Quizz: Qual o melhor sorriso de Hollywood?

Quel tal começar a semana respondendo uma simples e feliz pergunta: Qual o melhor sorriso de Holywood?

1) Julia Roberts

2) George Clooney

3) Bradley Cooper

4) Kate Winslet

5) Will Smith

6) Brangelina

7) #1 e/ou Jude Law

8 )  Sandra Bullock

9) Wandinha Adams

Oooooops!

10) Jack Nicholson

Vote!!

Nos comentários, você encontra o meu!

PS:  Mais gargalhadas maravilhosas no Pinterest.

Anúncios

A Proposta por Melhor Troca e Melhor Presente

Eu demorei muito tempo para falar desse filme simplesmente porque a minha cena preferida não estava disponível. Graças ao Papai do Céu, ao Youtube e ao dissmeemma, eu posso agora dividi-la com vocês:

Take the dog???

Essa outra, minha gente, é um presente para vocês, amigas, e para vocês, amigos, desse Brasil-sil-sil!!!!

 

PS1: Se vc quer mais uma desculpa para espiar o Ryan, que tal ver os erros de filmagem?

 

PS2: Se vc curte a Sandra Bullock, não perca o post sobre Quando o Amor Acontece, Miss Simpatia, 28 Dias e Da Magia à Sedução.

PS3: Overdose de Ryan? Então, clique em Três Vezes Amor.

Quiz: qual é a melhor bruxa do cinema?

Domingo passado foi Halloween, ou melhor, Dia das Bruxas e tudo indicava que esse blog iria perder a oportunidade de falar sobre o assunto. Parecia… Mas eu acho que nunca é tarde para um Quizz temático.

Qual foi a bruxinha inesquecível, que fez você perder o sono, ficar com raiva ou assustado com tanta maldade e dissimulação?

Convenhamos, elas têm seu charme. Tanto que sempre renderam papéis inesquecíveis no cinema. A começar pelas animações.

10 . MADRASTA de Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

A madrasta da Branca talvez seja a mais famosa, que além de linda e bruxa, era também rainha! Muito luxo! Modéstia para quê?  Modéstia é para os fracos… e feios. Ela revolucionou a bruxaria. Depois dela as bruxas não precisavam mais ser horrorosas com verrugas no queixo.

9. MALÉVOLA,  de A Bela Adormecida(1959)

Ela tem aquela coisa vingativa  de “não me convidaram para essa festa pobre” e agora vão sofrer. Isso sem falar no estilão chifres e elegância indiscutíveis. Veja como ela sabe fazer uma entrada como ninguém. E o feitiço!? Elaboradíssimo! aplausos!

8. GLENN CLOSE as Cruela Devil em  Os 101 Dálmatas (1996)

Bom, ela não é bem uma bruxa, mas é quase (matar cachorrinhos para fazer casaco de pele é coisa de bruxa, não é não!?). E Glenn Close, que já assustava criancinha em Atração Fatal (1987) é perfeita para o papel.

7. MERYL STREEP como Miranda Preistly em O Diabo Veste Prada (2006)

Na mesma linha de bruxas  modernas, temos a Dragon Woman, Miranda Preistly, de O Diabo Veste Prada. Meryl rocks!

Mas você não adora quando elas não são solitárias e horrorosas?

6. NEVE CAMPBELL, ROBIN TUNNEY, FAIRUZA BALK e RACHEL TRUE em Jovens Bruxas (1996).

Sempre tem aquela menina esquisita no colégio que você acha que é meio bruxa.  Geralmente  elas são são lindas como essas aí (tirando a líder satânica…uuiiii medo), mas não se meta com essas adolecentes do mal.

5. CHER, MICHELE PFEIFFER e SUSAN SARANDON em As Bruxas de Eastwick (1987)

Junta Michele-linda- Pfeiffer, Cher (é por isso que ela não envelhece!?) e Susan Sarandon com Jack e você tem três das mais belas e inesquecíveis bruxas do cinema em As bruxas de Eastwick. Michelle fez dobradinha em feitiçaria no infame Stardust, O mistério da Estrela (2007).

4. MARGARETT HAMILTON como a bruxa má do oeste em O Mágico de Oz (1939).

Inesquecível e deixou muita criança sem dormir. Ela tem macacos alados assassinos e como uma boa bruxa, voa em vassoura! Também sempre achei incrível ter uma Bruxa em cada ponto cardeal, não importa se má ou boa.
Sabe por que Margarett Hamilton foi escolhida para o papel? Então, veja no vídeo abaixo.

8. NICOLE KIDMAN

Nicole- Incrível-Kidman já é expert no quesito bruxaria. Já foi duas vezes:

A linda Samantha de A feiticeira (2005) (Na minha humilde opinião o filme é infame e vergonhoso como homenagem ao seriado que leva o mesmo nome). A mãe Endora, protagonizada pela Lady Shirley McLaine nessa versão é tão boa quanto a original Agnes Moorehead.

E em Da Magia a Sedução(1998- já comentado aqui). Em que ela contracena com outra linda, Sandra Bullock e as ótimas tias também bruxas, Stockard Channing e Dianne Wiest.

9. ANJELICA HUSTON em Convenção das Bruxas (1990)

Se alguém merece ser líder de bruxas, esse alguém é Anjelica Huston, perfeita em Convenção das Bruxas. Medo de ficar preso em um quadro o resto da vida. Crianças fedem! hehehe

10. EMMA WATSON em todos os Harry Potter.

E em homenagi a Tati (preferida, editora chefe) não podia deixar de fora a bruxinha Herminone, de Harry Potter, sua preferida. Ela não é encantadora?

E ae? Qual sua bruxa do cinema preferida? Lembrou de mais alguma? Comente!

Abs,

Filipe (@abelardobarbosa)

Miss Simpatia por Melhor Risada

A Sandra bem podia ter soltado essa risada durante o Oscar, né? #putafaltadesacabangem

PS1: Não, ela não voltou com o ex-marido, que já estaria namorando uma tatuadora.

PS2: Na capa da People, Sandra e o seu fofucho.

PS3:  Quem nunca soltou uma risada dessa durante um pileque que atire a primeira pedra.

PS4:  And… WORLD PEACE!

Quando o Amor Acontece por Melhor Frase

A Sandra tem razão. Tem horas que é melhor entregar para Deus:

O que será, será, people!

PS1: Mais Quando O Amor Acontece aqui.

PS2: Mais uma salva de palmas para a Melhor Atriz de 2009.

 

Frame: Oscar

Então, vamos falar do Oscar. Só que, mais do apontar os meus favoritos, eu queria relembrar os grandes momentos dessa festa.

Regras do Jogo

1) Qualquer comentário é bem-vindo.

2) Coloquei aqui aqueles que lembro, que vivi e torci. E isso quer dizer que alguns clássicos, como O Poderoso Chefão e E O Vento Levou, não serão citados. (porque eu não sou tão velha assim…)

3) Os vídeos mais antigos foram desativados e você terá que ver no youtube. Como diz a Pink, Please don’t leave me.

4) Os meus critérios são completamente subjetivos. Sim, os seus também podem ser.

BEST PICTURE

Vocês sabem que meu coração pertence a Bastardos Inglórios, mas não acho que esse ano será do Tarantino.

1994, porém, foi um grande ano. Essa categoria foi apresentada por Robert De Niro e Al Pacino (eu sei: OMG! OMG! OMG!) e os concorrentes eram Forrest Gump, 4 Casamentos e 1 Funeral, Pulp Fiction (Melhor Overdose e Dança), Quiz Show e Um Sonho de Liberdade.

E o ganhador é um clássico, daqueles que a gente cita frases até hoje:

Actor in a Leading Role

Meu feeling diz que esse ano será do Jeff Bridges. A minha torcida é pelo Colin Firth (na verdade, eu só não fico feliz se o Jeremy Renner, de Guerra Ao Terror, ganhar. Nada pessoal, mas acho que pode comer um pouco mais de grama antes de levar a estatueta para casa).

Há muito tempo ele não faz um filme bom, mas tudo bem. Depois de Hannibal Lecter, Anthony Hopkins pode tudo.

Eu aposto, porém, que você se lembra do ROBERTO!

  

E ainda, na noite de homenagem ao Sidney Poitier

o Oscar (oh, I Love My Life!) do Denzel.

Actor in a Supporting Role

Dá um aperto no peito pelo Christopher Plummer, mas it’s a Bingooo. Christoph Waltz é o cara!! 

A lista de atores coadjuvantes é impressionante, mas alguém é páreo para o Coringa do Heath Ledger?

And this is for his beautiful Matilda! \o/

 Actress in a Leading Role

 Todo mundo sabe que eu amo a Meryl. E ela passou por todo o estresse pré-premiação 16 vezes e pela frustração de voltar com as mãos abanando 14 vezes.

Meryl darling, I’m sorry. Receio que essas estatísticas vão aumentar, porque eu também estou torcendo para a Sandra.

E o momento? Ah, a Julia né? Adoro Julia, adoro o sorriso, a gargalhada, a veia estourando na testa, adoro o humor, adoro o vestido, love it all!!

Evocando o passado rapidamente, um bocadinho de Audrey (ainda mais por A Princesa e O Plebeu que foi um dos primeiros posts desse blog —->veja aqui.)

Actress in a Supporting Role

Eu não vou escolher a Mo’Nique, porque eu tenho medo dela. So the Oscar goes to… Maggie Gyllenhaal!!

 E escolher uma ex-ganhadora foi difícil. Teve a Jennifer Hudson (porque eu gosto dela, gosto de Dreamgirls e gosto de American Idol),

a Catherine Zeta-Jones (que quase deu a luz na premiação) e

a Penélope.

Animated Feature Film

Eu torço por UP e o adorável Mr. Fredricksen(cuja voz é do Christopher Plummer).

 Essa categoria passou a existir em 2001 somente – tanto é que A Bela e A Fera concorreu a Melhor Filme no passado.

Directing

Tarantino, bóvio!

 E um momento marcante (e idiota, mas conveniente) foi o James Cameron gritando I’m the king of the world!

(E, se ele já se sente o rei do mundo, ele não precisa ganhar agora, certo?)

Writing (Original Screenplay)

Tarantino por Bastardos Inglórios!

 

E quem esquece dessa dupla?

Music (Original Song)

Nine! Nine! Nine!

Essa é uma das categorias que eu mais gosto e costuma nos brindar com apresentações marcantes, como a Madonna nervosa e desafinada com You Must Love (Evita),

um Aerosmith comportado (Armageddon),

a Whitney engolindo a Mariah (O Príncipe do Egito),

e Celine e Andrea Bocelli, cantando a música da animação A Espada Mágica (lembro que a Meryl chorou!! ´É, sim, de tão lindo!!).

Aliás, você pode não gostar dela, mas Celine reina no Oscar. Cantou a música de A Bela e A Fera,

 do Titanic e

de Íntimo e Pessoal.

Nesse ano (1997), ela cantou ainda I Finally Found Someone, de O Espelho Tem Duas Faces. A música é da Barbra, que se recusou a comparecer a cerimônia por não ter sido indicada a melhor atriz. Bafão!!!

Essa é a original, com Barbra e Bryan Adams.

Adooooooooooooooooooooooro!

PS1: Outro bafão, desta vez do ano passado, a Jen Aniston toda sorridente em frente ao Brad.

PS2: Tem o beijão do Adrien Brody na Halle ‘Storm’ Berry.

PS3:  o escândalo do Cuba Gooding Jr.

PS4: E aí?

Simplesmente Complicado por Melhor Conselho

A Meryl Streep levou o Globo de Ouro por Julie&Julia, mas eu fui investigar os motivos pelos quais ela recebeu a indicação por Simplesmente Complicado.

O trailer é uma boa degustação do que o ótimo elenco e diretora (we looooove Nancy Meyers!!) nos reservaram.

E é óbvio que Meryl está extraordinária, Alec está muito bem, Steveé o Steve…

Eu gostei de uma cena, que provavelmente passou despercebida por muita gente, que é a sessão de análise. Jane chega toda angustiada e verborrágica, exige pelo menos uma vez uma resposta concreta e o conselho do terapeuta é:

Let go, Jane. It can’t hurt.

Não é perfeito? Ele continua em cima do mundo, Jane entende como quer, você entende como preferir… Leve e perfeito!

Bom, o auge do filme – você já viu no trailer – é quando o povo fica chapado.

Primeiro rola o convite:

E aí…bem, essa é só uma partezinha da confusão.

PS1: Essa foi a parte que Meryl mais gostou também, segundo revelou em entrevista.

PS2: O lançamento de Simplesmente Complicado está previsto para Fevereiro (uh-uh alegriaaa…).

PS3: Quem também participa do filme é  John Krasinski, de The Office e futuro Mr. Emily Blunt.

PS4: Meryl causou no Critics Choice Awards. Primeiro ela matou todas nós de inveja ao dar um UPA gos-to-s- no também gostoso Bradley Cooper

… e depois entrou na palhaçada de Sandra Bullock, com quem dividiu o prêmio de  Melhor Atriz.

Veja o vídeo aqui.