os nazistas queimaram milhares de livros. Para lembrar o episódio, aliás, há uma intervenção na calçada: prateleiras de livros vazias.

A Supremacia Bourne foi outro filme que criou um cenário fictício.

          

O histórico edifício Haus Cumberland, na Kurfurstendamm 193, deu lugar ao Hotel Brecker, um dos locais em que Bourne é perseguido.

2. Em Londres

      

Para as Bridget Jones de plantão o/, a casa da inglesa mais famosa do mundo fica na margem sul do Tamisa, perto do Tate Modern. “Fica fácil de encontrar o edifício por causa do pub The Globe, que fica na entrada. Há um mercado de alimentos soberbo a duas quadras da casa de Bridget, chamado de Borough Market”, entrega Frare.

        

Para os fãs de Julia Roberts e Hugh Grant, boas notícias. A livraria de William realmente existe – The Travel Bookshop (13-15 Blenheim Crescent – W11).  O restaurante onde o casal escuta obscenidades (ui!) é o Nobu e a cena do casamento foi filmada nos jardins do hotel-butique Hempel.

3. Em Madri

          

Madri respira Almodóvar ou Almodóvar respira Madri? De qualquer forma, a Puerta de Alcalá, que aparece em Carne Trêmula, é a porta de entrada do bairro de Salamanca, “recheado de lojas e restaurantes exclusivos. A Calle Serrano é um dos enderços mais exclusivos de Madri“, conta o autor.

    

Quem também mora na Puerta de Alcalá é o casal  Elsa e Fred. A dupla, aliás, revela um roteiro gastronômico:  jantar no Restaurante Goya, do Hotel Ritz Madrid, e uma passadinha Chocolatería San Ginés para adoçar a boca. Que tal?

4. Em Paris

          

O restaurante em que Isabel, de À Francesa,  janta com seu amante é o Restaurante Georges, localizado no topo do Museu Centre Georges Pompidou.

O charmoso apartamento de Céline em Antes do Pôr do Sol fica na l’Étoile d’Or, na rua do Fbourg St Etoine, no 11º arrondisement, perto da Bastilha.

     

Falando em moradia, ao contrário do filme, o Julia Child viveu no número 81, e não 10, da Rue de l’Université, próximo a Assembleia Nacional.

5. Em Roma

       

O restaurante em que Liz – protagonista de Comer, Rezar, Amar – reúne-se com amigos para discutir qual palavra representa cada cidade é o Ristorante Santa Lucia, atrás da Piazza Navona.

       

A cena final de A Doce Vida foi gravada na praia de Fregene, nos arredores do aeroporto Fiumicino.

         

A casa do jornalista de A Princesa e O Plebeu fica na Via Margutta 51.”A rua, entre a Piazza di Spagna e a Piazza Del Popolo, é um reduto de artistas, com várias galerias de arte. Fellini também morava ali. Há dois hotéis que ficam ao lado da casa do filme“, explica Frare.

Gostou? 

Então corra pra livraria.

Serviço:

Europa de Cinema.

Vicente Frare, Editora Pulp.

Anúncios

Frame: Trilha Sonora

A minha coleção de DVDs cresceu tanto que fui obrigada a reorganizar toda a casa. Ela só não é maior que a pilha de CDs.

Olhando aquela bagunça, percebi que a minha vida seria triste demais sem música. Sou aquela pessoa que gosta de cantarolar por aí, que adora shows e que completa frases dos outros com uma canção…

Acho que, no final, a música é mais fundamental na minha vida do que o cinema

Mais:  alguns filmes e cenas perderiam o sentido ou seriam menos emocionantes sem aquela trilha.

Durante o meu File Day, separei as trilhas que vocês TÊM que conhecer.

As duas primeiras são aquelas que escuto quando estou ligada no 220 ou quando quero espantar a tristeza e o mau humor.

A Noviça Rebelde é uma receita de família…

… e Mamma Mia foi adicionado nos últimos anos, embora Abba já fizesse parte da minha vida.

Com essa mesma vibe, mas não tão intensa, tem a trilha de Noiva em Fuga (em especial, You Can’t Hurry Love / Dixie Chicks), …

 … Mensagem para Você (The Puppy Song / Harry Nilson) …

… e Como Perder um Homem Em Dez Dias (Follow You DownGin Blossoms

Kiss Me / Sixpense None The Richer)

Tem as mais românticas, como a trilha de Um Lugar Chamado Notting Hill (You’ve Got a Way /Shania Twain), …

… da Bridget Jones (Stop, Look, Listen / Diana Ross & Marvin Gaye),…

Sabrina (How Can I remember / Michael Dees), …

Ray (You Don’t Know Me)…

… e, pasmem!, Crepúsculo ( Flightless Bird. American Mouth / Iron & Wine)

E tem ainda os Prozac Songs, como a trilha de Falando de Amor (Why does it hurt do bad/ Whitney Houston e… 

It Hurts Like Hell / Aretha Franklin)…

e Simplesmente Amor. Mesmo com Christmas All Around, Here With Me e All I want for X-Mas, quem arrasa mesmo é a Joni Mitchell com  Both Sides Now.

PS1: Esses foram somente alguns exemplos de trilhas que tenho em casa. Aqui no blog já falei de outras, como a do Top Gun , Ruas de Fogo, Vida Bandida, De-Lovely, Uma Secretária de Futuro, Austin Powers, Letra e Música e  500 Dias com Ela.  

PS2: Às vezes eu ente nem consigo enxergar a trilha toda por causa de uma música.   É o caso de Quanto Mais Idiota Melhor, The Wonders, De Repente é Amor,Quem Vai Ficar com MaryUm Beijo Roubado e  O Casamento do Meu Melhor Amigo.

 PS3: Eu lembro quando You Don’t know Me passou no trailer de Ray… Meu coração parou e  eu fiquei completamente obcecada. A melhor versão, porém, é o dueto dele com a Diana Krall.

PS4: O CD de Crepúsculo foi um ótimo presente de Karina e Rachel. Obrigada mil vezes!!

PS5: Ultimamente a trilha de Glee entrou no rol das músicas para ser feliz.

PS6: Qual a sua trilha favorita?

Frame: Filmes em Frames

Você já quis ter um retrato daquela cena específica do seu filme preferido?

O Ewan doidão em Trainspotting ou

o desespero do Harry por causa de você-sabe-o-quê em Harry Potter e A Ordem de Fênix

… ou a Meg ameaçando o Tom em Mensagem para Você

…ou uma delicada recordação de Notting Hill

…ou o treinamento da Little Miss Sunshine

…ou…ah, acho que você entendeu.

Mais de 100 filmes foram catalogados pelo Screencaps, segundo o blog Favoritos. Fica a dica!

Rhys Ifans por Melhor Personagem

Rhys_Ifans_article

Eu  mal sei pronunciar seu nome e só lembro de tê-lo visto em um único filme. Foi o suficiente. Sua atuação e personagem são inesquecíveis.

Fala sério! Um Lugar Chamado Notting Hill não seria o mesmo sem o Spiiiiiike.

Porque, afinal, chicks love grey!!

E ele ainda é sensível.

PS1: Ele fez outros filmes, mas a atuação parece não ter sido tão marcante. Entre eles estão Feira das Vaidades e Elisabeth: A Era de Ouro.  

PS2: Ele já namorou Sienna Miller (o ator, não o Spike) – ex de Jude Law e atual de Balthazar Getty, de Brothers & Sisters