Tarzan por Melhor Música

Se você assistiu Tarzan, gosta de Phill Collins ou tem coração, você gosta dessa música (1”).

PS1: A inspiração para esse post surgiu de uma coincidência. Hoje eu sonhei que a minha cachorrinha, falecida há quase uma década, tinha morrido de novo. E quando liguei o rádio, essa música estava tocando –  a música do filme que vimos assim que ela se foi, a música que nos faz lembrar dela e do quanto ainda amamos ela. Always.

PS2: A voz de Kala é de Glenn Close.

PS3:  You’ll be in my heart ganhou o Oscar e o Golden Globe. A trilha inteira levou o Grammy. Ouça samples na Amazon.

Uma Equipe Muito Especial por Melhor Frase e Melhor Bronca

 

Nós resolvemos fechar o ano em grande estilo, com uma indicação de ninguém menos do que a Secretária de Estado dos Estados Unidos da América, Hillary Clinton.

Em sua autobriografia, Hillary Rodham Clinton – Vivendo a História, ela cita esse filme como sendo um dos seus preferidos. Narra a cena em que Geena Davis ameaça deixar a equipe para voltar para o marido porque “tem sido difícil demais”. O técnico, interpretado por Tom Hanks, retruca:

É para ser difícil. Se não fosse difícil, qualquer um faria. O difícil é que torna isso notável.

PS1: Lançado em 1992, esse filme é realmente um clássico. Trata da criação da liga feminina de baseball e tem no elenco, além de Geena e Tom, Madonna e Rosie O’ Donnell.

PS2:  Ao citar esse filme, Hillary comete uma gafe. Ela fala que o time era de basquete em vez de baseball. (Que burra! Dá zero pra ela!)

PS3: Sem querer menosprezar a indicação da Secretária de Estado ou a risada deliciosamente maquiavélica do Tom,  

esse filme, para mim, tem a melhor bronca. Ever!

THERE’S NO CRYING IN BASEBALL!!!

PS4: Além de atuar, Madonna emplacou uma música na trilha sonora:  This used to be my playground.

Um clássico, concordam?