Frame: Parade’s End

Você reconhece essa moça da foto? É Rebecca Hall, a Vicky, de Vicky Cristina Barcelona. Ela é uma das protagonistas de Parade’s End, que estreia dia 24 no Reino Unido.

A produção é a grande aposta da BBC para roubar a audiência e fãs de Downton Abbey, que contará com Shirley McLaine na próxima temporada.

 

A diretora, Susanna White, e os atores desdenham a série da ITV, dizendo que Parade’s End não é uma novela, mas uma “televisão que exige de você – se você for embora para fazer uma xícara de chá, você estará perdido “, segundo declaração de White à revista de cultura do Sunday Times.

A BBC investiu pesado: firmou parceria com a HBO, escalou 110 atores em 246 sets diferentes e trouxe alguns nomes de peso, como Rupert Everett, Anne-Marie Duff, Rufus Sewell Benedict Cumberbatch.

O período é o mesmo – 1912, era Edwardiana, I Guerra Mundial.  Parade’s End terá cinco horas de duração e, segundo o ST, mais parecerá um filme.

 

Parade’s End é baseado na obra de Ford Madox Ford.

O Turista por Melhor Cenário

Muito barulho, indicações ao Globo de Ouro…e O Turista é, na verdade, uma decepção.

O novo filme de Florian Henckel von Donnersmarck não chega nem aos pés de  A Vida dos Outros. Angie e Johnny, me desculpem os fãs, não convencem como casal e tem uma atuação beeeem forçada. 

A grande estrela é Veneza. É por ela vale que cada minuto do filme. Afinal, como diria Frances Mayes, “Se não houver Veneza no paraíso de verdade, não quero ir pra lá“.