Solteiros com Filhos por Melhor Retorno

Ai, que saudade que eu estava desse blog. E nada melhor que voltar, com um filme, que fui despretensiosamente ver, só porque o poster trazia um grupo de amigos sentados à mesa.

Encurtando a história, gostei muito. Mais que isso: diria que é 89, 7% de Solteiros com Filhos é muito bom – boas sacadas, boas cenas, boas risadas.

E, claro, marca a volta de Jessica SteinJennifer Westfeldtainda falando pelos cotovelos, com aquele zoião azul e extremamente botocada (principalmente o beiço superior). Além de rugas, ela também não ganhou peso (nem em nome da arte, ela come um pouco. Repare  na cena em que ela divide um bolo de aniversário. Até os pardais engolem pedaços maiores que ela).

PS1: Ok, Jennifer Westfeldt até participou de alguns seriados bacanas, mas nunca como protagonista. Por que? Oras, pipocas! Assim como Beijando Jessica Stein, Solteiros com Filhos foi escrito pela própria. Foi também sua estreia na direção.

PS2:  No elenco, vários rostinhos conhecidos – Edward Burns, Megan Fox, o Mad Men Jon Hamm, a madrinha de casamento Kristen Wiig e o pirata do rock Chris O’Dowd (a melhor cena dele ainda é essa). O protagonista é o coxinha do Adam Scott, de Leap Yearque aqui ficou conhecido como Casa Comigo?.

PS3: E nos créditos, veja só, o primeiro assistente de direção, Michael Pitt.

PS4: Assinando a produção executiva, Mike Nichols, o diretor de Closer e A Primeira Noite de Um Homem.

PS5: Vale também prestar atenção na trilha, ainda não disponível na Amazon e no itunes. #fail

Anúncios

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 por Melhor Lição e Melhor Retorno

Para mim, a principal qualidade de Harry Potter é a lealdade – não só aos amigos Hermione e Ron mas também a Dumbledore.

No filme, seja com o finado Richard Harris ou com Michael Gambon, o Headmaster de Hogwarts sempre chamou a  atenção pelas suas habilidades mas também pelas suas tiradas sábias e, muitas vezes, também cômicas.

No último episódio da saga não poderia ser diferente. Na rápida participação, Dumbledore cravou:

Do not pity the dead, Harry. Pity the living and above all, those who live without love.

Aliás, a lealdade está em  praticamente todas as cenas de Harry Potter e As Relíquias da Morte.  O retorno de Harry a Hogwarts é uma das cenas mais emocionantes:

Se você ainda não viu, corre pro cinema. Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2 vale cada centavo de real.

Marido por Acaso por Melhor Retorno

008TAH_Isabella_Rossellini_002

Esse filme ainda não estreou no Brasil, mas marca o retorno de Isabella Rosselini.

A atriz e ex-modelo italiana sempre foi um ícone de beleza. Durante anos, foi o rosto internacional da Lancôme e talvez por esse motivo custei a acreditar que era ela no filme de Uma Thurman.

Não que ela esteja muito acabada, mas ainda tinha na memória a sua participação no Friends (vale rever o fora que ela deu no Ross).

Voltando ao Marido por Acaso, a participação de Isabella no filme é bem pequena e só torna um pouco mais confuso e divertido o encontro de Emma e Patrick.

Aliás, não vá esperando muito do filme. Está longe de se tornar um clássico das comédias românticas, embora tenha no elenco, além da própria Uma, Colin ‘Mr Darcy’ Firth e Jeffrey Dean Morgan.  Vale, porém, como sessão da tarde, para descansar.

Veja o trailer:

PS1:  Isabella e Uma não têm só esse filme em comum. Ambas já foram casadas com Gary Oldman.

PS2: Jeffrey Dean Morgan, que deve sua vida a Shonda Rhimes,  está em NY filmando com Hillary Swank, com quem já fez par romântico em PS Eu te amo.

O Curioso Caso de Benjamin Button por Melhor Frase

curioso-caso-de-benjamin-button08

Baseado em conto de F. Scott Fitzgerald, o filme surpreende (ou me surpreendeu) e traz a seguinte mensagem:

“For what it’s worth, it’s never too late or, in my case, too early, to be whoever you wanna be. There’s no time limit. Start whenever you want. You can change or stay the same. There are no rules to this thing. We can make the best or the worst of it. I hope you make the best of it. I hope you see things that startle you. I hope you feel thing you never felt before.  I hope you meet people with a different point of view. I hope you live a life you’re proud of. And if you find that you’re not, I hope you have the strength to start all over again”.

Muito auto-ajuda? Clichê? Talvez. Não nego. Ainda assim, bonito e mais um bom motivo para ver o filme.

PS1: Aliás, O Curioso Caso de Benjamin Button, que ganhou 3 Oscar e 3 Bafta, poderia ser indicado também a Melhor Retorno.  Sim, minha gente, todo mundo só falou do retorno de Mickey Rourke, em O Lutador, mas e Julia Ormond? Esse filme marca o reaparecimento dela, após dez anos,  nos blockbusters hollywoodianos. Nessa nova fase, ela também empresta seu charme britânico para Che e CSI: NY, entre outros.