Frame: 20 filmes para ficar de olho

20. Tudo Pelo Poder

Sem estrear, The Ides of March, ou Tudo pelo Poder, já ganhou indicação nesse blog (veja aqui). Os cinéfilos também  apostam que Ryan e George estão garantidos na corrida pelo Oscar. Sorte de que quem pode aproveitar a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e não precisa segurar a ansiedade até a estreia oficial.

19. Os Vingadores

Nem precisa explicar, certo?

18.  J. Edgard

Será que é dessa vez, Leo?

17. Um Dia

Só um aviso: leia antes o livro de David Nicholls.

16. A Dangerous Method

Que trio! Viggo, Fassbender e Keira são, respectivamente, Sigmund Freud, Carl Jung e Sabina Spielrein.

15. Coriolanus

A estreia de Ralph Fiennes como diretor.  E repare no elenco.

14.  Albert Nobbs

Para aqueles que achavam que Glenn Close estava esquecida em Damages

13. The Rum Diary

Sem desmerecer a dobradinha com Tim Burton ou Jack Sparrow, é bom ver  Johnny Depp em um papel contemporâneo – ainda mais, ao lado de Aaron Eckhart, Richard Jenkins e Giovanni Ribisi.

12.  My Week With Marilyn

Nem que seja só para criticar a Michelle Williams.

11. War Horse

A peça de teatro é bem famosa. O filme, produzido por Spielberg, promete ser tão emocionante quanto.

10. The Descendants

Oh, George…

9. Warriors

Este filme colocou Tom Hardy no radar dos críticos e ainda ressuscitou Nick Nolte.

8. Margin Call

Kevin Spacey, Stanley Tucci, Paul Bettany, Jeremy Irons…você precisa de mais algum motivo?

7.  Drive

Porque  Ryan Gosling é o cara!

6. Martha Marcy May Marlene

Esqueça as gêmeas Olsen. Quem brilha na família agora é Elizabeth Olsen.

5. O Abrigo

Depois de Revolutionary Road, Michael Shannon interpreta mais um excêntrico ou lunático. A atuação dele e de Jessica Chastain, de A Árvore da Vida, têm sido bem elogiada.

4. 50/50

Fofiiiiinho…

3. Amanhecer Parte 1

Quem eu estou querendo enganar?

2. Shame

Boa repercussão e um colírio, né?

1. Tinker Taylor Soldier Spy

Oh, be Sirius…é o Gary Oldman.

Revolutionary Road por Melhor Proposta e Melhor Visita

Revolutionary Road

Ah, com uma proposta dessa, até eu ia querer a Kate como esposa.

Um dos poucos passatempos na vida monótona de April e Frank era receber os amigos. E com amigos como esses…

Fiquei em dúvida se seria a Melhor Visita ou Melhor Momento Sai que eu tô sincero. 

PS1: A Kate é uma das minhas atrizes favoritas. Não perco um filme dela.

PS2: Eu saí bem deprimida de Revolutionary Road (aaaah, mi mi mi. Não tem final feliz!!), mas é preciso reconhecer que a Kate April tinha os seus momentos:

If being crazy means living life as if it matters, then I don’t mind being completely insane.

PS3: A Kate casou-se em segredo com o Sam Mendes, diretor de Beleza Americana, em 2003. Depois do sucesso de Revolutionary Road, ele voltou para o teatro, dirigindo Ethan Hawke, em Londres. Jude Law, como Hamlet, também em Londres, arrancou mais elogios e aplausos.

PS4: Foi Kate quem decidiu chamar Leonardo di Caprio para o papel de Frank.  Foi a primeira reunião dos atores depois do sucesso de Titanic.

PS5:  Revolutionary Road concorreu a 3 Oscar, mas não levou nenhum. Kate ganhou a estatueta pela sua atuação em O Leitor.