O Turista por Melhor Cenário

Muito barulho, indicações ao Globo de Ouro…e O Turista é, na verdade, uma decepção.

O novo filme de Florian Henckel von Donnersmarck não chega nem aos pés de  A Vida dos Outros. Angie e Johnny, me desculpem os fãs, não convencem como casal e tem uma atuação beeeem forçada. 

A grande estrela é Veneza. É por ela vale que cada minuto do filme. Afinal, como diria Frances Mayes, “Se não houver Veneza no paraíso de verdade, não quero ir pra lá“.

Anúncios

Quatro Amigas e um Jeans Viajante 1 e 2 por Melhor Acessório, Cocotas, Cenário e Decisão

Bem, amigos da Rede Globo, Lia Rizzo, do Colar de Pérolas, me libertou. Eu tinha vergonha e continuo tendo, mas agora consigo admitir:

EU ADORO ESSE FILME!! OU ESSES FILMES (É, são 2)!!!

Eu adoro a amizade daquelas 4!

Aquela calça é o acessório mais louco que existe (porque cabe em diferentes tipos físicos) e o mais sortudo (porque só se dá bem, viajando de lá para cá).

Sem querer criar climão com Roma e Londres, a Grécia é um petáculo!!

E nos dois filmes, eu dou risada, eu torço e eu choro. Sim, eu choro!!

Adoro as provas de amizade, as lições de moral e as decisões, como a da Serena Bridget:

I tried to forget the past.  I ran away from the pain because I was afraid.  But the past is always with us and it’s time I stopped running.

PS1: Eu sei, o título, mesmo em inglês, é  péssimo.

PS2: As quatro amigas são Lena (Alexis Bledel/Rory, de Gilmore Girls), Bridget (Blake Lively / Serena, de Gossip Girl) e Carmen (America Ferrera/ Betty, de Ugly Betty) e Tibby ( Amber Tamblyn). Esta última não está em nenhuma série blockbuster, mas é afilhada do Dennis Hopper e do Neil Young e já foi indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro por Joan of Arcadia.

PS3: Veja o trailer do Quatro Amigas e um Jeans Viajante

e do 2.

PS4: Trilha (muito boa!) no blip.

PS5: Post dedicado a Lia Rizzo (que vai se achar ainda mais!!).   

XOXO

Anjos e Demônios por Melhor Cenário e Melhor Acessório

Roma sempre rouba a cena.

Cultura inútil? Sabe por que o Professor de Harvard Robert Langdon usa um relógio do Mickey Mouse?

Ele ganhou o acessório dos seus pais no seu aniversário de 9 anos. ‘Usa’ desde então para lembrar de ter calma e levar a vida menos a sério. 😉

PS1: Quem gosta de Dan Brown ou de qualquer história que remeta à maçonaria deve adquirir logo O Símbolo Perdido, novo best seller (e blockbuster) do autor de Anjos & Demônios e O Código da Vinci.

A Princesa e o Plebeu por Melhor Cenário

RomanHoliday

Roma è bella. Até em preto e branco.

Esse é o meu filme favorito da Audrey Hepburn por vários motivos:

1- é todinho filmado em Roma e eles ostentam isso logo no início.

2 – tem um galã a altura da graciosidade de Hepburn. Gregory Peck era lindo de viver, mesmo tendo 1,91m, sendo 1,50m só de perna. Ele morreu em 2003, fez mais de 60 filmes (incluindo The Boys from Brazil) e ganhou um Oscar por O Sol é para Todos.

3- poderia ser bem mais óbvio do que é.

A cena que escolhi mostra a princesa Ann e o jornalista Joe Bradley circulando por Roma em uma vespa e com um papparazo na cola.  

Ma quer coisa mais italiana e romântica?!

PS1: Apesar dos clichês e da auto-ajuda, o best-seller Comer, Rezar e Amar traz a melhor definição que já vi de Roma:

“Atualmente, na Europa, vem acontecendo uma queda de braço. Algumas cidades estão competindo com outras para ver quem vai emergir como a grande metrópole do século XXI. Será Londres? Paris? Berlim? Zurique? Talvez Bruxelas, centro da jovem comunidade?  Todas tentam superar as outras culturalmente, arquitetonicamente, tributariamente. Mas é preciso dizer que Roma não entrou nessa corrida por status. Roma não compete. Roma só fica olhando toda essa aflição e esforço, inteiramente impassível, cantarolando uma melodia como quem diz: Ei…podem fazer o que quiserem, mas eu continuo sendo Roma. A segurança régia dessa cidade me inspira, tão firme e tão azeitada, tão bem-humorada e tão monumental, como quem sabe que tem o seu lugar especial na história. Quando eu for uma velha senhora, gostaria de ser como Roma”

PS2: Anjos e Demônios também foi rodado em Roma e tive que ter muita força de vontade para não deixar a cidade virar a protagonista de mais essa história.