Frame: 20 filmes para ficar de olho

20. Tudo Pelo Poder

Sem estrear, The Ides of March, ou Tudo pelo Poder, já ganhou indicação nesse blog (veja aqui). Os cinéfilos também  apostam que Ryan e George estão garantidos na corrida pelo Oscar. Sorte de que quem pode aproveitar a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e não precisa segurar a ansiedade até a estreia oficial.

19. Os Vingadores

Nem precisa explicar, certo?

18.  J. Edgard

Será que é dessa vez, Leo?

17. Um Dia

Só um aviso: leia antes o livro de David Nicholls.

16. A Dangerous Method

Que trio! Viggo, Fassbender e Keira são, respectivamente, Sigmund Freud, Carl Jung e Sabina Spielrein.

15. Coriolanus

A estreia de Ralph Fiennes como diretor.  E repare no elenco.

14.  Albert Nobbs

Para aqueles que achavam que Glenn Close estava esquecida em Damages

13. The Rum Diary

Sem desmerecer a dobradinha com Tim Burton ou Jack Sparrow, é bom ver  Johnny Depp em um papel contemporâneo – ainda mais, ao lado de Aaron Eckhart, Richard Jenkins e Giovanni Ribisi.

12.  My Week With Marilyn

Nem que seja só para criticar a Michelle Williams.

11. War Horse

A peça de teatro é bem famosa. O filme, produzido por Spielberg, promete ser tão emocionante quanto.

10. The Descendants

Oh, George…

9. Warriors

Este filme colocou Tom Hardy no radar dos críticos e ainda ressuscitou Nick Nolte.

8. Margin Call

Kevin Spacey, Stanley Tucci, Paul Bettany, Jeremy Irons…você precisa de mais algum motivo?

7.  Drive

Porque  Ryan Gosling é o cara!

6. Martha Marcy May Marlene

Esqueça as gêmeas Olsen. Quem brilha na família agora é Elizabeth Olsen.

5. O Abrigo

Depois de Revolutionary Road, Michael Shannon interpreta mais um excêntrico ou lunático. A atuação dele e de Jessica Chastain, de A Árvore da Vida, têm sido bem elogiada.

4. 50/50

Fofiiiiinho…

3. Amanhecer Parte 1

Quem eu estou querendo enganar?

2. Shame

Boa repercussão e um colírio, né?

1. Tinker Taylor Soldier Spy

Oh, be Sirius…é o Gary Oldman.

Anúncios

Frame: Decifrando Gary Oldman

The Sunday Times Magazine

Então eu me apaixonei pela edição de domingo do The Sunday Times. Em 4 de Setembro, a The Sunday Times Magazine trouxe uma matéria de cinco páginas com Gary Oldman, que finalmente assume o papel principal de um filme.

Trata-se de Tinker, Tailor, Soldier, Spy – filme do ex-M16 John le Carré e cujo poster estava espalhado por toda Londres.

poster oficial

Algumas curiosidades da matéria:

– Oldman nunca foi nem indicado a um Oscar. Durante a entrevista com Paul Smith, o ator dividiu uma conversa que teve com o colega Colin Firth, que também trabalha no filme de Carré.

Well, you know what it’s like“, disse “Mr Darcy” sobre indicações.

No, I don’t“, respondeu Oldman.

You’ve never been nominated?“, perguntou Firth.

No. I find that unfathomable“, completou Oldman.

Me too! Mal posso acreditar.

– Gary VIVEU bem – além da conta, talvez. Era alcoólatra e resolveu se tratar depois que a terceira mulher pediu separação. Dizem que, em uma das bebedeiras, ele chegou a queimar acidentalmente o filho. E foi por causa dos filhos que ele resolveu deixar pra trás seu passado de lama e se tornar um pai presente e, sempre que preciso, exigente.

– Quando deixou a reabilitação, escreveu e dirigiu seu primeiro e único filme, Nil By Mouth, uma maneira, dizem, de exorcizar os fracassos do próprio pai.

– Gary também começou a aceitar papéis em blockbusters, rejeitados até então, como Batman e Harry Potter.

– E, quando falam de Batman, ele não deixa de lembrar do amigo Heath Ledger, cuja morte o devastou. “shocked, couldn’t believe it. You know, just, like, an arrow, like I’ve been shot. Oh, f***! F***! Lovely kid, you know? […] Only 28″.

– Segundo a reportagem do Sunday Times, Oldman ficou meio traumatizado com o fracasso do terceiro casamento e por isso demorou muito tempo para investir novamente em uma relação. A esposa atual, Alex Edenborough, foi apresentada pelo melhor amigo, agente e guarda costas, Doug.

– aliás, ele já foi casado com a Uma Thurman. Ela tinha apenas 18 anos e ele, 30.

A pergunta que não quer calar é: quem topa uma aposta de que o próximo Oscar é dele? O/

 

A Origem por Melhor Dica

Podem considerar este post uma homenagem ao filme mais doido de 2010.

You mustn’t be afraid to dream a little bigger, darling.