OS INDICADOS VIAJA: Londres

Há muitas versões, mas a Londres do teatro é certamente uma das mais conhecidas. O roteiro é extenso. Os musicais são os mais disputados — dos tradicionais, como O Fantasma da Ópera, a recentes blockbusters, como Wicked e Billy Elliot. Engana-se quem pensa que todos foram importados da Broadway. Alguns nasceram ali, como  Mudança de Hábito, e sua divina protagonista Patina Miller, que depois de uma temporada arrasadora no Reino Unido foi escalada pelo Tim Sam para encantar os americanos e os turistas de Manhattan.

Na terra de Shakespeare, é claro, drama não falta.  No Shakespeare Globe Theatre, você viaja no tempo ou, para os cinéfilos, sente-se em uma cena de Shakespeare in Love.


Mas, acima de tudo, há belas produções com artistas consagrados, oportunidade única para ver de perto aquele ator ou atriz que tanto gosta.

Em setembro passado, eu tive a chance de ver Ralph Fiennes em A Tempestade (The Tempest), peça de Shakespeare. Enquanto a crítica não dava mole para Ralph ( “It’s always good to see a bit of Shakespeare invading the West End of trashy musicals, but here the West End invaded Shakespeare”, cravou o  Sunday Times ), meros espectadores perdiam-se na história de Próspero, um feiticeiro, com o perfeito (e audível) sotaque inglês de Ralph.

Quem também estava em cartaz em Londres, e com ingressos superdisputados, era Jude Law com o drama Anna Christie. Essa é a segunda vez, aliás, que esbarro em Jude. Há dois anos, era ele quem encenava Shakespeare na capital inglesa.

Outro ingresso disputado foi o de Richard III,  mais uma parceria entre o americano Kevin Spacey  e o inglês Sam Mendes. Com dois meses de antecedência, já não havia mais ingressos disponíveis.

Logo depois que deixei a cidade, uma das minhas atrizes favoritas preparava-se para subir ao palco. A elegantíssima Vanessa Redgrave assumiu o papel de Daisy Wertham em Conduzindo Miss Daisy. Sua atuação, bem como a de James Earl Jones, vem sendo elogiadíssima.

Atualmente, Thandie Newton faz Death and Maiden no Harold Pinter Theatre. E, a partir do dia 09/11, Michael Sheen faz Hamlet no Young Vic.

   

E não pense você que a rotina deles é fácil, não. Eu até me surpreendi. Ainda que em curta temporada, essas estrelas, acostumadas a embolsar milhões em um único filme, sobem ao  palco de segunda a sábado, sendo que em alguns dias a jornada é dupla. Haja fôlego e amor à arte!!

DICA

Vai para Londes?  Então, anote essas duas dicas:

1) entre no site Official London Theatre e mapeie os espetáculos que gostaria de ver.

2) Para alguns é recomendável comprar com antecedência, pela internet mesmo. Para os demais, vá até a estação Leicester Square e adquira ali mesmo, em uma das box office. Subindo as escadas você encontra mais opções, sempre com preços mais em conta. É possível também comprar no próprio teatro. Para The Tempest, por exemplo, eu comprei com 3 dias de antecedência, na bilheteria, por 35 euros. E posso garantir: Shakespeare e Fiennes valem muito mais que isso.

Anúncios

Frame: 20 filmes para ficar de olho

20. Tudo Pelo Poder

Sem estrear, The Ides of March, ou Tudo pelo Poder, já ganhou indicação nesse blog (veja aqui). Os cinéfilos também  apostam que Ryan e George estão garantidos na corrida pelo Oscar. Sorte de que quem pode aproveitar a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e não precisa segurar a ansiedade até a estreia oficial.

19. Os Vingadores

Nem precisa explicar, certo?

18.  J. Edgard

Será que é dessa vez, Leo?

17. Um Dia

Só um aviso: leia antes o livro de David Nicholls.

16. A Dangerous Method

Que trio! Viggo, Fassbender e Keira são, respectivamente, Sigmund Freud, Carl Jung e Sabina Spielrein.

15. Coriolanus

A estreia de Ralph Fiennes como diretor.  E repare no elenco.

14.  Albert Nobbs

Para aqueles que achavam que Glenn Close estava esquecida em Damages

13. The Rum Diary

Sem desmerecer a dobradinha com Tim Burton ou Jack Sparrow, é bom ver  Johnny Depp em um papel contemporâneo – ainda mais, ao lado de Aaron Eckhart, Richard Jenkins e Giovanni Ribisi.

12.  My Week With Marilyn

Nem que seja só para criticar a Michelle Williams.

11. War Horse

A peça de teatro é bem famosa. O filme, produzido por Spielberg, promete ser tão emocionante quanto.

10. The Descendants

Oh, George…

9. Warriors

Este filme colocou Tom Hardy no radar dos críticos e ainda ressuscitou Nick Nolte.

8. Margin Call

Kevin Spacey, Stanley Tucci, Paul Bettany, Jeremy Irons…você precisa de mais algum motivo?

7.  Drive

Porque  Ryan Gosling é o cara!

6. Martha Marcy May Marlene

Esqueça as gêmeas Olsen. Quem brilha na família agora é Elizabeth Olsen.

5. O Abrigo

Depois de Revolutionary Road, Michael Shannon interpreta mais um excêntrico ou lunático. A atuação dele e de Jessica Chastain, de A Árvore da Vida, têm sido bem elogiada.

4. 50/50

Fofiiiiinho…

3. Amanhecer Parte 1

Quem eu estou querendo enganar?

2. Shame

Boa repercussão e um colírio, né?

1. Tinker Taylor Soldier Spy

Oh, be Sirius…é o Gary Oldman.

Cartas para Julieta por Melhor Verdade e Melhor Emprego

Além de linda, Vanessa Redgrave Claire é sábia:

“’What’ and ‘if’ are two words as non-threatening as words can be, but put them together side by side and they have the power to haunt you for the rest of your life.”

Ah, eu queria muito ser uma secretária da Julieta.

PS1:  E esse filminho-mulherzinha-fofo ainda tem a bonitinha You Got Me, da Colbie, na trilha.

 

 

 

Ranking: Mulheres com + de 50

O Estadão uma bela matéria sobre a falta de papéis para mulheres maduras em Hollywood.  O foco foi a Ellen Barkin, que “se sentiu nua diante da câmera” ao interpretar uma estrela de cinema decadente em Shit Year, de Cam Archer

Aos 56 anos, Ellen já ficou seis anos sem conseguir um bom papel.  Pensou em desistir até mudar de lado e trabalhar atrás das câmeras como produtora ou diretora.

Todo mundo sabe que Meryl Streep é uma exceção nessa indústria.  Consegue bons papéis, atrai boas histórias e, principalmente, rende milhões aos estúdios.

Então,  o desafio que me coloquei  foi fazer um ranking de 15 atrizes acima dos 50 anos, que merecem, por sua beleza e talento,  mais atenção.

São elas:

15. Vanessa Redgrave, 73.

14. Ellen Burstyn,  78

13. Barbra Streisand, 62.

12. Betty White,  88.

11. Angela Basset, 52

10. Jessica Lange, 61.

9Sally Field, 64.

8.  Gena Rowlands. 80

7. Joan Allen, 54

6. Maggie Smith, 76

5. Judi Dench, 76

4. Shirley MacLaine, 76

3 Emma Thompson,  51

2. Annette Benning, 52

1. Susan Sarandon, 64

E aí? Ficou faltando alguém? Quem é a sua preferida?

Impacto Profundo por Melhor Morte

D6

Eu sempre quis envelhecer e morrer na praia.

Quer dizer, até ver essa cena.