Vicky Cristina Barcelona por Melhor Frase

Eu sei exatamente o que a Cristina quis dizer.

 

I don’t know what I want, I only know what I don’t want.

Já é um começo?

PS: Mais Vicky Cristina Barcelona aqui.

Anúncios

Star Wars Episódio 1 por Melhor Sósia

A Keira Knightley e a minha-futura-esposa-e-mãe-dos-meus-filhos-lindos-e-loiros,  Sra. Natalie Portman estão totalmente confundíveis em Star Wars Episódio 1 e abrem o post de hoje, Melhor Sósia.

Os papéis para viver Padme e a empregadinha intergaláctica Sabe pediam atrizes parecidas, mas a confusão é geral, porque as duas invertem o papel no meio do filme – uma faz a rainha e a outra, a empregadinha.

E aí, neuróticos (como eu) querem rever o filme para fazer o check de quando é uma e quando é a outra. 

Eu acho que é uma questão de ângulo da foto. E, sinceramente, eu sou muito mais a Natalie. Mas Keira é um sucesso também e leva o post de hoje, a melhor sósia.

A Keira tinha só 12 aninhos na gravação e parece que sofreu durante as filmagens. Tadinha!

Não são só elas que confundem gatinhas e marmanjos por aí. E eu aproveito para dar alguns outros exemplos.

Justin Cooper (O Mentiroso) e Alex Linz (Esqueceram de Mim 3)

Eu descobri recentemente que eles são pessoas diferentes! OMG! Inacreditável.

Agora olha as fotos dos guris mais velhos, rumo as drogas e retorno triunfal após ostracismo:

Esse é o Justin Cooper (embarangou!?)…

e esse o Alex Linz (embarangou 2!?)

Próximo!

Amy Adams (Julie & Julia) e Isla (WHO?) Fisher ( Os Delírios de Consumo de Becky Bloom)

Essa realmente me confundiu. Eu fui ver Delírios pensando em encontrar Amy, porque gosto muito dela em Prenda-me se For Capaz e porque eu li o livro e achei engraçadinho. Bem,  acabei com Isla (boa, mas prefiro a Amy. O filme, prefiro o livro!)

Javier Bardem (Vicky Cristina Barcelona) e Jeffrey Dean Morgan (Grey’s Anatomy).

Ao contrário da Tati, eu não sou fã de Grey´s Anatomy. Vi dois capítulos (boring) na vida, mas realmente os caras se parecem.

Helen Hunt (Quando me Apaixono) e Leelee Sobieski (Impacto Profundo)

Essas são conhecidas do povão já.  Para mim, a Leelee sempre pareceu uma versão geneticamente modificada (e melhorada) da Helen-chata-Hunt.

E para não dizer que não somos nacionalistas, as brazucas:

Deborah Secco (Meu Tio matou um Cara) e Fernanda de Freitas (Cidade Baixa)

Conta outra! Ela é sua irmã, vai!?

Abs,

@abelardobarbosa

Frame: Oscar

Então, vamos falar do Oscar. Só que, mais do apontar os meus favoritos, eu queria relembrar os grandes momentos dessa festa.

Regras do Jogo

1) Qualquer comentário é bem-vindo.

2) Coloquei aqui aqueles que lembro, que vivi e torci. E isso quer dizer que alguns clássicos, como O Poderoso Chefão e E O Vento Levou, não serão citados. (porque eu não sou tão velha assim…)

3) Os vídeos mais antigos foram desativados e você terá que ver no youtube. Como diz a Pink, Please don’t leave me.

4) Os meus critérios são completamente subjetivos. Sim, os seus também podem ser.

BEST PICTURE

Vocês sabem que meu coração pertence a Bastardos Inglórios, mas não acho que esse ano será do Tarantino.

1994, porém, foi um grande ano. Essa categoria foi apresentada por Robert De Niro e Al Pacino (eu sei: OMG! OMG! OMG!) e os concorrentes eram Forrest Gump, 4 Casamentos e 1 Funeral, Pulp Fiction (Melhor Overdose e Dança), Quiz Show e Um Sonho de Liberdade.

E o ganhador é um clássico, daqueles que a gente cita frases até hoje:

Actor in a Leading Role

Meu feeling diz que esse ano será do Jeff Bridges. A minha torcida é pelo Colin Firth (na verdade, eu só não fico feliz se o Jeremy Renner, de Guerra Ao Terror, ganhar. Nada pessoal, mas acho que pode comer um pouco mais de grama antes de levar a estatueta para casa).

Há muito tempo ele não faz um filme bom, mas tudo bem. Depois de Hannibal Lecter, Anthony Hopkins pode tudo.

Eu aposto, porém, que você se lembra do ROBERTO!

  

E ainda, na noite de homenagem ao Sidney Poitier

o Oscar (oh, I Love My Life!) do Denzel.

Actor in a Supporting Role

Dá um aperto no peito pelo Christopher Plummer, mas it’s a Bingooo. Christoph Waltz é o cara!! 

A lista de atores coadjuvantes é impressionante, mas alguém é páreo para o Coringa do Heath Ledger?

And this is for his beautiful Matilda! \o/

 Actress in a Leading Role

 Todo mundo sabe que eu amo a Meryl. E ela passou por todo o estresse pré-premiação 16 vezes e pela frustração de voltar com as mãos abanando 14 vezes.

Meryl darling, I’m sorry. Receio que essas estatísticas vão aumentar, porque eu também estou torcendo para a Sandra.

E o momento? Ah, a Julia né? Adoro Julia, adoro o sorriso, a gargalhada, a veia estourando na testa, adoro o humor, adoro o vestido, love it all!!

Evocando o passado rapidamente, um bocadinho de Audrey (ainda mais por A Princesa e O Plebeu que foi um dos primeiros posts desse blog —->veja aqui.)

Actress in a Supporting Role

Eu não vou escolher a Mo’Nique, porque eu tenho medo dela. So the Oscar goes to… Maggie Gyllenhaal!!

 E escolher uma ex-ganhadora foi difícil. Teve a Jennifer Hudson (porque eu gosto dela, gosto de Dreamgirls e gosto de American Idol),

a Catherine Zeta-Jones (que quase deu a luz na premiação) e

a Penélope.

Animated Feature Film

Eu torço por UP e o adorável Mr. Fredricksen(cuja voz é do Christopher Plummer).

 Essa categoria passou a existir em 2001 somente – tanto é que A Bela e A Fera concorreu a Melhor Filme no passado.

Directing

Tarantino, bóvio!

 E um momento marcante (e idiota, mas conveniente) foi o James Cameron gritando I’m the king of the world!

(E, se ele já se sente o rei do mundo, ele não precisa ganhar agora, certo?)

Writing (Original Screenplay)

Tarantino por Bastardos Inglórios!

 

E quem esquece dessa dupla?

Music (Original Song)

Nine! Nine! Nine!

Essa é uma das categorias que eu mais gosto e costuma nos brindar com apresentações marcantes, como a Madonna nervosa e desafinada com You Must Love (Evita),

um Aerosmith comportado (Armageddon),

a Whitney engolindo a Mariah (O Príncipe do Egito),

e Celine e Andrea Bocelli, cantando a música da animação A Espada Mágica (lembro que a Meryl chorou!! ´É, sim, de tão lindo!!).

Aliás, você pode não gostar dela, mas Celine reina no Oscar. Cantou a música de A Bela e A Fera,

 do Titanic e

de Íntimo e Pessoal.

Nesse ano (1997), ela cantou ainda I Finally Found Someone, de O Espelho Tem Duas Faces. A música é da Barbra, que se recusou a comparecer a cerimônia por não ter sido indicada a melhor atriz. Bafão!!!

Essa é a original, com Barbra e Bryan Adams.

Adooooooooooooooooooooooro!

PS1: Outro bafão, desta vez do ano passado, a Jen Aniston toda sorridente em frente ao Brad.

PS2: Tem o beijão do Adrien Brody na Halle ‘Storm’ Berry.

PS3:  o escândalo do Cuba Gooding Jr.

PS4: E aí?

Penélope Cruz por Melhor Atriz

volver_l1

Já que falamos de um homem ontem, hoje é o dia da Penélope Cruz.

Eu sei que ela já ganhou um Oscar e, por isso, o seu talento já estaria mais do que provado e reconhecido.  Como eu gosto de pensar que sou uma pessoa justa, preciso registrar que virei fã de carteirinha dela.

Até pouco tempo atrás, eu desprezava a Penélope Cruz. Achava que era mais um rostinho bonito e que nem inglês falava direito (sempre soube que ela era espanhola, mas a gente sempre arranja motivos, mesmo que eles não façam totalmente sentido, para detonar outra mulher).

Convenhamos: ainda que tivesse feito outros filmes do Almodóvar, ela colecionava fracassos. Mais do que isso: filmes que provocavam MUITA vergonha alheia.

Quem não se lembra de Sabor da Paixão, ao lado do Murilo Benício ?(aliás, ele para mim é tão expressivo quanto uma cadeira !)

E como se não bastasse, ela fez Sahara, As Bandidas (porque a gente gosta de se apegar ao pior)…

…até que veio o divisor de águas, Volver

Ali ela derrubou todos os meus argumentos e me arrancou até lágrimas quando cantou o tango.

Para mim, se esse mundo fosse justo, ela teria ganho o Oscar em 2007 (Por favor, não se ofenda, Helen Mirren!!).

Mas, tudo bem, porque ela arrasou de novo com os descontroles da Maria Elena

… e até fazendo massagem (Melhor Massagem????)

Fato é que agora eu gosto dela. Pronto, falei.

PS1: Sem querer estragar esse momento lindo, só queria adicionar que Volver para mim é especial. Traz boas lembranças.

PS2: Depois de flagrarem a moça rechonchuda em Paris (Pê, a gente só ia gostar mais de você!!! hahahaha), todo mundo diz, inclusive a Vogue RG, que ela está mesmo grávida do Javier Bardem. Confira as fotos ‘fofas’ aqui.