Mesmo Se Nada Der Certo por Melhor Espontaneidade

beginagain_1

Muita gente ouviu falar desse filme por causa do Adam Levine, que cantou a música Lost Stars no Oscar 2015.

E essa faixa, não só a versão do Adam Levine, SERIA um bom motivo para encaixar esse filme na categoria Trilha. Seria, porque a película é muito melhor e maior que isso.

MesmoSeNadaDerCerto_poster

Ela foi escrita e dirigida pelo irlandês John Carney,  que já tinha surpreendido com o sensível Once – Apenas Uma Vez, que virou musical em teatros mundo afora.

once2

Mesmo Se Nada Der Certo, cujo título original é Begin Again, é sobre ter uma segunda chance e, principalmente, na visão deste blog, sobre espontainedade.

espontaneidade

O filme conta a história de Gretta (Keira Knightley), que se mudou para NY para acompanhar o namorado (Levine), que a troca por outra.  Para curar a dor de cotovelo, um amigo a leva para um bar e a convida para cantar uma de suas músicas. No meio da plateia apática está Dan, totalmente embriagado, que tenta convencê-la a gravar um disco, algo que nem ela mesmo sabe se quer.

O talento que Dan enxerga em Gretta é o mesmo que ela enxerga naquele desconhecido bêbado. É uma daquelas conexões fáceis, naturais, espontâneas que levam a um…por que não?

E assim eles se jogam na produção do álbum e da maneira mais espontânea (de novo!) possível: em diferentes pontos da cidade – no alto de um prédio, em um beco, no parque – adicionando os sons da metrópole à criação.

E o resultado dessa brincadeira – das atuações à trilha – é fantástico. De levantar do sofá e dançar pela sala.

Restou alguma dúvida?

PS1: Keira aprendeu a tocar violão somente para o papel, que foi declinado por Scarlett Johansson.

Conseguiu acompanhar o tailandês? 😉

PS2: O amigo de Keira, com quem ela vai morar após o fim do namoro com o Adam, é  James Corden, o Paul Potts, de Apenas Uma Chance.

IMG_5557

PS3: A filha do Mark Ruffalo no filme é Hailee Steinfeld. Ela estourou em 2011, quando chegou a ser indicada ao Oscar por Bravura Indômita.

IMG_5558

PS4: A gente também adora, e concorda!, com essa teoria:

beginagain_3“Você pode dizer muito sobre uma pessoa pela sua playlist”  

Você não? o/

Anúncios

Entre o Amor e a Paixão por Melhor Trilha

Verão chegando e com ele muita estrada, praia, piscina e churrasco. Para animar esses momentos, escolhemos a trilha gostosa de Entre o Amor e a Paixão, filme da Michelle Williams que integra a Mostra de Cinema de SP.

O nome do filme já dá o tom — Take This Waltz, do Leonard Cohen.

 

 

Tem também Video Killed the Radio Star, do The Buggles

 

,.. Closing Time, originalmente do Leonard Cohen mas aqui em versão da Feist

 

… que emplacou ainda Secret Heart na trilha.

 

Mais: Wide Open Plan, de Doug Paisley;…

e Close your eyes, de Micah P. Hinson.

 

PS: Que  filme é esse? Veja nossa crítica no Doidos Por Cinema.

PS2: Confira a trilha completa aqui.

Mudança de Hábito 2 por Melhor Sing-Along

Bora espantar a pregui com um bom sing-along.

 

 

PS: Dedicado à Matê, minha mãe.

Um Verão Escaldante por Melhor Dança

Festa estranha, gente esquisita e uma dança…mais ainda.

 

PS: A quem interessar a música é Truth Begins, da banda inglesa Dirty Little Thing. Boa, né?

PS2: Não se engane. Essa é a melhor cena do filme, que se arrasta por longos e intermináveis 95 minutos.

 

SHAME por Melhor Versão

This is (not) American Idol!

CLAP! CLAP! CLAP! Carey fez Frank arrepiar. CLAP! CLAP! CLAP!

PS: Sabe de quem foi essa indicação? Da Sarah Olveira!

Apenas Amigos por Melhor Versão

Eu posso gostar mais da versão do Ryan Reynolds a do Leandro & Leonardo?

PS1: Esse post excepcionalmente não abre com uma foto, porque nenhuma imagem faz jus àquela cena.

PS2: Quem também participa de Apenas Amigos é Anna Faris, que parece fazer o mesmo personagem em todo filme. Neste, ela é Samantha James, uma wanna-be Britney. 

Cartas para Julieta por Melhor Verdade e Melhor Emprego

Além de linda, Vanessa Redgrave Claire é sábia:

“’What’ and ‘if’ are two words as non-threatening as words can be, but put them together side by side and they have the power to haunt you for the rest of your life.”

Ah, eu queria muito ser uma secretária da Julieta.

PS1:  E esse filminho-mulherzinha-fofo ainda tem a bonitinha You Got Me, da Colbie, na trilha.