Evereste por Melhor Masoquismo

everest_jake gyllenhall

A pergunta é simples: por que você vai ver um filme que você já sabe o final e ainda sofre nas cenas?

Ainda assim, vale a pena.

PS: O elenco é mais um motivo: Keira KnightleyJosh BrolinJake Gyllenhaal, Jason ClarkeSam WorthingtonEmily WatsonRobin WrightMartin Henderson

PS2: De acordo com o IMDb, as filmagens foram atrasadas pela avalanche de 2014, maior que a de 1996 (tema do filme) e que deixou 16 mortos.

PS3: Se você também estranhou a escolha do protagonista, que faz o papel de Rob Hall), saiba que ele substituiu Christian Bale. Jason Clarke tem no currículo vários filmes de ação (O Exterminador do Futuro: GênesisPlaneta dos Macacos: O ConfrontoA Hora Mais Escurae aguentou bem o tranco.

Anúncios

Mesmo Se Nada Der Certo por Melhor Espontaneidade

beginagain_1

Muita gente ouviu falar desse filme por causa do Adam Levine, que cantou a música Lost Stars no Oscar 2015.

E essa faixa, não só a versão do Adam Levine, SERIA um bom motivo para encaixar esse filme na categoria Trilha. Seria, porque a película é muito melhor e maior que isso.

MesmoSeNadaDerCerto_poster

Ela foi escrita e dirigida pelo irlandês John Carney,  que já tinha surpreendido com o sensível Once – Apenas Uma Vez, que virou musical em teatros mundo afora.

once2

Mesmo Se Nada Der Certo, cujo título original é Begin Again, é sobre ter uma segunda chance e, principalmente, na visão deste blog, sobre espontainedade.

espontaneidade

O filme conta a história de Gretta (Keira Knightley), que se mudou para NY para acompanhar o namorado (Levine), que a troca por outra.  Para curar a dor de cotovelo, um amigo a leva para um bar e a convida para cantar uma de suas músicas. No meio da plateia apática está Dan, totalmente embriagado, que tenta convencê-la a gravar um disco, algo que nem ela mesmo sabe se quer.

O talento que Dan enxerga em Gretta é o mesmo que ela enxerga naquele desconhecido bêbado. É uma daquelas conexões fáceis, naturais, espontâneas que levam a um…por que não?

E assim eles se jogam na produção do álbum e da maneira mais espontânea (de novo!) possível: em diferentes pontos da cidade – no alto de um prédio, em um beco, no parque – adicionando os sons da metrópole à criação.

E o resultado dessa brincadeira – das atuações à trilha – é fantástico. De levantar do sofá e dançar pela sala.

Restou alguma dúvida?

PS1: Keira aprendeu a tocar violão somente para o papel, que foi declinado por Scarlett Johansson.

Conseguiu acompanhar o tailandês? 😉

PS2: O amigo de Keira, com quem ela vai morar após o fim do namoro com o Adam, é  James Corden, o Paul Potts, de Apenas Uma Chance.

IMG_5557

PS3: A filha do Mark Ruffalo no filme é Hailee Steinfeld. Ela estourou em 2011, quando chegou a ser indicada ao Oscar por Bravura Indômita.

IMG_5558

PS4: A gente também adora, e concorda!, com essa teoria:

beginagain_3“Você pode dizer muito sobre uma pessoa pela sua playlist”  

Você não? o/

Jogo da Imitação por Melhor Segredo

JogoDaImitacao

Você já parou para pensar que o que você aprendeu na escola, que quase todos os livros educativos, omitem uma parte importante da história? Sobre o fim da II Guerra Mundial?

Este segredo foi guardado por 50 anos e atende pelo nome de Alan Turing. É essa história que o Jogo da Imitação, que levou o Oscar de melhor roteiro no domingo passado, conta. No filme, essa figura, esse homem fantástico foi incorporado por Benedict Cumberbatch.

AlanTuring

Incorporado, sim, porque Ben chegou a passar mal nas últimas semanas de filmagem. Teve um colapso nervoso, porque sentiu todas as dores do seu personagem. E não é para menos. Ele foi ignorado e perseguido (não comentamos os detalhes e o final para não estragar o filme), mesmo tendo, segundo Winston Churchill, sido responsável pela maior contribuição individual pelo fim da II Guerra Mundial. Nas palavras do ator que o interpretou (e muito bem, diga-se de passagem!)…

Bene

“Temos heróis mais improváveis agora. Não são apenas os caras com armas – são os caras com cérebros”.

PS:  A equipe de Alan Turing, que o ajudou a construir Christopher, foi recrutada por uma palavra-cruzada publicada em 13/01/1942 no The Telegraph.

Palavra-Cruzada_TheImitationGamePS2: Segundo o site Ancestry.com, Alan Turing e Benedict são parentes distantes — primos em 17º grau. E vc ainda não acredita em coincidências? 😉

PS3: Alan Turing é considerado o pai da ciência da computação.

PS4: Se vc ainda não viu o filme, está esperando o quê?

Frame: As novas versões de Anna Karenina e Grandes Esperanças

Preparem-se, fãs dos clássicos da literatura!!

O mundo cinematográfico promete novas e interessantes versões de Anna Karenina, de Liev Tolstói, e Grandes Esperanças, de Charles Dickens.

O primeiro traz Keira KnightleyJude LawMatthew Macfadyen (o Mr Darcy da versão de 2005 de Orgulho e Preconceito), a chiquérrima Olivia Williams e Emily Watson. A direção é de Joe Wright, que assina a versão já comentada do clássico de Jane Austen, além de Desejo e Reparação e O Solista.

 

Grandes Esperanças terá Helena Bonham Carter e Ralph Fiennes em roteiro adaptado por David Nicholls (de Um Dia) e direção de Mike Newell, de Quatro Casamentos e Um Funeral e Donnie Brasco.

 

 

PS: Segundo o imdb, há mais de 20 versões do clássico de Tolstói, sendo que o primeiro data de 1910.

PS2: Grandes Esperanças tem menos versões, mas uma bem popular, de 1998, com Ethan HawkeGwyneth PaltrowAnne Bancroft e Bob De Niro

GAROTA OS INDICADOS: Keira na Harper’s Bazaar de Setembro

E essa nem é a única novidade de Keira, já apontada como sósia de Natalie Portman pelo Abelardo. Ela protagoniza mais um clássico, Anna Karenina, ao lado de Jude Law e do garoto de Liverpool, Aaron Johnson.

Oscar de figurino a caminho?

PS: Segundo a Folha, a estreia de Anna Karenina está prevista para 12 de outubro.

 

 

Frame: 20 filmes para ficar de olho

20. Tudo Pelo Poder

Sem estrear, The Ides of March, ou Tudo pelo Poder, já ganhou indicação nesse blog (veja aqui). Os cinéfilos também  apostam que Ryan e George estão garantidos na corrida pelo Oscar. Sorte de que quem pode aproveitar a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e não precisa segurar a ansiedade até a estreia oficial.

19. Os Vingadores

Nem precisa explicar, certo?

18.  J. Edgard

Será que é dessa vez, Leo?

17. Um Dia

Só um aviso: leia antes o livro de David Nicholls.

16. A Dangerous Method

Que trio! Viggo, Fassbender e Keira são, respectivamente, Sigmund Freud, Carl Jung e Sabina Spielrein.

15. Coriolanus

A estreia de Ralph Fiennes como diretor.  E repare no elenco.

14.  Albert Nobbs

Para aqueles que achavam que Glenn Close estava esquecida em Damages

13. The Rum Diary

Sem desmerecer a dobradinha com Tim Burton ou Jack Sparrow, é bom ver  Johnny Depp em um papel contemporâneo – ainda mais, ao lado de Aaron Eckhart, Richard Jenkins e Giovanni Ribisi.

12.  My Week With Marilyn

Nem que seja só para criticar a Michelle Williams.

11. War Horse

A peça de teatro é bem famosa. O filme, produzido por Spielberg, promete ser tão emocionante quanto.

10. The Descendants

Oh, George…

9. Warriors

Este filme colocou Tom Hardy no radar dos críticos e ainda ressuscitou Nick Nolte.

8. Margin Call

Kevin Spacey, Stanley Tucci, Paul Bettany, Jeremy Irons…você precisa de mais algum motivo?

7.  Drive

Porque  Ryan Gosling é o cara!

6. Martha Marcy May Marlene

Esqueça as gêmeas Olsen. Quem brilha na família agora é Elizabeth Olsen.

5. O Abrigo

Depois de Revolutionary Road, Michael Shannon interpreta mais um excêntrico ou lunático. A atuação dele e de Jessica Chastain, de A Árvore da Vida, têm sido bem elogiada.

4. 50/50

Fofiiiiinho…

3. Amanhecer Parte 1

Quem eu estou querendo enganar?

2. Shame

Boa repercussão e um colírio, né?

1. Tinker Taylor Soldier Spy

Oh, be Sirius…é o Gary Oldman.